Buscar

Agora é a fez Dustin Hoffman ser acusado de assediar jovem de 17 anos


Dustin Hoffman é acusado de assediar jovem de 17 anos em set de filmagem de 'A morte de um caixeiro viajante'

Em coluna do jornal 'Hollywood Reporter', Anna Graham Hunter relatou o ocorrido nos anos 1980.Em nota, ator se desculpou por ter a 'colocado em uma situação desconfortável'.




Por G1

01/11/2017 14h04 Atualizado há 2 horas


“Dustin Hoffman me assediou sexualmente quando eu tinha 17 anos”. Assim, Anna Graham Hunter inicia seu relato acusando o ator em um texto para o jornal Hollywood Reporter. Anna relatou, no papel de colunista convidada da publicação, o que aconteceu no set de filmagem de “A morte de um caixeiro viajante”, em 1985.


“Ele me pediu para fazer uma massagem em seus pés em meu primeiro dia no set, eu fiz. Ele flertava comigo abertamente, apertava minha bunda, falava sobre sexo comigo e na minha frente. Numa manhã, fui até seu camarim para anotar o que ele queria no café da manhã; ele olhou para mim e sorriu, tomando seu tempo. Então, ele disse: 'quero um ovo cozido... e um clitóris macio'. O grupo caiu na risada, escreveu Hunter.


Ela recordou que logo após ouvir a frase, foi direto ao banheiro chorar.


Anna conta na coluna que durante as cinco semanas que trabalhou no set, detalhava sua rotina para irmã, que morava em Londres, enviando cartas pelo correio e guardava cópias para ela. Recentemente, releu todas as mensagens e usou trechos delas para fazer seu relato, alterando os nomes de algumas pessoas do elenco e produção.


Na segunda semana de set, Anna relata que Dustin questionada se ela havia feito sexo o final de semana e, dias depois, ela conta que o ator apertou suas nádegas diversas vezes.


Ela conta que chegou a conversar com a supervisora da produção após novos episódios e ela pediu para que Anna sacrificasse alguns de seus valores pelo bem da produção. “Ela disse que nos devíamos ter senso de humor e dar uma risadinha”.


Apesar dos relatos, a última frase retiradas das cartas de Anna era que: "Ninguém é 100% bom ou ruim. Dustin é um porco, mas eu gosto dele".


Ao final da coluna, Ao Hollywood Reporter incluiu uma nota de Dustin enviada após o contato da publicação. “Tenho o maior respeito pelas mulheres e me sinto terrível por qualquer coisa que posso ter feito que a tenha colocado em uma situação desconfortável. Sinto muito. Isso não é um reflexo de quem sou."

fonte:https://g1.globo.com/pop-arte/noticia/dustin-hoffman-e-acusado-de-assediar-jovem-de-17-anos-em-set-de-filmagem-de-a-morte-de-um-caixeiro-viajante.ghtml?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário