Pesquise

DIAS TOFFOLI SUSPENDE DPVAT

FONTE:  EXTRA GLOBO

Toffoli suspende resolução do governo que reduzia preço do DPVAT

Resultado de imagem para TOFOLI


O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, suspendeu uma resolução do Conselho Nacional de Seguros Privados (CNSP), vinculado ao Ministério da Economia, que reduzia os valores pagos pelos proprietários de veículos para a obtenção do seguro DPVAT, que é obrigatório. O presidente da Corte entendeu que a norma expedida pelo governo foi uma maneira de “esvaziar” a decisão do STF, que este mês derrubou a Medida Provisória (MP) assinada pelo presidente Jair Bolsonaro extinguindo o pagamento do DPVAT a partir de 2020.


A decisão, em caráter liminar, foi tomada em uma ação proposta pela Líder, empresa à frente do consórcio que gere os recursos arrecadados com o seguro. Um dos sócios da companhia é o deputado federal Luciano Bivar (PSL-PE), presidente da sigla, ex-aliado e atual adversário de Bolsonaro.


“A alteração da sistemática do seguro DPVAT por meio de alterações de atos normativos infralegais editados pelo Conselho Nacional de Seguros Privados, sem, contudo, uma justificação apoiada na explicitação dos critérios atuariais do sistema configuram, a meu ver, ao menos nesse juízo de estrita delibação, subterfúgio da administração para se furtar ao cumprimento da eficácia da decisão cautelar proferida pelo plenário do STF na ADI nº 6.262/DF”, escreveu Toffoli, em referência ao processo em que a MP foi suspensa.


A nova resolução previa reduções de 68% no valor pago pelos proprietários de carros (saindo de R$ 16,21 para R$ 5,21) e de 86% para motos (passando de R$ 84,58 para R$ 12,25). Os novos valores haviam sido apresentados na última sexta-feira. Na ocasião, a titular da Superintendência de Seguros Privados (Susep), Solange Vieira, afirmou que a redução no preço era possível porque a seguradora havia acumulado R$ 5,8 bilhões em um fundo. Ela acrescentou que havia uma “arrecadação em prêmios acima da necessária para o pagamento das indenizações”. Os valores são usados em caso de acidentes. Parte dos recursos (45%) é direcionada para o Sistema Único de Saúde (SUS).
Toffoli acrescentou que o objetivo da Medida Provisória suspensa pela Corte era “semelhante” ao que foi pretendido com a edição da norma com os novos valores – o presidente do STF citou um texto no site da Susep que anunciava a medida. “Por essas razões, entendo que a Resolução CNSP nº 378/2019 esvazia a providência cautelar deferida por essa Suprema Corte nos autos da ADI nº 6.262/DF, razão pela qual compreendo ser o caso de sua suspensão”, finalizou Toffoli.


A resolução suspensa também permitia a abertura do mercado a partir de 2021, permitindo que outras empresas oferecessem o seguro, hoje operado somente pelo consórcio que tem a Líder à frente.

CDHU entrega 202 casas em Junqueirópolis


Conjunto Residencial das Américas tem infraestrutura completa; na região, Governo de SP já entregou 29.263 unidades

A Secretaria de Estado da Habitação, por meio da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU), entregou 202 moradias do Conjunto Residencial das Américas, em Junqueirópolis, região de Presidente Prudente, na sexta-feira (27). O investimento no empreendimento foi de R$ 22,7 milhões.
Veja também

“Vocês vão passar o Ano Novo em Casa Nova”, disse o secretário de Estado da Habitação em exercício, Fernando Marangoni, durante a cerimônia de entrega de chaves. Ele ressaltou que o Governo Estadual trabalha para que o sonho da casa própria se torne realidade para as famílias de menor poder aquisitivo e para garantir emprego à população. “A dignidade da pessoa tem dois endereços. O endereço da casa e o endereço do trabalho. Hoje, estamos aqui entregando o endereço da casa própria. E São Paulo foi o Estado que mais gerou empregos em 2019”, afirmou.
As casas entregues têm 56,67 metros quadrados, dois dormitórios, sala, banheiro e cozinha. Os imóveis contam de piso cerâmico em todos os cômodos, azulejo no banheiro e cozinha, cobertura em estrutura metálica, muro de divisa e sistema de aquecedores solares para água do chuveiro. O conjunto possui infraestrutura completa: redes de água, esgoto e elétrica; drenagem, pavimentação, paisagismo e iluminação pública.
Os futuros moradores terão prazo de até 300 meses para quitarem seus imóveis. As prestações são subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar, garantindo que quem ganha até três salários mínimos desembolse apenas 15% dos rendimentos. Nessa entrega, 86% das famílias beneficiadas pertencem a essa faixa de renda. O valor da menor prestação é de R$ 149,70.
Trabalho em Junqueirópolis e região
Na cidade de Junqueirópolis, já foram entregues 841 moradias pela CDHU. Já na região de Presidente Prudente, foram 29.263 unidades entregues pelos dois braços operacionais da Secretaria de Estado da Habitação – CDHU e Casa Paulista. Estão em obras mais 2.095 moradias. Essas unidades em construção na região representam R$ 120,9 milhões em investimentos.
A Secretaria da Habitação atua também na regularização fundiária com o Programa Cidade Legal, que atende 35 municípios na região. São 236 núcleos na região inscritos, dos quais já foram regularizados 57 núcleos, que soma 4.005 lotes. Quando todas essas moradias estiverem regulares, mais de 106 mil pessoas serão beneficiadas com o recebimento dos títulos de propriedade de seus imóveis.

Mulheres são protagonistas na execução de projetos do Programa Fomento Rural


LOC: Seja em projetos coletivos ou individualizados, as mulheres são maioria na execução das atividades do Programa Fomento Rural, coordenado pelo Ministério da Cidadania. A proposta busca melhorar as condições de vida daqueles que vivem no campo em situação de pobreza e -- só este ano - DEZENOVE mil famílias foram atendidas. As mulheres estão à frente de SETENTA E CINCO por cento das iniciativas aprovadas e financiadas pelo governo federal -- que tiveram investimento total de R$ 44 milhões.

Maria Conceição Oliveira, de 42 anos, é natural de Ibipitanga, no sertão produtivo da Bahia. A dona de casa resolveu reunir mulheres da comunidade para produzir pães, bolos e doces. Juntas, montaram uma cozinha comunitária com o recurso de DOIS MIL 400 reais pagos pelo governo federal em duas parcelas. Hoje, Maria Conceição se sente mais ativa e valorizada.

TEC -- RODA SONORA MARIA CONCEIÇÃO -- AGRICULTORA FAMILIAR

LOC: Para o secretário Nacional de Inclusão Social e Produtiva Rural, José Roberto Carlos Cavalcante, o destaque das mulheres nas ações produtivas rurais é crescente pelo compromisso, habilidade de cuidado e organização, além do protagonismo nos lares brasileiros.

TEC -- RODA SONORA CAVALCANTE -- SECRETÁRIO DE INCLUSÃO SOCIAL E PRODUTIVA RURAL

LOC: Distante mais de SEISCENTOS quilômetros de Salvador, em Ibiassucê, vive a agricultora familiar Aliene Ribeiro, de 42 anos. Na cidade com dez mil habitantes, ela encontrou a oportunidade de crescer no próprio quintal de casa: foram as laranjeiras que se transformaram na principal fonte de renda familiar. O Programa Fomento Rural deu a oportunidade para que Aliene desenvolvesse, junto à assistência técnica, o projeto individualizado para a compra de uma caixa d’Água e uma bomba para aguar a plantação, resolvendo o problema de irrigação. O recurso de DOI MIL 400 reais fez a diferença na vida da agricultora.

TEC -- RODA SONORA ALIENE RIBEIRO -- AGRICULTORA FAMILIAR

LOC: A seleção das famílias para participar do Programa Fomento Rural é realizada por empresas de assistência técnica, como a Emater, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Distrito Federal, e outras entidades que atuam no campo, contratadas para oferecer o serviço de acordo com informações do Cadastro Único para Programas Sociais do governo federal. Para saber mais, acesse: mds.gov.br.

Reportagem, Marina Fauth

CALENDÁRIO DO BOLSA FAMÍLIA 2020

Resultado de imagem para cartão bolsa familia GOV

Bolsa Família: calendário de 2020 para pagamentos já está disponível
LOC: O calendário de pagamentos do Programa Bolsa Família para DOIS MIL E VINTE já está disponível para consulta. O benefício é pago de forma gradual nos dez últimos dias úteis de cada mês. Em janeiro, saque poderá ser feito a partir do dia VINTE. O prazo se estende até TRINTA E UM do mesmo mês. Para saber a data correta de sacar o dinheiro, a família deve observar o último dígito do NIS - Número de Identificação Social-, impresso no cartão do programa.

Depois de identificá-lo, será necessário observar no calendário oficial a data em que a família poderá fazer o saque, mês a mês.Assim, os beneficiários que possuem o cartão com NIS final UM podem sacar no primeiro dia do pagamento -- VINTE de janeiro -, já aqueles com o final DOIS podem resgatar o recurso no segundo dia, e assim por diante.

