Pesquisar este blog

Dia 28 FEVEREIRO 2012 pagamento das férias da categoria


Qui, 23 de Fevereiro 2012 - 17:10

ATENÇÃO, PROFESSORES!

Está provisionado em folha suplementar para dia 28 de fevereiro, o pagamento das férias dos professores categoria (O).

Por:
Segundo informação de alguns professores, a provisão está com descontos indevidos.
APEOESP está checando esta informação e se necessário, ingressará com mandado de segurança coletivo para devolução deste dinheiro aos professores.
Pagamento 
Muitas escolas têm informado aos professores da categoria (O) que somente receberão seus salários em abril. A Coordenadoria de Gestão de Recursos Humanos (CGRH), ex-DRHU, informa que há possibilidade de uma folha suplementar ainda em março e que muitos professores, cujos dados já foram inseridos no sistema, poderão receber no quinto dia útil de março. Estamos atentos para a confirmação destas informações.
Comentário do editor:
Consulte o seu Holerite! 

Estão abertas as inscrições para professores temporários na rede estadual | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

As datas, locais e períodos para inscrição serão definidos pelas Diretorias de Ensino

Foram abertas hoje (24) as inscrições para os professores interessados em atuar como temporários na rede estadual de ensino. As datas e locais para o cadastro serão divulgadas pelas Diretorias de Ensino. No entanto, os órgãos regionais só abrirão inscrições caso haja necessidade em suas regiões.

A seleção está aberta aos docentes que não participaram do processo seletivo para temporários realizado em dezembro de 2011, ou mesmo para aqueles que se inscreveram neste processo, mas por qualquer motivo deixaram de concluir. Graduados em pedagogia e alunos de cursos de licenciatura também poderão participar.

A classificação dos candidatos inscritos será baseada nos critérios já estabelecidos pela Secretaria, como titulação, qualificação e tempo de exercício no magistério. Serão atribuídas aos classificados as aulas que não tenham sido dadas aos professores efetivos, estáveis e temporários que participaram do processo seletivo anterior.


Estão abertas as inscrições para professores temporários na rede estadual | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

RÁDIOS ONLINE PARA ESTUDANTES DE LÍNGUAS...


Estudantes de línguas Espanhola, Inglesa e outra língua
escute estações Rádios do mundo inteiro no Blog Cidade de Marília
e pratique adição da sua língua estudada e de sua preferida....
Escute notícias e músicas em língua Portuguesa, Espanhola, Inglesa e outras...
Escute com diversão e aprendizagem....   

Endereço para escutar Rádios Online

O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, de 93 anos, foi hospitalizado


O ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, de 93 anos, foi hospitalizado neste sábado por recomendação médica devido a uma prolongada dor abdominal, mas se encontra bem, segundo fontes da presidência.
 "O presidente Jacob Zuma confirma que o ex-presidente Nelson Mandela foi hospitalizado hoje", assinala o comunicado.
 "Madiba tem um problema abdominal há tempos e os médicos acham que é preciso uma assistência especializada", acrescenta o texto.
 A saúde do líder da luta contra o Apartheid, conhecido pelo apelido carinhoso de Madiba, já criou temores no país quando ele foi hospitalizado no início do ano passado devido a uma aguda infecção respiratória.
 Em 1993, um ano antes de ser eleito presidente e virar o primeiro chefe de Estado negro depois das primeiras eleições multirraciais na África do Sul, Mandela recebeu o Prêmio Nobel da Paz.

Fonte: Band


Comentário:
Desejamos saúde a Nelson Mandela, símbolo da igualdade, da justiça, da intelectualização do negro e da inteligência política.

Site: Noticias de Marília

O Jornal Notícias de Marília nasceu da idéia de oferecer ao leitor de Marília e Região, uma nova opção de informação e entretenimento, tendo sempre como objetivo, os destaques da nossa cidade. São matérias sobre saúde, cultura, entretenimento, variedades, esportes, humor, passatempos, veículos e muito mais. 

