Buscar

CAMINHONEIROS PROMETEM GREVE DEPOIS DO FERIADO DE 7 DE SETEMBRO

Diário de Bordo de um Caminhoneiro Diário de bordo de um caminhoneiro comentando sobre a possibilidade de uma nova paralisação dos caminhoneiros no Brasil, comentado também a falta de fiscalização sobre as tabelas de fretes e as dificuldades dos caminhoneiros autônomos em manter se nas estradas. O novo preço do diesel poderá afetar a economia do país e a possibilidade de uma nova greve dos caminhoneiros dia 08/09/2018

A União dos Caminhoneiros (UDC) informou que, dentro de um prazo de 10 dias, fará uma mobilização nacional para paralisar por tempo indeterminado as atividades de transporte rodoviário de carga no Brasil. De acordo com a entidade, o objetivo é chamar a atenção do governo federal que não adotou práticas de fiscalização para o cumprimento da tabela do frete, que estabelece preços mínimos do serviços dos caminhoneiros.

A medida foi negociada na última paralisação da categoria, que paralisou diversas atividades no final de maio e início de junho. O movimento grevista prejudicou o desempenho da economia no segundo trimestre do ano, que teve crescimento de apenas 0,2%, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

“A falta de fiscalização e atitudes práticas da parte do órgão fiscalizador tem trazidos enormes prejuízos aos caminhoneiros autônomos do Brasil, o desrespeito descarado das empresas transportadoras que não estão obedecendo a lei”, diz o comunicado da UDC.

Um comentário:

  1. Tomara que der tudo serto para o lado do caminhoneiro a baixar os precos do pedágio diesel etc. dependemos 90% porcento do caminhoneiro chegar no seu itinerário da onde ele sai de loge para abastecer com mercadoria no local

    ResponderExcluir