Conforme a diretora do Departamento de Benefícios do Ministério da Cidadania, Caroline Paranayba, é muito importante que as famílias verifiquem o calendário já disponível em diversos terminais de pagamentos da Caixa Econômica Federal e unidades da Rede do Sistema Único de Assistência Social.

SONORA CAROLINE PARANAYBA - DIRETORA DO DEPARTAMENTO DE BENEFÍCIOS DO MINISTÉRIO DA CIDADANIA

LOC: Em DOIS MIL E DEZENOVE, os beneficiários usufruíram do maior poder de compra da história do programa, em razão do pagamento da décima terceira parcela do Bolsa Família. A medida inédita foi oficializada pelo presidente da República, Jair Bolsonaro, em abril. Com o recurso, o Ministério da Cidadania teve um aumento de dois bilhões e quinhentos milhões de reais no orçamento, como reforça o ministro da Cidadania, Osmar Terra.

SONORA OSMAR TERRA - MINISTRO DA CIDADANIA

LOC: O pagamento da DÉCIMA TERCEIRA parcela do Programa Bolsa Família foi realizado entre os dias DEZ e VINTE E TRÊS de dezembro. Para saber mais, acesse http://desenvolvimentosocial.gov.br.

Reportagem, Marina Fauth.

Fogo na Estátua da Havan em São Carlos São Paulo vejam o momento exato ...

Fogo consome Estátua da Liberdade das Lojas Havan

Lula processa dono da Havan por faixa que o chama de 'cachaceiro'

Lula mostra que mente como quem respira | Augusto Nunes

Ponte Hercílio Luz é reaberta em Florianopólis após 28 anos | SBT Brasil...

Programa de Alfabetização 2020





Secretaria da Alfabetização - alfabetização 2020

Fundo Social de Solidariedade de Marília fez a entrega de cestas básicas

Alimentos foram entregues às famílias cadastradas pela associação de moradores
O Fundo Social de Solidariedade de Marília fez a entrega de cestas básicas para as famílias cadastradas pela Associação de Moradores dos bairros Jânio Quadros e Alcides Matiuzzi, zona norte da cidade.
A entrega aconteceu na segunda quinzena do mês de dezembro e foi feita pela primeira-dama e presidente do Fundo Social de Solidariedade, Selma Regina Mazuqueli Alonso, que estava acompanhada pela assessora Maria Angélica Monici.
A equipe do Fundo Social foi recepcionada por Eliana Eurinídio, esposa do presidente da associação de moradores, Márcio Cleber Eurinídio. As crianças que compareceram à entrega foram presenteadas com doces.
A primeira-dama Regina Alonso parabenizou a associação pela organização na entrega dos alimentos. “Ficamos felizes em poder colaborar com as famílias dos bairros Jânio Quadros e Alcides Matiuzzi. Parabenizo a Eliana e toda sua diretoria pela organização do evento, que foi um sucesso para todos.”
A presidente do Fundo Social agradeceu à receptividade da comunidade da zona norte. “Fomos muito bem recepcionadas e só temos que agradecer a todos que vieram. O Fundo Social vai continuar desempenhando o seu papel, que é colaborar com as pessoas mais necessitadas.”

Transporte aéreo está sendo cada vez mais usada no Brasil

Ações do Governo de SP de incentivo à aviação doméstica ampliam frequências aéreas e beneficiam 20 Estados

Aviação doméstica: iniciativa de São Paulo beneficia 20 Estados

Com 600 novas frequências, Nordeste é região mais beneficiada; aumento é resultado da iniciativa do Governo de reduzir ICMS sobre querosene

