ZONA AZUL - MARÍLIA

Prefeitura e Emdurb definem volta parcial da Zona Azul  dia 6 de dezembro. Sistema eletrônico está sendo licitado
Ficou decidido que uma campanha informativa do dia 24 de novembro até 5 de dezembro será desenvolvida em conjunto
Reunião entre membros da Prefeitura de Marília, através da Emdurb (Empresa Municipal de Mobilidade Urbana) e da Procuradoria do Município de Marília, e da Acim (Associação Comercial e Industrial de Marília) na manhã desta quarta-feira (21), decidiu o dia e o formato da campanha informativa para a volta da cobrança do estacionamento rotativo na Zona Azul no comércio e principais áreas de Marília. O sistema eletrônico está sendo licitado e será implantado em 2019.
Participaram da reunião o vice-presidente da Acim, Manoel Batista de Oliveira; o presidente da Emdurb, Dr. Valdeci Fogaça; e o Procurador Geral do Município, Dr. Alysson Alex Souza e Silva.
Ficou decidido que uma campanha informativa do dia 24 de novembro até 5 de dezembro será desenvolvida em conjunto, informando aos usuários de que a partir do dia 6 de dezembro a Polícia Militar e os GAT (Grupo de Apoio ao Trânsito) farão a fiscalização e a punição aos infratores.
“Nesse período vamos informar todos os usuários antecipadamente. Vamos colocar faixas e abordar os motoristas antes de dar início à cobrança e à fiscalização”, disse Dr. Valdeci Fogaça.
Serão impressas 100 mil cartelas (cada uma valendo R$ 1,50 a hora, sem fracionamento, com tolerância de 15 minutos) e que cada quarteirão terá pelo menos dois pontos de venda das mesmas.
“Vamos procurar orientar os consumidores para que respeitem a rotatividade e procurem os postos de vendas das cartelas. Os comerciantes vão adquirir as cartelas na Acim que fará o acerto com a Emdurb”, completou o presidente da Emdurb.
O sistema de Zona Azul vale para carros, caminhonetes e derivados. Motos que estiverem fora do bolsão já delimitado em todo o centro também terão que comprar cartelas. Caso isso não ocorra, serão multados.
Sistema Eletrônico
O Procurador Geral do Município, Dr. Alysson Alex Souza e Silva, destacou o sistema eletrônico que em breve será implantado. “Esse novo e moderno sistema está em licitação e em breve vamos implantá-lo. Estamos adotando essa medida emergencial para atender à demanda do comércio e, principalmente da população, que reclama que não consegue estacionar no centro”, disse o procurador.
O comércio de Marília começa a abrir no período noturno até as 22h, a partir do dia 6 de Dezembro.

Fotos e colaboração texto: Eficaz Comunicação Empresarial

Nenhum comentário:

Postar um comentário