Inscrições para contratação de docentes que não participaram do processo seletivo simplificado realizado em dezembro de 2011


De A Tribuna On-line

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo abriu inscrições para contratação por tempo determinado de professores interessados em atuar nas escolas da rede estadual de ensino. A resolução referente à autorização para o cadastramento foi publicada nesta sexta-feira.no Diário Oficial do Estado. 
A iniciativa é voltada a docentes que não participaram do processo seletivo simplificado realizado em dezembro de 2011 pela Pasta, ou mesmo àqueles que se inscreveram no processo, mas por qualquer motivo deixaram de concluir. As diretorias regionais de ensino serão responsáveis pela definição e divulgação das datas, dos locais e do período para cadastro. 

A classificação dos candidatos inscritos será baseada nos critérios já estabelecidos pela Secretaria, como titulação, qualificação e tempo de exercício no magistério, mantendo a prioridade de acordo com a situação funcional e as faixas de habilitação de cada profissional. Aos classificados serão oferecidas as aulas que por ventura não forem atribuídas aos professores efetivos, estáveis e temporários que participaram do processo seletivo simplificado. 

O cadastramento será aberto pelas diretorias de ensino caso haja necessidade. Também poderão se inscrever candidatos graduados em pedagogia, classificados obrigatoriamente nos campos de atuação de classes e de aulas, conforme sua qualificação, além de alunos de cursos de licenciatura. 

Lei do Piso Nacional do Magistério.


Amanda Cieglinski
Repórter da Agência Brasil

Todos Pela EducaçãoBrasília – Mais um ano letivo começou e permanece o impasse em torno da Lei do Piso Nacional do Magistério. Pela legislação aprovada em 2008, o valor mínimo a ser pago a um professor da rede pública com jornada de 40 horas semanais deveria ser reajustado anualmente em janeiro, mas muitos governos estaduais e prefeituras ainda não fizeram a correção.
Apesar de o texto da lei deixar claro que o reajuste deve ser calculado com base no crescimento dos valores do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), governadores e prefeitos justificam que vão esperar o Ministério da Educação (MEC) se pronunciar oficialmente sobre o patamar definido para 2012.
De acordo com o MEC, o valor será divulgado em breve e estados e municípios que ainda não reajustaram o piso deverão pagar os valores devidos aos professores retroativos a janeiro.
O texto da legislação determina que a atualização do piso deverá ser calculada utilizando o mesmo percentual de crescimento do valor mínimo anual por aluno do Fundeb. As previsões para 2012 apontam que o aumento no fundo deverá ser em torno de 21% em comparação a 2011. O MEC espera a consolidação dos dados do Tesouro Nacional para fechar um número exato, mas em anos anteriores não houve grandes variações entre as estimativas e os dados consolidados.
“Criou-se uma cultura pelo MEC de divulgar o valor do piso para cada ano e isso é importante. Mas os governadores não podem usar isso como argumento para não pagar. Eles estão criando um passivo porque já devem dois meses de piso e não se mexeram para acertar as contas”, reclama o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Leão.
A entidade prepara uma paralisação nacional dos professores para os dias 14,15 e 16 de março. O objetivo é cobrar o cumprimento da Lei do Piso.
Se confirmado o índice de 21%, o valor a ser pago em 2012 será em torno de R$ 1.430. Em 2011, o piso foi R$1.187 e em 2010, R$ 1.024. Em 2009, primeiro ano da vigência da lei, o piso era R$ 950. Na Câmara dos Deputados tramita um projeto de lei para alterar o parâmetro de reajuste do piso que teria como base a variação da inflação.
Por esse critério, o aumento em 2012 seria em torno de 7%, abaixo dos 21% previstos. A proposta não prosperou no Senado, mas na Câmara recebeu parecer positivo da Comissão de Finanças e Tributação.
A Lei do Piso determina que nenhum professor pode receber menos do valor determinado por uma jornada de 40 horas semanais. Questionada na Justiça por governadores, a legislação foi confirmada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado.
Entes federados argumentam que não têm recursos para pagar o valor estipulado pela lei. O dispositivo prevê que a União complemente o pagamento nesses casos, mas desde 2008 nenhum estado ou município recebeu os recursos porque, segundo o MEC, não conseguiu comprovar a falta de verbas para esse fim.
“Os governadores e prefeitos estão fazendo uma brincadeira de tremendo mau gosto. É uma falta de respeito às leis, aos trabalhadores e aos eleitores tendo em vista as promessas que eles fazem durante a campanha de mais investimento na educação”, cobra Leão.
Edição: Graça Adjuto

