Última publicação

Reforma administrativa deve ser efetiva apenas no longo prazo

Para André Félix Ricotta, professor de Direito Tributário, a não inclusão dos servidores atuais deve facilitar a aprovação, mas proposta não será capaz de solucionar atuais distorções

As linhas gerais da proposta da reforma administrativa, que tem como objetivo reduzir gastos com o serviço público, já começaram a ser apresentadas pelo governo federal. As regras da medida afetam os futuros servidores da União, estados e municípios, mas não deve trazer economia aos cofres do governo no curto prazo, pelo fato de possuir efeito nulo sobre os atuais servidores públicos, além de preservar categorias como juízes, procuradores, promotores, deputados e senadores.

Especialista em Direito Tributário, o advogado e professor do Mackenzie, André Félix Ricotta,acredita que essa reforma não será capaz de solucionar as atuais distorções nos gastos com os servidores. "Os problemas atuais ela não vai resolver, pois será aplicada apenas para os novos servidores, para quem ingressar no serviço público …

Nota à Imprensa: Defesa da publicitária Mika Borges busca punição após grave agressão


Leonardo Pantaleão assume a defesa de mulher que teve rosto desfigurado em restaurante de luxo em São Paulo.
O advogado criminalista Leonardo Pantaleão, da Pantaleão Sociedade de Advogados, assumiu a defesa da publicitária Mika Borges, que sofreu grave agressão em restaurante de luxo na cidade de São Paulo. A situação ocorreu no último sábado (11/1) no Lulia Jockey, localizado no Jockey Club.

Mika acusa Fernanda Bonito pelas agressões sofridas, que a deixaram com o rosto desfigurado. Ela informa que jamais havia visto Fernanda antes e que a mulher estava descontrolada, cortando a fila do banheiro. Fernanda seria namorada de Rodrigo Lima, irmão do dono do restaurante.

A agredida informa que não recebeu qualquer tipo de assistência dos responsáveis pelo estabelecimento.

Segundo Leonardo Pantaleão “trata-se de ocorrência gravíssima e que, indubitavelmente, ensejará a adoção de todas as medidas legais pertinentes.”

Mais informações à imprensa

M2 Comunicação:

Aline Moura (11) 97041-7447
Márcio Santos (11) 94739-3916

Comentários