CMC - MÍDIA

Público seletivo na internet

Resultado de imagem para idiotização


Formação de um público seletivo na internet

Começamos a acessar a internet de modo aleatório e displicente, não compreendíamos a força que essa mídia poderia ter na formação cultural de nossos filhos. Entregamos o mundo virtual nas mãos das crianças e dos adolescentes sem saber que cairiam  nas mãos de qualquer idiota que rebola, fala palavrão e faz piadas sujas com a própria mãe, tudo em troca de acessos e admiração de um público que não foi seletivo e não tinha critérios para acesso de conteúdos produzidos na internet.

Nesse período de negligencias e displicências deixamos nossos filhos com o que há de pior em termos de educação, formação e cultura. Alguns desses formadores de indivíduos que não respeita nada, que pensam que todos os valores de família, todos os valores religiosos e culturas estão abaixo de cliques em anúncios e curtidas em seus canais.

Nesse período de negligencia formamos milionários idiotas que levam uma geração inteira, que foram seus seguidores, a acreditar que basta ser idiota, falar palavrão e rebolar para se tornarem milionários. Esses primeiros idiotizadores que se acham talentosos e inteligentes, que na verdade não sabem que são idiotas de muita sorte, e que tiveram a sorte gigantesca de terem nesse período um Partido Político que incentiva toda forma de imbecilização e sexualização viciante, como um meio de controle de um massa idiotizada e sexualizada de propósito. 

Estamos vendo uma demanda muito alta de indivíduos querendo fazer papel de idiota para ver se ficam milionários, esse é o preço da negligência e da displicência dos pais com a formação de seus filhos, nessa década que o idiota foi exacerbadamente valorizado. 

Depois de anos, descobrimos a força da internet  que se mostrou capaz de eleger Presidentes, agora podemos ser mais seletivos para não permitir que idiotizadores continuem formando nossos filhos, com suas babaquices, falta de respeito, sexualização de tudo e desrespeitos que atendem a pauta de ideologias partidários. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA