Buscar

Prefeitura prepara inaugurações de novas Emeis

Prefeitura prepara inaugurações de novas Emeis


Prefeitura prepara inaugurações de novas Emeis
A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Educação, inicia nesta semana os preparativos para a inauguração de mais duas unidades escolares na cidade. Trata-se das Emeis (Escolas Municipais de Educação Infantil) Flauta Mágica e Cata Vento.
Localizadas nas zonas Oeste e Sul, respectivamente, as escolas têm estrutura de creche para atender crianças de quatro meses a três anos, uma das faixas etárias com maior demanda na Educação.
Nesta segunda-feira (25), a diretora de Gestão Administrativa da Secretaria da Educação, professora Elaine Valéria do Nascimento, e a Assistente Técnica Leila Zambom visitaram as unidades com o objetivo de verificar o andamento dos preparativos para as inaugurações, que acontecerão ainda este ano.
Segundo Elaine Valéria do Nascimento, faltam poucos ajustes para que as unidades fiquem prontas. “No Flauta Mágica estamos colocando um gradil em uma área de declive do terreno para proteção das crianças. Também estamos colocando os rodapés em todas as salas”, explicou a gestora.
Ela disse também que na Emei Cata Vento, a pintura já está sendo finalizada e posteriormente serão instalados os rodapés nas salas.
Para o secretário municipal de Educação, professor Beto Cavallari, esses ajustes são necessários, pois não fazem parte do projeto inicial da FDE (Fundação para o Desenvolvimento da Educação), órgão do Estado de São Paulo e responsável pela maior parte do financiamento da obra.
O secretário também destacou a importância da inauguração dessas escolas em 2017. “Assumimos o compromisso de darmos continuidade às obras que estavam paralisadas com prioridade, uma vez que as regiões Oeste e Sul da cidade são áreas que receberam grande população nos últimos anos e necessitam das vagas.”
As duas escolas oferecerão cerca de 400 atendimentos no período parcial e 100 no integral. Assim, a Educação de Marília avança para ser uma das cidades com maior número de bebês matriculados em berçários no país, com número absoluto próximo a cidades como Londrina (650 mil habitantes).
Manutenção e pequenas obras
Além da finalização da construção das duas Emeis citadas, a Secretaria de Educação vem realizando ao longo de 2017 obras de manutenção com equipe própria.
Ações como pinturas de muros, pisos, salas, arquibancadas, consertos hidráulicos e elétricos, de playground, pequenas obras, entre outras, já aconteceram nas Emeis 1,2 Feijão com Arroz, Ciranda Cirandinha, Sementinha, Roda Pião, Estrelinha Dourada e nas Emefs (Escolas Municipais de Ensino Fundamental) Nelson Gabaldi e Geralda Vilardi.
“O principal foco de ação, em relação à manutenção escolar, é fortalecer a equipe da Secretaria para atendermos as demandas com eficiência e agilidade. Uma torneira quebrada ou uma parede com infiltração podem colocar em risco a atividade pedagógica e a saúde das crianças e servidores”, afirma o secretário.
Novas unidades e reformas
Beto Cavallari informou ainda que estudos estão sendo realizados para a criação de novas unidades escolares na zona Norte.
“Com o surgimento de novos núcleos habitacionais na zona Norte, a demanda daquela região cresceu sem planejamento. Já estamos trabalhando no sentido de ampliar, no curto prazo, o número de vagas que atenderiam às necessidades da região”, destacou o secretário.
O dirigente da pasta afirmou ainda que a secretaria também promove reformas em escolas por meio de licitações. “Estamos reformando as Emeis Favo de Mel e Sítio do Pica Pau Amarelo. Outras melhorias estão previstas, mas houve uma mudança neste ano no modo como a elaboração dos projetos estruturais de hidráulica e elétrica são realizados. Estamos fazendo os ajustes necessários para iniciarmos as reformas nas Emefs Américo Capelozza e Edméa Braz Rojo Sola, as mais prioritárias. Outras virão”, garantiu o professor Beto Cavallari.

Foto: Assessoria PMM/Julio de Carlis
Facebook Email

Nenhum comentário:

Postar um comentário