Buscar

VISÃO DE NOTÍCIAS: DIG prende mulheres e esclarece assassinato brutal em Marília. Vítima foi morta com espada samurai

A DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Marília anunciou no início da tarde desta sexta-feira, 23,  o esclarecimento do assassinato do representante comercial, Silvio Cesar Soares Julio, de 47 anos. Duas mulheres foram presas e, segundo o delegado Valdir Tramontini, o caso está resolvido. O motivo do crime foi um assalto que deu errado e as acusadas tiveram que assassinar a vítima usando uma espada samurai.
O crime aconteceu no início de madrugada de quinta-feira, na rua Prudente de Moraes, no jardim Marília, onde a vítima morava sozinha. Vizinhos perceberam o fogo na residência e acionaram o Corpo de Bombeiros.
Silvio foi morto por facadas e teve corpo carbonizado. 
Ao entrar na casa, as equipes encontraram o corpo de bruços, com as mãos e pés amarrados e parcialmente carbonizado, além de ferimentos a faca no pescoço e também no antebraço esquerdo.
As investigações começaram imediatamente e, como haviam câmeras de segurança na casa, as imagens armazenadas foram analisadas por peritos do Instituto de Criminalística e ajudaram no esclarecimento do caso e prisão dos acusados.
Veja a nota divulgada há pouco pela DIG:
"Policiais civis que estiveram no local, apreenderam um DVR, o qual foi encaminhado para a perícia técnica, e através das imagens recuperadas, se apurou que foram duas moças que lá tinham estado na data do crime.
Iniciadas as investigações por esta especializada, se apurou que, as mulheres se tratavam de SILVIA REGINA EVARISTO DA SILVA, vulgo “ARLEQUINA”, 23 anos, e CAROLINE ROSANA JOCA, vulgo “CAROL”, 20 anos, tendo aquela se apresentado espontaneamente nesta delegacia, e a segunda sido localizada em sua casa, na Rua Ribeirão Preto, ainda na noite de ontem.
Segundo confissão das autoras, as duas conheciam Silvio, e já tinham estado algumas vezes em sua casa, e de comum acordo resolveram roubá-lo, para o que com ele marcaram encontro na data dos fatos, tendo ele as encontrado na Avenida Pedro de Toledo, e as levado para sua casa, onde chegaram a comer pizza juntos.
Para o cometimento do delito, as autoras seduziram Silvio, fazendo com que ele se despisse, e sob a alegação de que iriam fazer strip-tease, e outras práticas sexuais, conseguiram que ele consentisse em ter as mãos e as pernas amarradas com pedaços de tecidos, e os olhos cobertos por uma máscara de dormir.
COMO FOI A MORTE - Com a vítima amarrada e indefesa, Silvia e Caroline puseram em prática o crime, tendo aquela se sentado sobre as mãos amarradas e a barriga de Sílvio, enquanto que a outra tentou sufocá-lo com um travesseiro colocado sobre seu rosto.       
Silvio ainda tentou se debater, ocasião em que as autoras pegaram uma espada tipo samurai, que já estava na residência, e juntas aplicaram um primeiro golpe no abdome dele, cabendo a Sílvia a realização de outras dezenas de golpes.
Com a vítima morta, as autoras subtraíram diversos objetos, que foram carregados em duas bolsas, e antes de deixarem a residência, jogaram uma jaqueta de couro sobre a cabeça de Sílvio, na qual despejaram álcool, e atearam fogo na vestimenta e no sofá daquele cômodo.
A vítima somente não teve o corpo totalmente queimado, em face da intervenção dos bombeiros. Foram recuperados alguns dos objetos roubados (DVD, notebook, Playstation, modem), através de indicação das autoras. Durante a execução do crime, Silvio, já ferido por alguns golpes, pediu para ser poupado por possuir filhos, mas seu apelo foi em vão.
FRIEZA - Caroline alegou que estava arrependida pela prática do crime, diferentemente de Silvia, que negou arrependimento, chamando atenção dos policiais a enorme frieza com que relatou os fatos.
Inquérito Policial tramita por esta D.I.G., para cabal esclarecimento do crime, que se trata de latrocínio, e que prevê pena de 20 a 30 anos de reclusão. As prisões temporárias de Silvia e Caroline foram decretadas por trinta dias, e ambas serão encaminhadas à Cadeia Pública de Pirajuí.

fonte:http://www.visaonoticias.com/mobile/noticia/30769/dig-prende-mulheres-e-esclarece-assassinato-brutal-em-marilia-vitima-foi-morta-com-espada-samurai


Nenhum comentário:

Postar um comentário