Aumento Salarial dos Professores: Se confirmado o índice de 21%, o valor a ser pago em 2012 será em torno e R$ 1.430.


Mais um ano letivo começou e permanece o impasse em torno da Lei do Piso Nacional do Magistério. Pela legislação aprovada em 2008, o valor mínimo a ser pago a um professor da rede pública com jornada de 40 horas semanais deveria ser reajustado anualmente em janeiro, mas muitos governos estaduais e prefeituras ainda não fizeram a correção.
Apesar de o texto da lei deixar claro que o reajuste deve ser calculado com base no crescimento dos valores do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb), governadores e prefeitos justificam que vão esperar o Ministério da Educação (MEC) se pronunciar oficialmente sobre o patamar definido para 2012. De acordo com o MEC, o valor será divulgado em breve e Estados e municípios que ainda não reajustaram o piso deverão pagar os valores devidos aos professores retroativos a janeiro.
O texto da legislação determina que a atualização do piso deverá ser calculada utilizando o mesmo percentual de crescimento do valor mínimo anual por aluno do Fundeb. As previsões para 2012 apontam que o aumento no fundo deverá ser em torno de 21% em comparação a 2011. O MEC espera a consolidação dos dados do Tesouro Nacional para fechar um número exato, mas em anos anteriores não houve grandes variações entre as estimativas e os dados consolidados.
"Criou-se uma cultura pelo MEC de divulgar o valor do piso para cada ano e isso é importante. Mas os governadores não podem usar isso como argumento para não pagar. Eles estão criando um passivo porque já devem dois meses de piso e não se mexeram para acertar as contas", reclama o presidente da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), Roberto Leão. A entidade prepara uma paralisação nacional dos professores para os dias 14,15 e 16 de março. O objetivo é cobrar o cumprimento da Lei do Piso.
Se confirmado o índice de 21%, o valor a ser pago em 2012 será em torno de R$ 1.430. Em 2011, o piso foi R$ 1.187 e em 2010, R$ 1.024. Em 2009, primeiro ano da vigência da lei, o piso era R$ 950. Na Câmara dos Deputados tramita um projeto de lei para alterar o parâmetro de reajuste do piso que teria como base a variação da inflação. Por esse critério, o aumento em 2012 seria em torno de 7%, abaixo dos 21% previstos. A proposta não prosperou no Senado, mas na Câmara recebeu parecer positivo da Comissão de Finanças e Tributação.
A Lei do Piso determina que nenhum professor pode receber menos do valor determinado por uma jornada de 40 horas semanais. Questionada na Justiça por governadores, a legislação foi confirmada pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no ano passado. Entes federados argumentam que não têm recursos para pagar o valor estipulado pela lei. O dispositivo prevê que a União complemente o pagamento nesses casos, mas desde 2008 nenhum estado ou município recebeu os recursos porque, segundo o MEC, não conseguiu comprovar a falta de verbas para esse fim.
"Os governadores e prefeitos estão fazendo uma brincadeira de tremendo mau gosto. É uma falta de respeito às leis, aos trabalhadores e aos eleitores tendo em vista as promessas que eles fazem durante a campanha de mais investimento na educação", cobra Leão.
Fonte Terra :

educação domiciliar - Projeto de Lei 3179/12, do deputado Lincoln Portela (PR-MG)


Os entusiastas da educação domiciliar - aquela em que os pais são os responsáveis pela formação escolar dos filhos em casa - terão mais uma chance de tornar a modalidade legal.  Entrou em análise na Câmara dos Deputados este mês um projeto que prevê a possibilidade de a educação básica ser feita em casa, desde que com supervisão e avaliação periódicas. No ano passado, outra proposta havia sido rejeitada.
O Projeto de Lei 3179/12, do deputado Lincoln Portela (PR-MG), inclui dispositivo na Lei de Diretrizes e Bases da Educação facultando aos sistemas de ensino admitir a educação básica domiciliar, sob a responsabilidade dos pais ou responsáveis pelos estudantes desde que monitorem o resultado.
A Constituição Federal estabelece a educação como um dever do Estado e da família e determina também a obrigatoriedade da educação básica dos quatro aos 17 anos de idade.  Para o autor, isso não impede que seja feita em casa. “Não há impedimento para que a formação, se assegurada a sua qualidade e o devido acompanhamento pelo Poder Público certificador, seja oferecida no ambiente domiciliar, caso esta seja a opção da família do estudante”, disse.
Na prática, já há casos
Atualmente, mesmo sem base legal, há várias famílias que fazem esta opção. De acordo com a Associação Nacional de Ensino Domiciliar (Aned) são cerca de 400. Em geral, elas travam batalhas judiciais ao serem questionadas por conselhos tutelares. Há casos vencedores, como o do professor paranaense Luiz Carlos Faria da Silva, que conseguiu a permissão, e do designer Cleber Nunes, que perdeu todos os processos - mesmo assim foi até o fim e concluiu a formação dos filhos adolescentes.
O deputado Portela argumenta que garantir na legislação ordinária essa alternativa é reconhecer o direito de opção das famílias com relação ao exercício da responsabilidade educacional para com os filhos. “Não podemos descuidar do imperativo em dar acesso, a cada criança e jovem à formação educacional indispensável para sua vida e para a cidadania”, afirma o autor do projeto. Existe um número crescente de famílias no Brasil e no exterior que tem optado por educar suas crianças em casa, com ou sem a ajuda de professores particulares.
O projeto  ainda será distribuído às comissõres antes de ser analisado.

COMENTÁRIO:
Com a situação que se encontra as escolas e a educação é essa uma ótima saída; não precisaríamos  expor nossos filhos a violência, a destruição de valores familiares, e ainda evitamos colocar crianças interessadas em aprender junto com crianças que os pais não tem interesse pela educação de seus filhos,  e colocam suas crianças na escola para que recebam bolsa família.

Artigos Imparcialistas: Alguns Termos, temas e teorias da Literatura Impa...

Artigos Imparcialistas: Alguns Termos, temas e teorias da Literatura Impa...: Algumas das teorias, temas e termos da Literatura Imparcialista que já estão ocorrendo na literatura brasileira... · Sociedade...

Artigos Imparcialistas: Novela Fina Estampa - Limites éticos e jurídicos d...

Artigos Imparcialistas: Novela Fina Estampa - Limites éticos e jurídicos d...: Sociedade do desejo e do prazer A novela Fina Estampa traz à tona uma gestão ultramoderna Que envolve inseminação artificial, sentimentos e...

Agentes escolares de Marília, Jacareí e Santo André devem escolher vagas dias 23 e 24 | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

As diretorias de ensino de ensino de Marília, Jacareí e Santo André convocam concursados para a escolha de vagas

Entre os dias 23 e 24, as diretorias de ensino de Marília, Jacareí e Santo André realizam o processo de escolha de vagas para os agentes de serviços e de organização escolar temporários, classificados no processo seletivo simplificado de 2011.

