Translate

Pesquise

30 de nov. de 2019

Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano estão com mais de 8 mil vagas destinadas aos cursos do Novotec Expresso

Resultado de imagem para novotec expresso
Santo André, São Bernardo do Campo e São Caetano estão com mais de 8 mil vagas destinadas aos cursos do Novotec Expresso. As inscrições vão até dia 1º de dezembro.
O Novotec Expresso disponibiliza 22,6 mil vagas para 31 cursos de qualificação profissional em diversos eixos que respondem a demanda dos jovens e do setor produtivo. A carga horária é de 200 horas/aula, oferecida no período de contraturno em 170 escolas estaduais de todo o estado, nas Etecs e Fatecs do Centro Paula Souza.
As aulas serão ministradas em escolas da Secretaria da Educação, Escolas Técnicas (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs). A iniciativa é fruto da parceria entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico (SDE) e Centro Paula Souza (CPS). “Esse projeto também representa o protagonismo de São Paulo na implementação do novo modelo do Ensino Médio no país”, explica Laura Laganá, diretora-superintendente do Centro Paula Souza.
O foco do Novotec é ampliar as possibilidades de atuação do jovem após a conclusão do Ensino Básico. Além do Expresso, o programa Novotec, também lançado neste ano, conta com outras três modalides: Virtual, Presencial e Móvel.  “Queremos expandir possibilidades e mostrar que o Ensino técnico pode ser tão bom como a graduação. Nosso jovem quer estar no mercado de trabalho e a escola atua para facilitar essa missão”, explica o secretário executivo Haroldo Rocha.
O programa foi lançado em março e faz parte do movimento de conectar a escola com os jovens do século XXI. “Além de levar algum tipo de qualificação técnica profissionalizante, os estudantes do Ensino Médio poderão ter uma aproximação maior com o mercado de trabalho”, reiterou Patrícia Ellen, secretária de Estado de Desenvolvimento Econômico.
A atividades da modalidade Expresso têm como intuito formar o jovem dentro de uma área específica de atuação, com conteúdos teóricos e principalmente práticos sobre diversas profissões. “Além de levar algum tipo de qualificação técnica profissionalizante, os estudantes do Ensino Médio poderão ter uma aproximação maior com o mercado de trabalho”, explica Rossieli Soares, secretário da Educação em São Paulo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ajude a manter o site