Última publicação

Reforma administrativa deve ser efetiva apenas no longo prazo

Para André Félix Ricotta, professor de Direito Tributário, a não inclusão dos servidores atuais deve facilitar a aprovação, mas proposta não será capaz de solucionar atuais distorções

As linhas gerais da proposta da reforma administrativa, que tem como objetivo reduzir gastos com o serviço público, já começaram a ser apresentadas pelo governo federal. As regras da medida afetam os futuros servidores da União, estados e municípios, mas não deve trazer economia aos cofres do governo no curto prazo, pelo fato de possuir efeito nulo sobre os atuais servidores públicos, além de preservar categorias como juízes, procuradores, promotores, deputados e senadores.

Especialista em Direito Tributário, o advogado e professor do Mackenzie, André Félix Ricotta,acredita que essa reforma não será capaz de solucionar as atuais distorções nos gastos com os servidores. "Os problemas atuais ela não vai resolver, pois será aplicada apenas para os novos servidores, para quem ingressar no serviço público …

(Cremesp) vai homenagear, a partir de hoje, os médicos que estão enfrentando a pandemia de Covid-19.

Conselho projeta imagens de médicos em lateral da antiga sede, em São Paulo

O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) vai homenagear, a partir de hoje, os médicos que estão enfrentando a pandemia de Covid-19. Até o dia 6 de maio, serão projetadas imagens de médicos que atuam em todo o estado, na lateral da antiga sede do Cremesp. Para o Conselho, estes profissionais da saúde, desde o início da pandemia, têm sido verdadeiros heróis, trabalhando, muitas vezes, sem as condições de segurança necessárias. As projeções, em respeito à lei cidade limpa, poderão ser vistas das 18h30 às 19h30, na rua da Consolação 753.

Informações para a imprensa
Cremesp
Assessoria de imprensa
11 99236-9030 (whatsapp)
imprensa@cremesp.org.br