Merenda e compras de pequenos produtores.

Foto Noticia Principal Grande
Lei manda municípios investirem o mínimo de 30% dos recursos carimbados da merenda com compras de agricultores familiares
Foto Noticia Principal GrandePelo terceiro ano consecutivo, a gestão do prefeito Daniel Alonso bateu a meta do PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), cumprindo a lei que manda os municípios investirem o mínimo de 30% dos recursos “carimbados” da merenda escolar com compras de agricultores familiares.
Além de alcançar a meta, a Prefeitura de Marília obteve em 2019 o índice mais elevado dos últimos anos, com 34,26% de todas as compras originadas nas pequenas propriedades.
Anualmente os relatórios são submetidos aos conselheiros do CAE (Conselho de Alimentação Escolar), formado por representantes de professores e pais de alunos.
Nos três anos da administração Daniel Alonso, a lei federal 11.947/09 foi cumprida, inclusive em 2017, primeiro ano da gestão, quando 30,30% de todas as compras vieram das pequenas propriedades.
Entre 2013 e 2016 – período da administração passada, a Prefeitura de Marília só bateu a meta no segundo ano (2014), quando a agricultura familiar respondeu por 30,02% de tudo que foi gasto com merenda escolar.
Já em 2013, primeiro ano do governo anterior, o município não conseguiu comprovar nenhuma compra da agricultura familiar. Como a legislação já estava em vigor, o município chegou a ser notificado pelo TCE-SP (Tribunal de Contas do Estado de São Paulo).
O prefeito Daniel Alonso lembrou que os agricultores familiares estão recebendo todo apoio da gestão. “Temos parcerias com esses pequenos produtores, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Recentemente criamos a Feira do Produtor Rural às terças-feiras na Praça da Bíblia, ao lado do Espaço Cultural, e o secretário Ricardo Cavichioli tem oferecido todo apoio e respaldo a esses produtores. Agradeço aos agricultores familiares pelo apoio à merenda escolar das nossas escolas.”


Colaboração de texto: Site Marília Notícia

Foto: Mauro Abreu/Assessoria de Imprensa PMM

Comentários