CMC - MÍDIA

O que é o Chatbots?

Resultado de imagem para Chatbots

Chatbots tornam-se opção valiosa para empresas se comunicarem na internet
De acordo com um estudo da consultoria Grand View, 45% dos usuários de serviços ao redor do mundo já preferem ser atendidos por Chatbots
boom de canais digitais que a tecnologia tem oferecido nos últimos anos tem proporcionado, sem dúvidas, benefícios significativos no que tange ao relacionamento entre marcas e consumidores. Com a popularização de ferramentas como WhatsApp e o Facebook Messenger por exemplo, uma das alternativas das empresas em se comunicar diretamente com seus respectivos públicos alvos, são os Chatbots, assistentes virtuais projetados para orquestrar todos os canais de texto, permitindo um atendimento unificado, transferência entre canais de atendimento, histórico de informações entre outras automatizações.
De acordo com Deivis Santos, CBO (Chief Business Officer) da Nexcore Tecnologia, cada vez mais os consumidores buscam agilidade na solução dos problemas. A utilização dos Chatbots, permite que as empresas estejam aptas a atender o consumidor 24 horas por dia, 7 dias por semana em praticamente todos os canais de comunicação e isso justifica o número citado no estudo da Grand View.
Mesmo com base nas qualidades de um chatbot é fundamental saber que, criar e manter um chatbot não são tarefas tão simples quanto parecem. Existe a necessidade de se reunir habilidades técnicas, de redação e de inteligência de mercado, como de desenvolvedores, profissionais de UX/CX, redatores e curadores.
Ainda segundo Deivis, a criação de um chatbot não tem uma fórmula, ou receita, mas é fundamental ter em mente algumas informações que ajudam para uma comunicação mais assertiva, como a definição real do público alvo da empresa, além da definição de uma estratégia específica para o uso desta tecnologia. "Além disso, deve-se pensar em possíveis diálogos que podem ser feitos com o bot, analisando ainda qual o melhor canal para seu negócio - Facebook Messenger, WhatsApp, Blog, E-mail ou outro aplicativo -, para assim proporcionar um atendimento cada vez mais personalizado aos clientes", acrescenta.
Deivis destaca que, "os chatbots utilizam uma base de conhecimento próprio (Banco de Dados) e podem atuar de maneira integrada com outros sistemas nativos, além disso, os bots mais robustos têm a capacidade de evoluir de forma autônoma, gerando relatórios em tempo real com respostas necessárias para mudanças de estratégias, por exemplo, sem a intervenção humana, apenas utilizando os dados que recebe dos consumidores", finaliza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA