CMC - MÍDIA

EDP dobra investimentos em projetos para o combate à pandemia em comunidades vulneráveis

EDP dobra investimentos em projetos para o combate à pandemia em comunidades vulneráveis

Devido ao grande número de inscrições, valor chegará a R$ 2,1 milhões. Primeiras iniciativas selecionadas atenderão cerca de 20 mil pessoas de todo o País por três meses

A EDP Brasil, empresa que atua em todos os segmentos do setor elétrico brasileiro, decidiu dobrar o montante disponível no edital EDP Solidária - Covid-19 para apoiar projetos de enfrentamento da pandemia em comunidades vulneráveis, como comunidades de baixo poder aquisitivo e indígenas. Em função do grande número de projetos inscritos, a Companhia anunciou que doará R$ 2,1 milhões - em vez de R$ 1 milhão, como inicialmente previsto. Em pouco mais de dez dias, o edital recebeu mais de 600 projetos de todos os Estados brasileiros.

Nesta primeira rodada, foram selecionados 24 projetos, voltados à doação de alimentos, produtos de higiene e limpeza e outras necessidades básicas, que serão adquiridos por meio de um cartão alimentação que será destinado aos beneficiários finais e aquisição de cestas básicas para as comunidades indígenas As doações, repassadas por meio do Instituto EDP, vão beneficiar diretamente cerca de 20 mil pessoas em comunidades vulneráveis de todas as regiões do Brasil durante de três meses, totalizando R$ 1,5 milhão para a oferta destes recursos essenciais. O processo seletivo contou com a participação de um comitê externo, formado por Carlo Pereira, diretor-executivo do Pacto Global no Brasil, e Regina Esteves, diretora-presidente da organização social Comunitas e foi auditado pela Ernest & Young. Nos próximos dias, serão anunciados os projetos vencedores nas demais categorias do edital.

"Demos prioridade ao anúncio dos projetos selecionados que precisam ser atendidos com maior urgência - aqueles que envolvem doações de alimentos e produtos de higiene e limpeza. Em seguida, anunciaremos os vencedores em outras áreas", afirma Luís Carlos Gouveia, diretor do Instituto EDP. "A quantidade de inscrições nos surpreendeu e fez com que dobrássemos a meta inicial de doações. Acreditamos que conseguimos um recorte de iniciativas sérias e interessantes, que terão papel fundamental no enfrentamento da pandemia entre as pessoas que mais precisam", acrescenta o diretor do IEDP.

Conheça os primeiros projetos selecionados:

· Acacci na linha de frente contra a Covid-19 - Espírito Santo
· Ágape - Espírito Santo
· Alimento para o Povo Kayabi - Mato Grosso (*)
· Alimentação e Proteção: Todos contra a Covid-19 - Espírito Santo
· Alimentação para prevenção do nosso povo Mundukuru - Pará (*)
· Bananas contra o Corona: roça e periferia no enfrentamento da pandemia - São Paulo
· Bem Maior - Espírito Santo
· Batucanto FT: de mãos dadas contra a Covid-19 - São Paulo
· Caminhos de Solidariedade - Tocantins
· Central de Energia contra a Pandemia - Espírito Santo (**)
· Centro Social São José de Calasanz - Espírito Santo
· Combate e Mitigação à Covid-19 nas aldeias Mbya Guarani de Porto - Rio Grande do Sul (***)
· Educação em Saúde para o combate a Covid-19 - Tocantins
· Juntos Somos Mais Fortes - Espírito Santo
· Longe dos Olhos, mas perto dos Corações - Espírito Santo
· Mãos com Vidas - Ceará
· Mãos Limpas, Mãos de Ajudam - Espírito Santo (*)
· Movimento do Bem - Amapá
· Mulheres em ação contra o coronavírus - Rio Grande do Sul
· Olhar Solidário - Espírito Santo
· Pão em todas as mesas - Maranhão
· Segurança alimentar para o povo Apiaká - Mato Grosso (*)
· Solidadariedade Covid-19, juntos e fortes - São Paulo
· Todos Juntos contra Covid-19: Rede Alsa - Espírito Santo

Sobre o IEDP

Desde que foi fundado em 2009, o Instituto EDP investiu mais de R$ 100 milhões em projetos socioculturais, que beneficiaram cerca de 3 milhões de pessoas em cerca de 400 programas espalhados por todo o País. Somente em 2019, iniciativas apoiadas pela organização favoreceram 82 mil moradores das comunidades do entorno das áreas de atuação da Companhia. O Instituto EDP tem como responsabilidade estruturar os investimentos e as iniciativas sociais da EDP em frentes ligadas à valorização da Língua Portuguesa, à educação, ao desenvolvimento local com geração de renda, ao empreendedorismo e ao voluntariado, por meio do esporte, cultura e saúde.

Sobre a EDP no Brasil

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui seis unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,5 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo, além de ser a principal acionista da Celesc, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 14 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

(*) Deverá apresentar uma carta de anuência da Fundação Nacional do Índio (Funai) e documentação faltante requerida pela EDP para receber a verba.

(**) Deverá apresentar documentação faltante requerida pela EDP para receber a verba.

(***) Deverá apresentar uma carta de anuência da Fundação Nacional do Índio (Funai) e documentação faltante requerida pela EDP para receber a verba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA