google.com, pub-0664806714269334, DIRECT, f08c47fec0942fa0

CMC - MÍDIA

Publique, contribua com o CMC

Um homem de 54 anos foi morto ao tentar defender a filha de um vizinho que a teria assediado

fonte: R7 MG
Um homem de 54 anos foi morto ao tentar defender a filha de um vizinho que a teria assediado em Sete Lagoas, na região central de Minas Gerais. O crime aconteceu no último domingo (15) e o suspeito continua foragido.  
Conforme a PM (Polícia Militar), a adolescente vítima do assédio relatou que Sérgio Henrique Carvalho, de 51 anos, já é conhecido por fazer gestos obscenos para mulheres da região. Entretanto, no último domingo, o suspeito teria mostrado suas partes íntimas.  
— Ele geralmente abaixa as calças e faz gestos obscenos mostrando as partes íntimas dele.  
Ao chegar em casa, a menor contou ao pai, identificado apenas como Joaquim, o que havia acontecido e ele decidiu tirar satisfações com o vizinho. Mas, quando foi conversar com Carvalho, este sacou uma arma e atirou duas vezes contra ele.  
Após o crime, o suspeito fugiu e Joaquim foi socorrido, mas não resistiu aos ferimentos. A morte provocou revolta entre os moradores da região que incendiaram a casa de Carvalho e apedrejaram seu veículo.  
De acordo com vizinhos, Carvalho era motorista da Prefeitura de Sete Lagoas e já havia se envolvido em outras confusões por fazer gestos obscenos para crianças, mulheres e idosas na rua onde mora.   

Publique sua matéria