Governo de São Paulo libera R$ 3,7 milhões para projetos sociais

Governo de São Paulo libera R$ 3,7 milhões para projetos sociais
O Governador João Doria, a Secretária de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, e o Presidente do Condeca (Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente), Fernando Cury, assinaram, nesta quinta-feira (19), no Palácio dos Bandeirantes, parcerias e convênios com organizações da sociedade civil para a liberação de R$ 3.718.104,97 em recursos provenientes do Condeca.
“Sempre lembramos que nós governamos, prioritariamente, para os mais pobres, humildes, os desvalidos. São os mais vulneráveis, desempregados, desalentados, as pessoas que não tem esperança. É a nossa obrigação oferecer uma condição de vida, de esperança e de sobrevivência para essas pessoas”, disse o Governador.
O investimento do Condeca beneficiará mais de 3.600 crianças e adolescentes de 19 organizações da sociedade civil por meio de projetos socioassistenciais dos municípios de Botucatu, Cachoeira Paulista, Dois Córregos, Iguaraçu do Tietê, Itaberá, Itu, Jaguariúna, Osasco, São Caetano do Sul, São Paulo, Serrana e Tupã.
Serão desenvolvidos projetos sociais focados em atividades educacionais para crianças e adolescentes, preparação para o mercado de trabalho, inclusão social, artes, atendimento odontológico a crianças e adolescentes com câncer, prevenção e promoção da saúde bucal, empoderamento feminino infanto-juvenil, família acolhedora e promoção de cidadania, esporte, arte, cultura e boas práticas em alimentação.
Em 2019, já foram repassados R$ 38.740.017,24 em verbas do Condeca, beneficiando mais de 36.254 crianças e adolescentes de 154 projetos sociais.
“Os projetos sociais apoiados pelo Governo de SP por meio do Condeca às organizações da sociedade civil e prefeituras promovem atividades e ações socioeducativas que vão transformar a realidade de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade em todo o Estado. Os programas projetam um futuro de mais oportunidades e inclusão aos nossos jovens, justamente nesta fase da vida em que mais precisam de atenção e acolhimento, fortalecendo seus sonhos e esperanças”, disse Célia Parnes.
Clique aqui para ver as instituições beneficiadas.

Comentários