A iniciativa do Governo de São Paulo de reduzir o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o querosene de aviação, de 25% para 12%, acarretou no aumento das frequências aéreas, o que gerou benefícios a 20 Estados, além de São Paulo. Até outubro, as regiões Nordeste, com 32% das novas frequências, e Sul, com 28%, foram as mais contempladas.
Individualmente, Rio Janeiro, com 100 frequências, Bahia (96) e Paraná (69) são os principais destinos. Os dados foram analisados pelo Centro de Inteligência e Economia do Turismo (CIET), da Secretaria de Turismo do Estado, com base nas informações da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).
“Esse resultado mostra o alcance e a importância da conectividade aérea”, lembra Vinicius Lummertz, Secretário de Turismo do Estado. São Paulo foi o maior beneficiado já que todas as frequências semanais têm como base algum dos aeroportos do Estado.
A redução do ICMS sobre o combustível de aviação começou a vigorar em julho deste ano. A desoneração tributária é compensada pelas contrapartidas geradas pela ampliação dos serviços oferecidos pelas companhias. “A redução do ICMS sobre o querosene aéreo é parte do nosso plano para incrementar o turismo em todo o Estado, gerando emprego e renda para o maior número de brasileiros”, afirmou o Governador João Doria sobre a iniciativa, em julho.
Lummertz diz que a medida ajudou a criar um incentivo poderoso à economia e ao desenvolvimento regional e também nacional. “A partir de dezembro já conseguiremos enxergar o impacto na aviação regional, com o início das operações em novos aeroportos e aumento das frequências em outros”, explica Lummertz.
Segundo a Secretaria de Turismo, o ano de 2019 deve fechar com cerca de 700 novas frequências. Entre os aeroportos do interior destacam-se Araçatuba, com três companhias aéreas operando para Viracopos, Congonhas e Guarulhos, e Ribeirão Preto, com o maior número de frequências e Araraquara que voltou a ter voos regulares depois de cinco anos — com a Azul, iniciado em 17 de dezembro. A expectativa é que, ainda no primeiro semestre de 2020, 13 aeroportos do interior paulista estejam operando com aumento de demanda.
Incentivo ao turismo
A ação é parte do Programa São Paulo Pra Todos, que visa a ampliação da malha aérea no Estado a partir de diversos aeroportos paulistas. Na área da aviação, ao longo do ano, diversas iniciativas foram anunciadas com objetivo de oferecer mais benefícios a quem visita o Estado, como os lançamentos de stopover.
Quatro companhias lançaram serviços que permitem aos seus passageiros estender a conexão e ficar por mais tempo no Estado, sem precisar pagar mais por isso. A mais recente a anunciar essa opção foi a Air Canada. Além dela, já ofereciam o serviço GolAzul e Latam.

Funcionamento dos metros na VIRADA de ano

CPTM e Metrô têm horário ampliado no réveillon de São Paulo

CPTM e Metrô têm horário ampliado no Ano Novo em São Paulo

Objetivo da medida é atender quem vai passar a virada na Avenida Paulista; confira os horários dos serviços de transporte

As empresas ligadas à Secretaria dos Transportes Metropolitanos adotaram medidas operacionais para atender ao público que vai aproveitar o tradicional réveillon na Avenida Paulista, na capital.
Durante toda a madrugada da virada do ano, as linhas de metrô vão funcionar sem interrupção para desembarque e as estações Trianon-Masp, Brigadeiro e Paraíso (Linha 2-Verde), Paulista e Higienópolis-Mackenzie (Linha 4-Amarela), que são as mais próximas da festa na Avenida Paulista, ficarão abertas também para o embarque dos passageiros.
Já as demais estações das linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha, 4-Amarela e 15-Prata (de Vila Prudente a Jardim Planalto) ficarão abertas até às 2h do dia 1º de janeiro para embarque, enquanto o desembarque será permitido por toda a noite.
A exceção será a estação Consolação (Linha 2-Verde), que por ser ao lado do palco da festa, estará fechada a partir das 16h do dia 31 de dezembro por medidas de segurança, sendo reaberta às 4h40 do dia 1°de janeiro. Neste caso, a alternativa é utilizar a estação Paulista, da Linha 4-Amarela, que se integra à estação Consolação, para embarcar ou desembarcar.
No primeiro dia de 2020, todas as estações de metrô iniciam a operação a partir das 4h40, com exceção das novas estações da Linha 15-Prata (Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus), que fecham às 16h no dia 31 e reabrem só às 9h do dia 1º de janeiro. Essas três estações foram inauguradas recentemente e ainda não operam em horário integral.
Para evitar filas de última hora, o Metrô recomenda a compra antecipada das passagens. Lembrando que é proibido o consumo de bebida alcoólica nas estações e trens.
CPTM
Na madrugada da virada do ano, as estações da CPTM das linhas 7-Rubi (Luz – Francisco Morato), 8-Diamante (Júlio Prestes – Itapevi), 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú), 10-Turquesa (Brás – Rio Grande da Serra), 11-Coral (Luz – Estudantes), 12-Safira (Brás – Calmon Viana) e 13- Jade (Engenheiro Goulart – Aeroporto) estarão abertas para embarque e desembarque até 1h do dia 1º de janeiro.
Depois da 1h, somente as estações Luz, Brás, Tatuapé, Corinthians-Itaquera, Pinheiros, Santo Amaro, Palmeiras-Barra Funda e Tamanduateí, que fazem integração gratuita com o Metrô, estarão abertas para a transferência dos usuários e para o desembarque. A Estação Brás terá um horário diferenciado: funcionará para embarque e desembarque até as 2h. A partir desse horário, ficará aberta só para desembarque até o início da operação às 4h.
Nesse período, o intervalo entre as composições será de 20 minutos em todas as Linhas CPTM, exceto a Linha 13-Jade, que irá operar com intervalo de 30 minutos. As demais estações do sistema continuarão funcionando na madrugada só para desembarque.
EMTU
No dia 31 de dezembro, os ônibus da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos vão operar de acordo com a tabela horária de sábado. No feriado de Ano Novo (1º/01), as linhas de ônibus intermunicipais terão a mesma programação horária de domingo.

