Buscar

Marília recebe Mostra de Teatro Infantil

Marília recebe Mostra de Teatro Infantil


Marília recebe Mostra de Teatro Infantil
Sia Santa apresenta peças infantis gratuitas no Teatro Municipal
Quatro grandes sucessos de teatro infantil serão apresentados essa semana em Marília pela companhia de teatro Sia Santa. A atividade conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Marília, por meio da Secretaria da Cultura, e do Programa de Apoio Cultural do Governo do Estado de São Paulo (ProAC-ICMS), além do patrocínio da Harald, Steck, Miracena-Nuodex e Broto Legal, utilizando recursos com os benefícios da renúncia fiscal.
Os espetáculos que compõe o festival são: “O Coelho Engenheiro” (16/8), “A Bela Adormecida” (17/8), “Pinóquio” (18/8) e “No Reino do Mágico de Oz” (19/8). Serão duas apresentações diárias no Teatro Municipal, a primeira às 15h e a segunda às 19h. Nos dias 16, 17 e 18/8, às 15h, serão disponibilizados 200 convites por dia. Nas sessões noturnas e nas duas sessões do dia 19/8 serão ofertados 400 ingressos por sessão, lotação total do Teatro.
A entrada é gratuita mediante a retirada de convite com 1 hora de antecedência na bilheteria do Teatro. A disponibilidade dos ingressos está sujeita à lotação da sala.
O objetivo dessas apresentações, segundo a Companhia, é promover o acesso democrático ao teatro, formar plateias, ampliar experiências artísticas e culturais, estimulando a imaginação e a criatividade de pensar e assim, estabelecer uma ligação interna entre o mundo da fantasia e da realidade.
A Sia Santa é uma das mais importantes companhias de teatro profissional itinerante do Brasil, tendo produzido um repertório com mais de 50 espetáculos em mais de 43 anos de atividades ininterruptas. Com o Programa “A Escola Vai Ao Teatro”, a Sia Santa já atendeu mais de 3 mil Escolas particulares e públicas de todo o Brasil. Reconhecida como Órgão de Utilidade Pública e Ponto de Cultura do MinC, a Sia Santa está formando a nova plateia do teatro brasileiro.
SOBRE AS PEÇAS:
Espetáculos Infantis da Sia Santa
16 a 19/8 – quarta-feira a sábado
Sessões (50 min): 15h e às 19h
Local: Teatro Municipal Waldir Silveira de Mello
Entrada gratuita mediante retirada de convites
Sessão 15h: 200 convites disponíveis 1 hora antes na bilheteria do Teatro
Sessão 19h: 400 convites disponíveis 1 hora antes na bilheteria do Teatro
Mais informações: 14-3453-2553

Sia Santa_O Coelho EngenheiroO COELHO ENGENHEIRO – Espetáculo Musical Infantil de Jurandyr Pereira
16/8 (quarta-feira)
Na clareira de uma floresta, os bichos resolvem construir uma casa para morar. Sem perceberem eles acabam construindo a mesma casa. Inspirado na Fábula “A onça e o Bode”, do folclore brasileiro, o espetáculo dá uma verdadeira lição de vida em comunidade, estimulando o cooperativismo em uma história genuinamente brasileira. Trata-se de uma homenagem aos costumes e músicas regionais do nosso país.
A Montagem
Uma grande produção musical para crianças de 4 a 10 anos. Uma verdadeira clareira na floresta é o cenário para ação do casal de coelhos paulistas, da onça pantaneira, do bode mineiro e ainda do pato gaúcho e do macaco nordestino.

Sia Santa_A bela adormecidaA BELA ADORMECIDA – inspirado no clássico de Charlles Perrault
17/8 (quinta-feira)
Os súditos do Rei Estevão e da Rainha Vitória estavam felizes com o nascimento da Princesa Aurora. No dia do seu batizado a Fada Madrinha ofereceu-lhe três presentes: beleza, sabedoria e…de repente, a Bruxa Malévola apareceu e por não ter sido convidada, profetizou: “Esta menina, ao completar 16 anos, tocará o dedo numa roca de fiar e morrerá”. A Fada Madrinha, como o 3º e último presente amenizou a profecia: “Ela não morrerá, ficará adormecida até que seja despertada pelo beijo de seu verdadeiro amor”.
A Montagem
O espetáculo conta com um elenco de seis atores que se revezam em 20 personagens, 5 ambientes cenográficos e 50 minutos de muita ação, música, aventura e emoção. A grande cena é a transformação da bruxa em dragão.

Sia Santa_PinóquioPINÓQUIO – clássico inspirado na obra de Carlo Collodi
18/8 (sexta-feira)
História de um carpinteiro que construiu um boneco de madeira, que depois de ganhar vida através de uma Fada, sai aprontando das suas. Envolve-se com Raposão, e vai para o Circo de Bonecos do Stromboli, e depois para a Ilha da Tentação, até que se transforma em um burrinho. Depois de tanta peraltice, Pinóquio conhece a mentira de perna curta e a de nariz comprido. O Pai Gepeto, junto com o Grilo Falante e o Gato Fígaro, tentam em vão, levar Pinóquio para o bom caminho. Somente quando o Pai Gepeto é engolido pela Baleia Branca, é que Pinóquio vai salvá-lo, demonstrando coragem e carinho. Por isso, a Fada o transforma num menino de verdade.
A Montagem
A montagem surpreende pela produção bem cuidada com muita fidelidade e estilo. Todos os personagens estão em cena, até o Peixinho Cléo. São 7 ambientações cenográficas, desde a Casa do Gepeto, passando pela Praça, o Circo de Bonecos do Stromboli, a Ilha da Tentação e o Grande Mar Azul, que toma o palco todo para a grande cena do espetáculo, que é quando a Baleia Branca engole o Pai Gepeto. São 50 minutos de pura emoção, alegria e encantamento, encenado por 6 até 8 talentosos e experientes atores, que cantam, dançam, interpretam e ainda manipulam bonecos como se fossem de verdade.

Sia Santa_No Reino do Mágico de OzNO REINO DO MÁGICO DE OZ – inspirado na obra de Lyman Fran Baum
19/8 (sábado)
A famosa estória de Doroty que é levada de sua fazenda por um furacão até o Reino Mágico de Óz, onde é recebida pela Boa Fada do Norte, que lhe ensina o caminho amarelo para chegar ao Grande Mágico de Óz. Só ele poderia levar Doroty de volta à sua casa. No caminho, Doroty conhece o Espantalho, que não tinha cérebro, o Lenhador de Lata, que não tinha coração e o Leão Covarde, que não tinha coragem. E vão todos juntos pedir ajuda ao Mágico de Óz. Chegam finalmente ao Castelo de Óz, que ao receber o grupo diz que atenderá aos pedidos, se eles lhe trouxerem o Capacete Dourado da Bruxa Perversa do Oeste.
A Montagem
A Sia produziu uma encenação emocionante, colorida e alegra com um elenco de 8 artistas, trilha sonora original e efeitos visuais surpreendentes que encantam a plateia. Os efeitos especiais do furacão e da ‘desintegração’ da Bruxa no caldeirão são muito bonitos. O Grande Mágico de Óz em forma de boneco gigante também é encantador. No Reino Mágico de Óz é recomendado às crianças de 5 a 11 anos.
Fotos: divulgação
Facebook Email

Nenhum comentário:

Postar um comentário