Notícias: Presidente e Governo

Pesquisar no CIDADE DE MARÍLIA

A prefeitura de Marília (SP) confirmou nesta quinta-feira (15) o registro do terceiro caso de sarampo na cidade.

Resultado de imagem para vacinação sarampo

A prefeitura de Marília (SP) confirmou nesta quinta-feira (15) o registro do terceiro caso de sarampo na cidade, que pode ser o primeiro autóctone, ou seja, contraído no próprio município. Os dois casos positivos confirmados anteriormente eram importados.

O paciente é uma criança de dois anos que, segundo a prefeitura, está medicada e passa bem. Ela teve amostra positiva para sarampo em teste sorológico.

Ainda será realizado exame de contraprova e também conclusão da apuração para confirmar a localidade da transmissão.

A criança é moradora da zona oeste da cidade e, por isso, a Secretaria Municipal da Saúde iniciou um trabalho de bloqueio com a convocação de moradores dos bairros Argolo Ferrão e Chico Mendes para comparecer às unidades de saúde a fim de verificar a situação vacinal.

Quando a situação da criança ainda estava na fase suspeita, trabalhos de bloqueio já haviam sido feito na escola municipal que ela frequenta e também entre as pessoas que tiveram contato com ela.

A prefeitura também iniciou nesta quinta-feira visitas casa a casa, em partes do bairro Argolo Ferrão.

Já no território da UBS Chico Mendes está sendo realizado bloqueio em varredura, com verificação da situação vacinal de todos os moradores. Também haverá ampliação do expediente da unidade, que ficará aberta até as 19h.

Segundo dados da Vigilância Epidemiológica, Marília teve 15 notificações para sarampo, agora com três casos confirmados. Nova faixa etária




Nova faixa etária

A partir desta quinta-feira, as crianças de Marília que têm entre seis meses e um ano de idade também devem ser vacinadas contra o sarampo. A proteção está na vacina tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola).
Marília foi incluída nesta semana na lista de 50 cidades que passaram a ter a indicação da dose extra da vacina por já terem casos positivos confirmados. (Veja abaixo lista completa de cidades)

A iniciativa, definida pela Secretaria de Estado da Saúde, visa conter o surto de sarampo no território paulista. Boletim estadual divulgado na terça-feira (13) indica que São Paulo tem 1.319 casos confirmados e outros 6.556 em investigação. Não houve registro de óbito no estado.



Lista de cidades de SP com casos de sarampo

Atibaia - 1 casos
Barueri - 3 casos
Caçapava - 10 casos
Caieiras - 3 casos
Campinas - 6 casos
Capela do Alto - 1 caso
Carapicuíba - 1 caso
Diadema - 7 casos
Embu - 1 caso
Fernandópolis - 27 casos
Franca - 1 caso
Francisco Morato - 2 casos
Franco da Rocha - 2 casos
Guarulhos - 39 casos
Hortolândia - 1 caso
Indaiatuba - 3 casos
Itapetininga - 1 caso
Itaquaquecetuba - 2 casos
Itu - 1 caso
Jales - 1 caso
José Bonifácio - 1 caso
Jundiaí - 1 caso
Mairiporã - 13 casos
Marília - 3 casos
Mauá - 15 casos
Mogi das Cruzes - 3 casos
Osasco - 11 casos
Peruíbe - 2 casos
Piracaia - 1 caso
Pindamonhangaba - 3 casos
Poá - 1 caso
Praia Grande - 2 casos
Ribeirão Pires - 9 casos
Ribeirão Preto - 3 casos
Rio Grande da Serra - 2 casos
Santo André - 41 casos
Santos - 24 casos
São Bernardo do Campo - 32 casos
São Caetano do Sul - 14 casos
São José do Rio Preto - 5 casos
São José dos Campos - 5 casos
São Paulo (capital) - 997 casos
Sertãozinho - 2 casos
Sorocaba - 8 casos
Sumaré - 1 caso
Taboão da Serra - 2 casos
Taquaritinga - 1 caso
Taubaté - 3 casos
Valinhos - 1 caso
Votorantim - 2 casos

Nenhum comentário:

Postar um comentário