As Escolas Cívico-Militares no Brasil

m

Colégios cívico-militares têm notas melhores

Governo do Estado de São Paulo repassou aos municípios 30,01 bilhões do ICMS em 2019


Governo de São Paulo repassou 8% a mais em ICMS aos municípios paulistas em 2019


Antecipado, último repasse do ano de R$ 1,2 bilhão está sendo depositado nesta segunda-feira


O Governo do Estado de São Paulo transferiu R$ 30,01 bilhões em repasses de ICMS para as 645 prefeituras paulistas em 2019. Esse valor supera em 8% as transferências realizadas em 2018, que foi de R$ 27,66 bilhões. Além do início do aquecimento na economia paulista, o reforço nos repasses se deu também pela abertura do Programa Especial de Parcelamento (PEP) do ICMS, que permitiu que empresas pudessem quitar ou parcelar suas dívidas com o Estado.

O último repasse do ano foi antecipado pelo governador João Doria e a Secretaria da Fazenda e Planejamento está depositando nesta segunda-feira (30/12) mais de R$ 1,20 bilhão nos cofres dos 645 municípios. A antecipação deve possibilitar que as prefeituras mantenham sua regularidade fiscal e paguem suas contas em dia neste ano, como fornecedores e o 13º salário dos servidores municipais.

Os municípios já haviam recebido em dezembro R$ 1,87 bilhão nos repasses anteriores, realizados em 10/12, 17/12 e 24/14, relativos à arrecadação dos períodos de 2/12 a 6/12, 9/12 a 13/12 e 16/12 a 20/12, respectivamente. Com os depósitos efetuados hoje, o valor total distribuído às prefeituras em dezembro fecha em R$ 3,07 bilhões.

Os depósitos feitos pela Secretaria da Fazenda e Planejamento são referentes aos montantes arrecadados semanalmente e correspondem a 25% da arrecadação do imposto, que são distribuídos às administrações municipais com base na aplicação do Índice de Participação dos Municípios (IPM) definido para cada cidade. As consultas dos valores podem ser feitas no site da Fazenda, no link Acesso à Informação > Transferências de Recursos > Transferências Constitucionais a Municípios.

Agenda Tributária
Os valores semanais transferidos aos municípios paulistas variam em função dos prazos de pagamento do imposto fixados no regulamento do ICMS. Dependendo do mês, pode haver até cinco datas de repasses. As variações destes depósitos oscilam conforme o calendário mensal, os prazos de recolhimento e o volume dos recursos arrecadados. A agenda de pagamentos está concentrada em até cinco períodos diferentes no mês, além de outros recolhimentos diários, como por exemplo, os relativos à liberação das operações com importações.

Índice de Participação dos Municípios
Os repasses aos municípios são liberados de acordo com os respectivos Índices de Participação dos Municípios, conforme determina a Constituição Federal, de 5 de outubro de 1988. Em seu artigo 158, inciso IV está estabelecido que 25% do produto da arrecadação de ICMS pertencem aos municípios, e 25% do montante transferido pela União ao Estado, referente ao Fundo de Exportação (artigo 159, inciso II e § 3º).

Os índices de participação dos municípios são apurados anualmente (artigo 3°, da LC 63/1990), para aplicação no exercício seguinte, observando os critérios estabelecidos pela Lei Estadual nº 3.201, de 23/12/81, com alterações introduzidas pela Lei Estadual nº 8.510, de 29/12/93.

Profissionais de escolas cívico-militares passam por capacitação

Deve triplicar a produção de imunológicos

Investimentos devem triplicar produção de insumo para diagnóstico de doenças em animais