Os candidatos devem comparecer à Diretoria de Ensino, munidos de RG e CPF. A chamada para a escolha de vagas obedecerá, rigorosamente, à ordem de classificação final. A contratação será pelo período máximo de 12 meses.

Veja os horários e endereços em cada região:

Marília
Data: 24/02
Horário: 9h
Local: Avenida Pedro de Toledo, 542, Centro

Jacareí
Data: 23/02
Horário: 9h30
Local: Rua Barão de Jacareí, 848, Centro

Santo André
Data: 23/02
Horário: 13h30
Local: Rua das Figueiras, 1245, Bairro Jardim


Agentes escolares de Marília, Jacareí e Santo André devem escolher vagas dias 23 e 24 | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Bolsas de mestrado e doutorado Educação do Estado de São Paulo

Professores, supervisores e diretores podem concorrer às bolsas no valor de R$ 1.300 para mestrado e de R$ 1.600 para doutorado

Ainda resta uma semana para os professores, supervisores e diretores da rede estadual de ensino interessados em pleitear bolsas de estudo para cursos de pós-graduação stricto sensu formalizarem sua inscrição. Os pedidos serão aceitos até dia 29 no site do projeto Bolsa Mestrado/Doutorado. A ação oferece benefícios mensais de R$ 1.300 para mestrado e de R$ 1.600 para doutorado.

Para participar, os educadores devem ter no mínimo três anos de atuação no cargo, ser efetivos e atender aos demais requisitos que podem ser consultados na página do projeto. Aqueles que já estiverem cursando a pós-graduação também podem se inscrever. Nesse caso, receberão bolsa proporcional ao tempo de curso, sem efeito retroativo, com base no prazo de conclusão estipulado pela Secretaria.


Prazo de inscrições para bolsas de mestrado e doutorado vai até dia 29 | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Diretoria de Ensino de Miracatu realiza amanhã escolha de vagas para agentes de organização escolar | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Os candidatos classificados e aprovados no processo seletivo simplificado realizado em 2011, relacionados na lista geral, devem comparecer às 9h à sede da diretoria de ensino

A Diretoria Regional de Ensino Miracatu realizará amanhã, 24 de fevereiro, a sessão de escolha de vagas dos agentes de organização escolar que serão contratados em caráter temporário para exercer a função nas escolas estaduais da região neste ano. Foram convocados os candidatos classificados e aprovados no processo seletivo simplificado realizado no ano passado, relacionados na lista geral dos números 21 ao 34 para Iguape, de 89 a 100 para Miracatu e de 9 a 20 para Juquiá. Há 13 vagas disponíveis, sendo que 3 são para Iguape, 3 para Ilha Comprida, 2 para Juquiá e cinco para Miracatu.

Os candidatos devem comparecer às 9h, munidos de RG e CPF, à sede da Diretoria Regional de Ensino de Miracatu, localizada na avenida Dona Evarista de Castro Ferreira s/nº, Centro, Miracatu. A chamada para escolha de vagas obedecerá, rigorosamente, à ordem de classificação final. A contratação será pelo período máximo de 12 meses.

Vagas disponíveis na Diretoria Regional de Ensino Miracatu

Escola EstadualVagasMunicípio
Prefeito Jofre Manoel3Iguape
Professora Judith S. Diegues3Ilha Comprida
Senador Jose Ermírio de Moraes2Juquiá
Bairro do Engano2Miracatu
Professor Armando Gonçalves1Miracatu
Professora Maria Jose M. de Carvalho1Miracatu
Professor Sylas Baltazar de Araujo1Miracatu



Diretoria de Ensino de Miracatu realiza amanhã escolha de vagas para agentes de organização escolar | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo

Diretoria de Ensino de Sumaré realiza amanhã escolha de vagas para agentes de organização escolar | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo


Os candidatos classificados e aprovados no processo seletivo simplificado realizado em 2011, relacionados na lista geral, devem comparecer às 9h à sede da diretoria de ensino

A Diretoria Regional de Ensino Sumaré realizará amanhã, 24 de fevereiro, a sessão de escolha de vagas dos agentes de organização escolar que serão contratados em caráter temporário para exercer a função nas escolas estaduais da região neste ano. Foram convocados os candidatos classificados e aprovados no processo seletivo simplificado realizado no ano passado, relacionados na lista geral dos números 175 ao 271 para Sumaré, de 1 a 141 para Hortolândia e de 1 a 6 para Paulínia. Há 97 vagas disponíveis, sendo que 48 são para Sumaré, 47 para Hortolândia e duas para Paulínia.

