A Universidade de São Paulo pretende contratar 550 novos professores para os próximos quatro anos.

Praça do Relógio, na Cidade Universitária da USP, em São Paulo — Foto: Divulgação/USP


A Universidade de São Paulo pretende contratar 550 novos professores para os próximos quatro anos. Uma reunião do Conselho Universitário realizada na noite de terça-feira (13) definiu o planejamento para o período de 2019 a 2022. A USP deverá investir R$ 93,4 milhões para as contratações dos docentes.


Segundo o planejamento, a USP deverá contratar 250 professores em 2019, 150 em 2020, além das 150 novas contratações já autorizadas em 2018.


Para o ano que vem, a proposta prevê um orçamento de R$ 5,7 bilhões, sendo R$ 5,5 bilhões de repasse do governo estadual e o restante vindo de recursos príprios e recursos vinculados federais.


A folha de pagamento, de R$ 4,8 bilhões, deverá comprometer 87,3% do orçamento. Ainda assim, a universidade prevê um superávit orçamentário de R$ 206 mil.

USP

Nenhum comentário:

Postar um comentário