Antígenos para verificar ocorrência de brucelose e tuberculose terão maior prazo de validade, para atender demanda dos pequenos produtores
O investimento de R$ 3,5 milhões na compra de equipamentos para o Instituto Biológico (IB-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, deve triplicar a produção de imunobiológicos pelo Brasil até 2021 e abrir caminho para nova área de pesquisa na produção em grande escala. O IB é a única instituição brasileira autorizada a produzir os insumos que atendem o Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e da Tuberculose Animal (PNCEBT).
Os imunobiológicos são utilizados para o diagnóstico de tuberculose e brucelose em animais. Sem esses antígenos, o país não pode vender nem comprar animais no exterior, além de prejudicar o trânsito interestadual e impactar diretamente na saúde da população. Pesquisas utilizando os novos equipamentos permitirão ainda dobrar o prazo de validade dos produtos e produzir frascos com doses menores, para atender a demanda dos pequenos produtores rurais.
Segundo o médico veterinário do IB, Ricardo Spacagna Jordão, o Instituto adquiriu três equipamentos para o Laboratório de Produção de Imunobiológicos, localizado em São Paulo. Um deles é uma envasadora automatizada de frascos, única na América Latina, com capacidade para produção de 300 litros (30 vezes maior do que a usada atualmente).
O recurso para a compra dos equipamentos foi disponibilizado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), por meio do Plano de Desenvolvimento Institucional em Pesquisa (PDIP).
“Esses equipamentos vieram apoiar a pesquisa aplicada para otimização de processos e novos produtos no Instituto Biológico. Nossa produção de imunobiológicos anual é de 4,5 milhões de doses, aproximadamente. Esperamos em 2020 aumentar em 38% a produção e em 2021 triplicar. (…) Com isso, poderemos atender a demanda nacional de imunobiológicos, que é de 12 milhões de doses por ano”, explica Jordão.
Validade maior
A melhoria da infraestrutura laboratorial também permitirá aumentar de um para dois anos o prazo de validade dos produtos, que é uma demanda antiga dos clientes. Outro ganho para os pecuaristas será quantidade de doses dos produtos ofertados. O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento já autorizou o IB a produzir imunobiológicos em frascos menores.
“O IB tem expertise no desenvolvimento de pesquisas em sanidade animal. Precisamos que haja cada vez mais um trabalho integrado com a Defesa Agropecuária, para que esses resultados sejam levados para o produtor”, diz o Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Gustavo Junqueira.
Atualmente, um frasco de Tuberculina, usado para o diagnóstico de tuberculose, possui 50 doses, para brucelose AAT 160 doses e Prova Lenta, também usado para diagnóstico de tuberculose, 60 doses. Além dos tamanhos tradicionais, o IB passará a também ofertar frascos com 20, 64 e 24 doses, respectivamente.
“Isso é muito importante para o pequeno produtor. Se o pecuarista, por exemplo, tem dez animais na sua fazenda, não precisará comprar um frasco de 50 doses. Como trabalhamos com produto biológico não é possível guardar, ou seja, 40 doses teriam que ser descartadas. A redução nos frascos traz ganhos econômicos para o produtor, aumenta a qualidade e reduz o desperdício, que hoje é estimado em 30% por conta do tamanho dos frascos”, afirma o médico veterinário.
O IB comercializa os kits com imunobiológicos para 24 Estados brasileiros, além do Distrito Federal. A venda é feita para médicos veterinários habilitados, por meio de casas agropecuárias que compram estes produtos do IB.
“O Instituto Biológico está equipado com o que há de mais moderno no mundo nessa área. Estamos à frente nas pesquisas e esses equipamentos vão nos ajudar a ampliar os estudos e a produzir novos produtos para promover a sanidade no rebanho brasileiro”, afirma a diretora-geral do IB, Ana Eugênia de Carvalho Campos.
Imunobiológicos
Os imunobiológicos são antígenos – microoganismos mortos, proteínas produzida por bactérias etc – usados para diagnosticar doenças, entre elas a tuberculose e a brucelose em diversas espécies, principalmente nos de produção, como os bovinos. O IB disponibiliza aos pecuaristas brasileiros kits para análise.
Caso os animais apresentem resultado positivo na pesquisa de anticorpos, precisarão ser eutanasiados e a propriedade pode até mesmo ser interditada. “Caso a carne ou leite infectados sejam consumidos, as pessoas podem se contaminar com essas doenças, daí a importância de se fazer o controle sanitário”, explica Jordão.
Os custos para manter a sanidade de um rebanho são bem menores do que as perdas que essas doenças podem causar. O diagnóstico da tuberculose e brucelose nos animais utilizando os imunobiológicos somente pode ser feita por médicos veterinários habilitados.

Carga de melancia escondia uma tonelada de maconha

Polícia apreende no Rio uma tonelada de maconha debaixo de melancias



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu aproximadamente uma tonelada de maconha escondida no meio de uma carga de melancia, na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), em Vigário Geral, na zona norte do Rio de Janeiro.
De acordo com a PRF, os tabletes da droga estavam sob as melancias. O motorista, de 42 anos, morador de Tupã (SP), disse que estava levando as frutas para a Centrais de Abastecimento do Estado do Rio de Janeiro (Ceasa), em Irajá. A apreensão ocorreu neste sábado (28).
O homem, no entanto, entrou em contradição, o que levou os policiais a revistarem a carga. Ele acabou confessando que buscou o entorpecente em Cascavel (PR) e que, na Ceasa, entregaria a droga para outra pessoa. A maconha abasteceria comunidades da zona norte do Rio.
A ocorrência foi encaminhada para a Polícia Federal, segundo a PRF. O homem foi indiciado por tráfico de entorpecentes, cuja pena prevista varia de cinco a 15 anos de reclusão. Seu nome ainda não foi divulgado.
Edição: Kleber Sampaio

"Mais Mulheres na Direção"

Mais Mulheres na Direção: 99 realiza uma série de ações para atrair mais motoristas mulheres
Companhia investe na atração de mais motoristas parceiras para contribuir com a autonomia financeira, empoderamento feminino e segurança de mulheres que compartilham histórias inspiradoras
A 99, empresa brasileira de transporte urbano que integra a companhia global DiDi Chuxinglança a campanha "Mais Mulheres na Direção", o intuito é ter mais mulheres motoristas na plataforma. "Hoje a nossa base conta com 5% de mulheres motoristas. Mas temos espaço para muitas mais. É gratificante ver como podemos ser parceiros na reinserção de muitas mulheres no mercado de trabalho, e como é possível para elas conciliar família, estudos e diversos outros papéis com uma atividade remunerada e conquistando a independência", afirma Stella Brant, diretora de marketing da 99.

Para despertar o interesse das mulheres brasileiras em fazer parte da plataforma da 99, a companhia vem investindo em diversas iniciativas, desde o ano passado tem realizado iniciativas voltadas às mulheres, como campanhas de empoderamento e tecnologias como rastreador de comentários. Neste ano deu destaque ao movimento "Mais Mulheres na Direção", que não é só um incentivo, mas uma forma de ajudar cada mulher a assumir a direção dos seus sonhos, das suas finanças e da sua vida.

Em 2019 a companhia realizou ações em 5 estados brasileiros com rodas de conversa no Dia da Igualdade Feminina, acabou de lançar um pacote com várias funcionalidades de segurança para motoristas e passageiras, bem como fez também ações publicitárias na imprensa, como inserções de histórias inspiradoras de motoristas parceiras nos programas "Encontro com Fátima Bernardes" e "É de Casa!".
Histórias inspiradoras

Autonomia e disponibilidade de horários - Ter tempo para conciliar trabalho com faculdade e estágio. Essa é uma grande conquista para a Karine Aguiar, 40 anos, ex-faxineira, que é motorista parceira da 99, desde 2018, em Montes Claros, Minas Gerais. Segundo ela, desde que passou a fazer parte da plataforma, a sua vida mudou completamente. Aos 33 ela retomou os estudos e hoje ela consegue conciliar a faculdade de engenharia civil com um estágio na área, graças à liberdade que tem para adequar as necessidades acadêmicas com o trabalho na plataforma da 99.
"Tenho dois filhos adultos, fui mãe muito jovem, voltei a estudar, hoje consigo fazer tudo que preciso em relação à faculdade e trabalhar, com uma nova posição de inserção no mercado. Sou a prova viva de que mulheres dirigem bem, têm grande qualidade de atendimento e sabem tratar bem as pessoas".

Além das conquistas acadêmicas, Karine também se vê como empresária: "O nosso veículo é a nossa empresa. Esse é o nosso diferencial!"

Prosperidade em família e solidariedade - Outra história muito inspiradora é a da Viviane Xavier, de São Paulo, motorista parceira da 99 há quase quatro anos. A Viviane e seu marido eram comerciantes, os negócios não iam bem e ela decidiu experimentar a plataforma 99 sem que o marido soubesse. "Não só deu muito certo, como o meu marido passou a ser motorista parceiro da 99 também e a nossa renda melhorou", diz Viviane. A parceria com a 99 não trouxe apenas independência e fonte de renda para ela e a família, trouxe também solidariedade e união. Um dos filhos da Viviane tem lúpus sistêmico e precisava de doação de sangue com urgência. Foi aí que a solidariedade e união apareceram: motoristas colegas da plataforma participam de grupos no celular e fizeram uma rede para conseguir doadores de sangue pelo Estado de São Paulo e rapidamente encontraram uma pessoa compatível, salvando assim a vida da filha dela. "O lema dos nossos grupos é: eu cuido de você, você cuida de mim", afirma Viviane.
SAIBA MAIS
Conheça o "Mais Mulheres na Direção" e veja mais histórias inspiradoras pelo: http://99app.com/maismulheres/
Sobre a 99
A 99, empresa brasileira de tecnologia que conecta passageiros e motoristas através de seu aplicativo, faz parte da companhia global Didi Chuxing ("DiDi"). O aplicativo conecta mais de 600 mil motoristas a 18 milhões de passageiros em mais de 1.600 cidades no Brasil. Como uma das maiores provedoras de mobilidade do país, a startup oferece cinco tipos de serviços na sua plataforma: 99Pop, categoria de carros particulares presente em mais de 40 regiões metropolitanas e grandes cidades; 99Taxi, categoria que cobre todo o país; 99Top, serviço de táxis de luxo oferecido em São Paulo; 99Compartilha, serviço de corridas compartilhadas disponível em Belo Horizonte (MG) e Campinas (SP); e o 99Comfortque reúne comodidade de carros novos e espaçosos a um preço acessível em Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e São Paulo (SP).

As obras das bacias do Barbosa, Pombo e Palmital estão em fase final.





As construções da Estação de Tratamento de Esgoto nas bacias do Pombo e do Barbosa já terminaram.

E a prefeitura já iniciou a da Bacia do Palmital, última fase dessa grande obra, esperada há mais de 40 anos!

Acesse o site www.proaguasmarilia.com.br e entenda porque a obra é tão importante!

#PrefeituraDeMarília #PróÁguas #ETEMarília




https://www.facebook.com/PrefeituraMarilia/videos/1601722486632906/


Funcionamento do Metrô durante a virada de ano

Estações do Metrô funcionarão ininterruptamente durante a Virada


Estações do Metrô funcionarão ininterruptamente durante a Virada


Transporte será ótima opção para os passageiros que pretendem aproveitar a 23ª edição do “Réveillon na Paulista”


O funcionamento das estações nas linhas 1-Azul, 2-Verde, 3-Vermelha e 15-Prata (de Vila Prudente a Jardim Planalto), do Metrô, será ininterrupto na virada do ano para facilitar o deslocamento dos passageiros até o local da festa de réveillon.
As estações das linhas 13 e 15, com exceção das recém-inauguradas estações Sapopemba, Fazenda da Juta e São Mateus funcionarão para embarque e desembarque até 2h da manhã do dia 1º de janeiro. Depois desse horário, as estações das três linhas continuarão em operação, no entanto, somente para o desembarque.
Na Linha 2-Verde, as estações Paraíso, que se integra à Linha 1-Azul (Brigadeiro e Trianon/Masp), funcionarão a madrugada inteira para embarque e desembarque. Já nas demais estações do ramal, com exceção da estação Consolação, que fecha mais cedo no dia 31, o passageiro poderá embarcar até 2h. Depois desse horário, o fluxo nas estações será somente para o desembarque.
Quem habitualmente acessa a rede metroviária pela estação Consolação, da Linha 2-Verde, deverá ficar atento. Por estar mais próxima do local onde será montado o palco da festa, por questões de segurança, os acessos à estação serão fechados mais cedo, às 16h do dia 31, e reabrirão somente às 4h40 do dia 1º de janeiro.
Alternativas
Como alternativa, os passageiros poderão utilizar os acessos da estação Paulista, da Linha 4-Amarela, que se integra à estação Consolação, para embarcar ou desembarcar. O Metrô informará sobre as alterações programadas por meio de cartazes, mensagens sonoras nas estações e trens e nas redes sociais oficiais da Companhia.
Para atender os passageiros que forem ao réveillon da Avenida Paulista, o contingente de funcionários operativos e de segurança será reforçado nas estações mais próximas ao local do evento. A compra das viagens poderá ser feita nas bilheterias das estações Paraíso, Brigadeiro e Trianon-Masp, durante toda a madrugada.
Já nas demais estações, a venda de passagens ocorrerá até 2h. Mesmo assim, para evitar filas de última hora, o Metrô recomenda a compra antecipada das passagens. Em caso de anormalidades no sistema, o passageiro poderá utilizar os serviços SMS-Denúncia (telefone 97333-2252) e Metrô Conecta para entrar em contato com o Metrô. Basta encaminhar uma mensagem para atuação dos funcionários do Corpo de Segurança.
O Metrô garante total anonimato do passageiro. Vale lembrar que é proibido o consumo de bebida alcoólica nas estações e trens. Em caso de dúvidas, a Central de Informações do Metrô (0800-770-7722) atende diariamente, das 5h à meia-noite.

Literatura

  • [image: Resultado de imagem para morte coveira] *Justiceira Imparcial * O que chamamos de felicidade é um sentimento, quase que imediato, ao que somos e v...
    Há uma semana