Última publicação

Reforma administrativa deve ser efetiva apenas no longo prazo

Para André Félix Ricotta, professor de Direito Tributário, a não inclusão dos servidores atuais deve facilitar a aprovação, mas proposta não será capaz de solucionar atuais distorções

As linhas gerais da proposta da reforma administrativa, que tem como objetivo reduzir gastos com o serviço público, já começaram a ser apresentadas pelo governo federal. As regras da medida afetam os futuros servidores da União, estados e municípios, mas não deve trazer economia aos cofres do governo no curto prazo, pelo fato de possuir efeito nulo sobre os atuais servidores públicos, além de preservar categorias como juízes, procuradores, promotores, deputados e senadores.

Especialista em Direito Tributário, o advogado e professor do Mackenzie, André Félix Ricotta,acredita que essa reforma não será capaz de solucionar as atuais distorções nos gastos com os servidores. "Os problemas atuais ela não vai resolver, pois será aplicada apenas para os novos servidores, para quem ingressar no serviço público …

Prefeitura abre as inscrições no Caoim

foto
Serviço é voltando para faixa etária entre 06 e 17 anos e conta com nutricionista, educador físico, fisioterapeuta, psicóloga e enfermeira para atenção multidisciplinar
A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, está com inscrições abertas para o tratamento oferecido no Caoim (Centro de Atendimento à Obesidade Infantil de Marília) para crianças e adolescentes que apresentem diagnóstico de sobrepeso ou obesidade, na faixa etária dos 6 aos 17 anos.
O centro especializado recebe encaminhamento de unidades de saúde; de escolas municipais, estaduais e particulares, bem como de outros parceiros. Caso a criança ou adolescente necessite, mas não tenha sido encaminhado, é possível entrar em contato diretamente com o Caoim para agendar uma consulta de avaliação. Apresentando os critérios citados, a família será matriculada.
Para consulta e matrícula é preciso comparecer no Caoim com o cartão SUS da criança ou adolescente e também do responsável, que acompanhará em todo o tratamento, ao longo de um semestre.
Com uma equipe que inclui enfermeira, educadores físicos, fisioterapeutas, nutricionistas e psicólogo, o foco é a qualidade de vida, a prevenção de doenças e as mudanças na alimentação, além de melhora do vínculo familiar, diminuição de tempo em eletrônicos e práticas de brincadeiras e exercícios físicos.
Em nota técnica, a equipe defende: “É um período de desenvolvimento da consciência sobre o nosso corpo, interação social, bem-estar, aprendizado sobre os alimentos e a sua relação com nossa saúde, entre outras oportunidades. É um treinamento para a qualidade de vida e escolhas conscientes e saudáveis”, destaca o time de profissionais.
O tratamento é oferecido uma vez por semana, em contraturno do horário de escola, ou seja, com disponibilidade nos períodos da manhã e da tarde.
O serviço funciona na rua 9 de Julho, 395, próximo ao antigo endereço da UBS Cascata. O telefone para contato é o 3454-6618.


Fotos: Divulgação

Comentários