Buscar

Investimentos federais e estaduais na saúde de Marília batem recorde

Resultado de imagem para MARILIA SAÚDE

Prefeitura de Marília celebra os investimentos federais e estaduais atraídos para a área da saúde do município nos últimos meses. Entre o final de 2017 e o primeiro semestre de 2018, os valores pretendidos somam R$ 4.204.970,00, sendo que R$ 1.102.800,00 já foram repassados ao Fundo Municipal de Saúde. Números considerados um recorde para a cidade.
Através de articulação do prefeito Daniel Alonso, deputados de Marília e de municípios da região, e até de outras regiões do estado, indicaram recursos para atender às necessidades marilienses na área da saúde. A prefeitura mantém intenso fluxo de projetos e assinaturas de convênios para emendas parlamentares e atração de recursos de programas da União e do Estado para a pasta.

Conquistas e projetos

O montante liberado está carimbado para aquisição de três ambulâncias (simples remoção), no valor de R$ 80 mil cada; investimento de R$ 12,8 mil para o Caps (Centro de Atenção Psicossocial); aporte de R$ 200 mil para custeio de procedimentos de saúde, que o município já decidiu aplicar em cirurgias bucomaxilofaciais.
Também foram liberados R$ 50 mil para compra de um aparelho de raio-X e R$ 160 mil para equipamentos de esterilização; dois combos odontológicos no total de R$ 50 mil, uma van para transporte de pacientes eletivos (sentados) para atendimento agendado e um veículo “Castramóvel”, para atendimento a animais, visando controle de zoonoses.
A prefeitura já está iniciando os processos de licitação para uso dos recursos assegurados, enquanto acompanha análise técnica, para liberação de novas emendas e valores relativos a Programas do Estado e União.

SAMU

O cálculo (R$ 1,1 milhão já liberado) não computa as três ambulâncias recebidas do Programa de Renovação da Frota do Samu 192, que investiu R$ 528.858,00 no município no primeiro semestre deste ano.
Os governos federal e estadual também investem em obras, como a construção de unidades de saúde, por meio de convênio, com contrapartida do município. Atualmente estão em construção as Unidades de Saúde da Família (USF) Maracá, Palmital, Santa Paula/Marajó, Jardim América IV, além da reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) São Miguel (com recursos próprios).

Apoio em SP

Marília teve indicado, em um único programa do Estado, R$ 1 milhão em recursos para a saúde, visando melhoria do custeio. A iniciativa é de parlamentar com base na região de Ourinhos e atuação em toda a região.
Depois de acabar com a espera de anos por cirurgia de catarata em 2017, o prefeito Daniel Alonso e a secretária Kátia Santana, em atenção à principal demanda, pretendem investir os recursos na especialidade de ortopedia.
Prefeitura de Marília

Nenhum comentário:

Postar um comentário