Última publicação

Reforma administrativa deve ser efetiva apenas no longo prazo

Para André Félix Ricotta, professor de Direito Tributário, a não inclusão dos servidores atuais deve facilitar a aprovação, mas proposta não será capaz de solucionar atuais distorções

As linhas gerais da proposta da reforma administrativa, que tem como objetivo reduzir gastos com o serviço público, já começaram a ser apresentadas pelo governo federal. As regras da medida afetam os futuros servidores da União, estados e municípios, mas não deve trazer economia aos cofres do governo no curto prazo, pelo fato de possuir efeito nulo sobre os atuais servidores públicos, além de preservar categorias como juízes, procuradores, promotores, deputados e senadores.

Especialista em Direito Tributário, o advogado e professor do Mackenzie, André Félix Ricotta,acredita que essa reforma não será capaz de solucionar as atuais distorções nos gastos com os servidores. "Os problemas atuais ela não vai resolver, pois será aplicada apenas para os novos servidores, para quem ingressar no serviço público …

Dona Comunicação e Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas (Aprag).

A Dona Comunicação passa a responder pela assessoria de comunicação e relacionamento com a mídia da Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas (Aprag).

APRAG - Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas

Aprag representa mais de 240 empresas controladoras de pragas sinantrópicas. A associação tem como objetivos divulgar técnicas e métodos de controle e prestar serviço aos consumidores sobre as melhores práticas de higienização e sanitização. Além disso, apoia órgãos públicos, como secretarias municipais e estaduais, na elaboração de resoluções, portarias, decretos e leis. Também é papel da Aprag incentivar pesquisas que promovam o desenvolvimento de técnicas mais eficazes, visando a qualidade de vida da população e a preservação ambiental.

No momento em que todos os olhares estão voltados para os impactos e desdobramentos em relação à pandemia do novo coronavírus, a Aprag pode colaborar com riqueza de informações, tendo como dever prestar um serviço de utilidade pública, essencial para esclarecer as dúvidas da sociedade sobre os cuidados com a higienização.

Listamos, abaixo, os principais temas que podem ser abordados pelo vice-presidente executivo da instituição, o biólogo Sérgio dos Santos Bocalini.

- Mitos e verdades sobre a sanitização.
- Como manusear e utilizar de produtos para evitar a contaminação pelo novo coronavírus
- Eficácia e medidas adequadas para higienização e desinfecção de espaços públicos e privados
- Dedetização
- Controle de pragas sinantrópicas, como roedores, fungos, insetos, entre outros.

Sérgio dos Santos Bocalini - graduado em Ciências Biológicas e com larga atividade acadêmica, Sérgio Bocalini é vice-presidente executivo da Associação dos Controladores de Vetores e Pragas Urbanas (Aprag). Bocalini ainda atua como gestor de Relações Institucionais da Federação das Associações de Controladores de Vetores e Pragas Sinantrópicas (Feprag) e conselheiro no Conselho Regional de Biologia da 1ª Região. O especialista também acumula experiência como perito ambiental e consultor de manejo dos diversos aspectos que envolvem o combate de vetores e fauna sinantrópica.

Comentários