Buscar

Assassinato da estudante de 16 anos Fabiana Martins em Assis (SP).

Adolescente de 16 anos foi encontrada carbonizada em Assis (Foto: Reprodução/Facebook)


Delegacia de Investigações Gerais prendeu mais um homem suspeito de estar envolvido no assassinato da estudante de 16 anos Fabiana Martins em Assis (SP). A prisão desse suspeito foi feita na quinta-feira (23).

Ela foi encontrada morta em uma estrada de terra em Assis, no dia 23 de junho. A vítima foi reconhecida no IML pelo padrasto por meio de uma tatuagem no braço e uma pulseira.

Segundo informações esse novo suspeito trabalha como mototaxista e nas folgas é motorista de aplicativo na cidade de Assis irregularmente.

Ele esteve com Fabiana na noite anterior ao crime, juntamente com o outro suspeito que segue preso. O mototaxista estava sendo investigado havia várias semanas e em depoimento admitiu ter deixado a vítima em casa.
Além dos dois, outras duas pessoas já estavam presas por envolvimento no crime. Segundo o delegado Marcelo Armstrong, responsável pelo caso, as investigações estão próximas de serem concluídas mas, ainda não se sabe qual teria sido o motivo do crime.


Crime premeditado

Ainda de acordo com o delegado, há indícios de que Fabiana sofreu violência e pode ter morrido por estrangulamento. Além disso, a suspeita é de que o crime foi premeditado.

“Aparentemente, há sinais de agressão na face e existe a suspeita que ela possa ter sido estrangulada. Como havia um vasilhame com querosene ao lado do corpo, trabalhamos com a hipótese de crime premeditado, com planejamento”, explica.


Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.

Nenhum comentário:

Postar um comentário