Última publicação

Reforma administrativa deve ser efetiva apenas no longo prazo

Para André Félix Ricotta, professor de Direito Tributário, a não inclusão dos servidores atuais deve facilitar a aprovação, mas proposta não será capaz de solucionar atuais distorções

As linhas gerais da proposta da reforma administrativa, que tem como objetivo reduzir gastos com o serviço público, já começaram a ser apresentadas pelo governo federal. As regras da medida afetam os futuros servidores da União, estados e municípios, mas não deve trazer economia aos cofres do governo no curto prazo, pelo fato de possuir efeito nulo sobre os atuais servidores públicos, além de preservar categorias como juízes, procuradores, promotores, deputados e senadores.

Especialista em Direito Tributário, o advogado e professor do Mackenzie, André Félix Ricotta,acredita que essa reforma não será capaz de solucionar as atuais distorções nos gastos com os servidores. "Os problemas atuais ela não vai resolver, pois será aplicada apenas para os novos servidores, para quem ingressar no serviço público …

Coronavírus: Doctoralia disponibiliza pré-consulta virtual para sistema público de saúde de forma gratuita


Ferramenta pode reduzir circulação em hospitais e ambulatórios e, com isso, ajudar a evitar a proliferação do vírus
Com o objetivo de contribuir com o controle da pandemia do Covid-19 e manter o compromisso de tornar a experiência em saúde mais humana, a Doctoralia , maior plataforma de agendamento de consultas do mundo, disponibiliza a sua solução para a triagem de pacientes por meio de videoconferência para as instituições do sistema público de saúde interessadas, de maneira gratuita.
Com a ferramenta, os pré-atendimentos, antes realizados em locais de alta circulação de pessoas, serão feitos remotamente. A pré-consulta virtual, além de promover a segurança do enfermo e da comunidade, ainda garante a proteção dos dados dos pacientes, pois segue o padrão americano de criptografia avançada AES e está de acordo com a General Data Protection Regulation- GDPR, a Lei Geral de Proteção de Dados europeia.
"É importante destacar que o projeto não visa substituir a consulta médica presencial, mas realizar uma orientação prévia, focada na situação de excepcionalidade da pandemia atual do coronavírus, para contribuir com a triagem dos casos, evitar a superlotação em consultórios e hospitais e prevenir a disseminação da doença no Brasil", esclarece o CEO da DoctoraliaCadu Lopes.
Os gestores que se interessarem em participar do projeto devem entrar em contato por meio do e-mail coronavirus@docplanner.com ou WhatsApp: (41) 9 9898-7190. Para ter mais detalhes, acesse a página premium.doctoralia.com.br/coronavirus "Estamos preparados para ajudar a evitar a proliferação do coronavírus no Brasil. Isso é o mais importante agora", completa Lopes.
Contato para jornalistas
LLYC
Jéssyca Gomes • Ariane Salles
Tel.: (11) 3060-3343

Comentários