Última publicação

Reforma administrativa deve ser efetiva apenas no longo prazo

Para André Félix Ricotta, professor de Direito Tributário, a não inclusão dos servidores atuais deve facilitar a aprovação, mas proposta não será capaz de solucionar atuais distorções

As linhas gerais da proposta da reforma administrativa, que tem como objetivo reduzir gastos com o serviço público, já começaram a ser apresentadas pelo governo federal. As regras da medida afetam os futuros servidores da União, estados e municípios, mas não deve trazer economia aos cofres do governo no curto prazo, pelo fato de possuir efeito nulo sobre os atuais servidores públicos, além de preservar categorias como juízes, procuradores, promotores, deputados e senadores.

Especialista em Direito Tributário, o advogado e professor do Mackenzie, André Félix Ricotta,acredita que essa reforma não será capaz de solucionar as atuais distorções nos gastos com os servidores. "Os problemas atuais ela não vai resolver, pois será aplicada apenas para os novos servidores, para quem ingressar no serviço público …

Dupla vencedora do Concurso ‘Juta - Fibra Sustentável na Moda’ cruza o país para conhecer o processamento da fibra que está conquistando a moda




Amanda Brêtas e Flávia Tampeli, alunas do SENAI CETIQT RJ, dupla vencedora do Concurso JUTA - Fibra Sustentável na Moda, estão visitando a Castanhal Companhia Têxtil, maior fabricante de fios e telas de fibra de juta das Américas. As estudantes estão sendo acompanhadas pela coordenadora de marketing da Castanhal, Célia Pinho, que viajou com elas até a cidade de Castanhal, no Pará, na segunda-feira (02 de março).


Alunas do SENAI CETIQT RJ
visitam fábrica da Castanhal no Pará
Dupla vencedora do Concurso Juta - Fibra Sustentável na Moda cruza o país para conhecer o processamento da fibra que está conquistando a moda

Amanda Brêtas e Flávia Tampeli, alunas do SENAI CETIQT RJ, dupla vencedora do Concurso JUTA - Fibra Sustentável na Moda, estão visitando a Castanhal Companhia Têxtilmaior fabricante de fios e telas de fibra de juta das Américas. As estudantes estão sendo acompanhadas pela coordenadora de marketing da Castanhal, Célia Pinho, que viajou com elas até a cidade de Castanhal, no Pará, na segunda-feira (02 de março).
Flávia Tampeli; Célia Pinho; Robson Torres, gerente Industrial da Castanhal; e Amanda Brêtas//foto: divulgação


Nesta terça-feira (dia 03), o grupo iniciou o tour pela fábrica para conferirem de perto o processo de produção dos fios, telas e sacarias de juta da Castanhal a partir do momento em que a fibra, cultivada por milhares de famílias ribeirinhas da região Amazônica, chega à fábrica.
"É uma grande alegria receber duas alunas que representam novos talentos da moda brasileira para conhecerem o processamento completo da juta pós-colheita, desde a limpeza inicial até a sua transformação em fios e telas", declara Célia Pinho. E completa: "Os atributos de sustentabilidade tornaa juta cada vez mais importante no universo da moda".
Looks vencedores do Concurso Juta- Fibra Sustentável na Moda//foto: divulgação
Looks em Juta Castanhal, elaborados pelos alunos do SENAI CETIQT RJ para o Concurso Juta- Fibra Sustentável na Moda//foto: divulgação


Durante a estada do grupo em Castanhal, está sendo realizada uma exposição com o looks finalistas do Concurso JUTA - Fibra Sustentável na Moda, promovendo também a integração dos colaboradores da empresa com este novo universo que se abre cada vez mais para a aplicação da fibra. A programação do grupo vai até o dia 06 de março (sexta-feira) e inclui uma reunião com a equipe do SENAI CETIQT do Pará e um encontro em Belém com a estilista Ludmila Heringer, que irá receber Amanda e Flávia em seu showroom.
Fio de Juta da Castanhal//foto: divulgação
Fios de Juta da Castanhal//foto:divulgação
Fios de Juta da Castanhal//foto:divulgação


Sobre o Concurso Juta- Fibra Sustentável Na Moda
Castanhal e o SENAI CETIQT, desenvolveram em parceria, em 2019, um laboratório de experimentação para utilização dos tecidos feitos com a fibra de juta para o vestuário do dia a dia, apresentando soluções sustentáveis, ecológicas e 100% biodegradáveis para o universo da moda.
O concurso Juta - Fibra Sustentável na Moda lançou o desafio aos alunos para criar ideias inovadoras com o uso da juta e transformar em peças versáteis, práticas, funcionais e atraentes, oferecendo sustentabilidade na moda, de forma verdadeiramente AMAZÔNICA.
As duplas foram compostas por alunos dos cursos de Estilismo, Design de Moda, Produção de Vestuário, Gestão de Planejamento e/ou Técnico em VestuárioDurante o período de desenvolvimento dos produtos, os alunos selecionadoreceberam um coaching para aprimoramento técnico de suas habilidades, com o apoio dos consultores do LAB do Instituto SENAI CETIQT.
Além da dupla vencedora, formada por Amanda Brêtas e Flavia Tampeli, que ganharam a viagem para visitar a fábrica da Castanhal no Pará e conhecer um pouco mais sobre o processamento da juta, os demais finalistas foram: Maria Clara Brodbeck e Thalita Costa (2º lugar); Pedro Louzada e Joana Litiman (3º lugar); Gustavo Souza e Karine Mello; Daniel Gomes e Larissa Alves; João Carvalho e Thaynara Bragança; e Arad e Gabriel Dau.
Juta, 100% sustentável
Sediada na cidade de Castanhal (PA) e com mais de 50 anos de atividades, a Castanhal Companhia Têxtil apoia milhares de famílias ribeirinhas que vivem nas margens dos rios Solimões e Amazonas. Com seu plantio totalmente integrado ao Bioma Amazônico - a juta é cultivada na várzea dos rios e sua fibra é 100% sustentável, do plantio ao processamento, contribuindo para a manutenção da floresta, além de gerar renda para o agricultor e promover sua manutenção na terra de origem. Maior produtora de fios e telas de fibra de Juta do país, a Castanhal oferece ao mercado uma matéria-prima sustentável, com qualidade internacional, versátil no uso e totalmente integrada ao bioma da região, sem provocar queimadas ou desmatamentos e sem a utilização de agrotóxicos, herbicidas ou fungicidas, com adubação natural feita pelo húmus deixado pelas cheias dos rios. Tudo isso confere a Castanhal algumas das principais certificações mundiaisFairtrade (comércio sustentável, justo e solidário), BCS Öko Garantie (plantio dentro dos preceitos orgânicos) selo Livre de Pesticidas.
Informações Imprensa Castanhal:
Persona Consultoria de Comunicação
Jornalista Responsável: Ana Cristina de Souza - Mtb: 18.367
Contatos: Ana Cristina de Souza e Beatriz Fontes
e-mail:anacristina@persona.inf.brbeatriz@persona.inf.br
fones: 11 5531-1006 e 5531-8958 whatsapp: 11 9 9394-7065

Comentários