Os candidatos devem comparecer às 9h, munidos de RG e CPF, à sede da Diretoria Regional de Ensino de Sumaré, localizada na rua Luiz José Duarte, 333, sala 9, Jardim Carlos Basso. A chamada para escolha de vagas obedecerá, rigorosamente, à ordem de classificação final. A contratação será pelo período máximo de 12 meses.

Vagas disponíveis na Diretoria Regional de Ensino Sumaré

Escola EstadualVagasMunicípio
Angelo Campo Dall’Orto Sobrinho1Sumaré
João Franceschini1Sumaré
Luis Campo Dall Orto1Sumaré
Antonio do Valle Sobrinho4Sumaré
Marianina de Rosis Moraes1Sumaré
Jeny Bonadia Santarrosa1Sumaré
Alice Antenor de Souza3Sumaré
Santo Antonio I3Sumaré
Maria Ivone Martins Rosa3Sumaré
Marinalva Gimenes Colossal da Cunha1Sumaré
Andre Rodrigues de Alkimin1Sumaré
Candido José Martinez1Sumaré
Cecilia de Negri2Sumaré
Elisabeth de Mello Rodrigues1Sumaré
Vereador Euclides Miranda3Sumaré
Ivani Aparecida Queiroz Peres3Sumaré
Dom Jayme de Barros Câmara1Sumaré
Prefeito José Miranda1Sumaré
Professora Leonilda Rossi1Sumaré
Professor Luis Henrique Marchi1Sumaré
Luiz Campo Dall’Orto Sobrinho1Sumaré
Professora Maria Rosa Carolino1Sumaré
Professor Rubens Oscar Guello2Sumaré
Savino Campigli1Sumaré
Solange Maura Albino2Sumaré
Professora Sonia Maschio Baptista1Sumaré
Professor Vito Cármine Cerbasi4Sumaré
Wanda Félix de Andrade1Sumaré
Professora Zoraide Proença Kaysel1Sumaré
Doutor Honorino Fabbri4Hortolândia
Pastor Roberto Rodrigues de Azevedo2Hortolândia
Jardim Santa Clara do Lago5Hortolândia
Jonatas Davi Visel dos Santos2Hortolândia
Paulo Camilo de Camargo3Hortolândia
Eliseo Marson2Hortolândia
Professora Conceição Aparecida Terza Gomes Cardinales1Hortolândia
Professora Hedy Madalena Bocchi2Hortolândia
Recreio Alvorada2Hortolândia
Professora Cristiane Chaves Moreira Braga1Hortolândia
Professor Antonio Zanluchi1Hortolândia
Professor Euzebio Antonio Rodrigues2Hortolândia
Guido Rosolen1Hortolândia
Professora Maria Rita Araújo Costa2Hortolândia
Maristela Carolina Mellin1Hortolândia
Professora Paulina Rosa3Hortolândia
José Dionisio Claret1Hortolândia
Professora Raquel Saes Melhado da Silva1Hortolândia
Yasuo Sasaki1Hortolândia
Eliseo Marson5Hortolândia
Jardim Nova Europa5Hortolândia
Núcleo Habitacional José Paulino Nogueira1Paulínia
Parque dos Servidores1Paulínia

Diretoria de Ensino de Sumaré realiza amanhã escolha de vagas para agentes de organização escolar | Secretaria da Educação do Estado de São Paulo