Última publicação

Reforma administrativa deve ser efetiva apenas no longo prazo

Para André Félix Ricotta, professor de Direito Tributário, a não inclusão dos servidores atuais deve facilitar a aprovação, mas proposta não será capaz de solucionar atuais distorções

As linhas gerais da proposta da reforma administrativa, que tem como objetivo reduzir gastos com o serviço público, já começaram a ser apresentadas pelo governo federal. As regras da medida afetam os futuros servidores da União, estados e municípios, mas não deve trazer economia aos cofres do governo no curto prazo, pelo fato de possuir efeito nulo sobre os atuais servidores públicos, além de preservar categorias como juízes, procuradores, promotores, deputados e senadores.

Especialista em Direito Tributário, o advogado e professor do Mackenzie, André Félix Ricotta,acredita que essa reforma não será capaz de solucionar as atuais distorções nos gastos com os servidores. "Os problemas atuais ela não vai resolver, pois será aplicada apenas para os novos servidores, para quem ingressar no serviço público …

Atvos cede 160 mil litros de álcool 70% para combate à COVID-19

Atvos cede 160 mil litros de álcool 70% para combate à COVID-19
Estado do Mato Grosso do Sul será o primeiro a receber 30 mil litros produzidos pela Unidade Santa Luzia, localizada em Nova Alvorada do Sul.
Atvos cederá gratuitamente 160 mil litros de álcool 70% para instituições dos estados de São Paulo, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul como forma de contribuir para conter a disseminação da COVID-19 (Coronavírus). O produto será destinado a Secretarias Estaduais de Saúde, Prefeituras e Secretarias Municipais de Saúde, associações de classe, sindicatos ou organizações não governamentais. Cada estado receberá 40 mil litros de álcool 70% produzido pelas oito unidades agroindustriais da Atvos especificamente para esta finalidade.
A produção de álcool 70% para uso de higiene e limpeza foi autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na última quinta-feira (19 de março). O álcool será transportado das usinas para transformação em gel ou envase da solução líquida (sob responsabilidade do órgão público) e, então, poderá ser destinado para o usuário final. As empresas distribuidoras e transportadores de produtos perigosos disponibilizaram sua estrutura para garantir as entregas.
Dos 40 mil litros disponibilizados a cada estado, 10 mil litros serão reservados para as regiões onde as unidades agroindustriais da Atvos estão localizadas.
Sobre a Atvos
Atvos atua de forma integrada na produção e comercialização de etanol, açúcar VHP e energia elétrica desde 2007 no Brasil. A empresa tem capacidade para produzir 3 bilhões de litros de etanol, 700 mil toneladas de açúcar VHP e 3,1 mil GWh de energia elétrica a partir da biomassa da cana-de-açúcar. Com mais de 10 mil integrantes, a Atvos tem nove unidades distribuídas em cinco polos industriais localizados nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Goiás.
Informações para imprensa:
Beatriz Francischinelli
(11) 3169-9356
Patricia Lucena
(11) 3169-9325

Comentários