CMC - MÍDIA

Instituto Votorantim seleciona cidades na rota da pandemia para receber apoio técnico no enfrentamento da covid-19



Instituto Votorantim seleciona cidades na rota da pandemia para receber apoio técnico no enfrentamento da covid-19
São Paulo, 7 de abril de 2020 - O Instituto Votorantim lança hoje o edital Municípios Contra o Coronavírus que selecionará até 20 municípios para receber assessoria técnica e especializada para as prefeituras, equipes da secretaria de saúde e de gestão para apoiar no enfrentamento e gerenciamento da pandemia de covid-19.
Podem participar as cidades de até 350 mil habitantes das microrregiões listadas como com maior risco e vulnerabilidade a pandemia, conforme estudo realizado Fundação Oswaldo Cruz - FIOCRUZO recorte de municípios leva em conta o estudo realizado que lista as 41 microrregiões que podem ser atingidas em duas ondas de propagação do coronavírus, considerando aspectos como a localização próxima a aeroportos, a disponibilidade e distribuição de leitos hospitalares e a vulnerabilidade social e econômica.
As inscrições serão recebidas até o dia 10 de abril e serão selecionadas as cidades considerando aspectos relacionados a disponibilidade de equipe técnica e gestora para participação na assessoria, estágio das medidas preventivas e de comunicação com equipes de saúde e população e articulação local, regional e federal no combate a pandemia.
Também serão usados como critérios de priorização para as inscrições recebidas dados relacionados a vulnerabilidade a pandemia indicada no estudo da FIOCRUZ assim como informações relacionadas à porcentagem de população com mais de 60 anos, cobertura da atenção básicaCobertura da vigilância sanitáriadependência do sistema público, Leitos de UTI e Leitos normais; quantidade de profissionais saúde, entre outros dados secundários.
Os municípios selecionados receberão apoio técnico remoto pelo período de até 4 meses, podendo ser prorrogado conforme necessidadecom especialistas na área técnica e de saúde que apoiarão na criação de um comitê gestor do município, a aplicação do checklist de preparação da cidade para a covid-19 e a construção conjunta do plano de ação com soluções para o enfrentamento da pandemia considerando eixos como Comunicação e distanciamento, Monitoramento dos casopreparação dos sistema de saúde e impactos fiscais.
A iniciativa faz parte do Programa de Apoio à Gestão Pública (AGP), do Instituto Votorantim, que ganhou a edição especial "Municípios contra o Coronavírus", para atendimento às demandas relativas ao planejamento do enfrentamento ao covid-19. O AGP foi criado em 2012, com objetivo de ampliar capacidades da gestão municipal e já atendeu mais de 30 municípios.
As inscrições são gratuitas e edital pode ser acessado no site http://www.institutovotorantim.org.br/municipioscontraocorona.
Os municípios têm de hoje até o dia 10 de abril para se inscrever e os resultados serão divulgados a partir do dia 14 de abril. Questionamentos podem ser enviados pelo próprio site via formulário.
No dia 30/3, as empresas investidas da Votorantim junto com o Instituto Votorantim anunciaram um conjunto de medidas para contribuir na luta contra o avanço da propagação do coronavírus e a doação adicional de R﹩ 50 milhões às autoridades públicas, instituições de saúde e entidades privadas da sociedade civil, na compra de itens como kits para teste, respiradores e demais equipamentos essenciais.
Sobre o Instituto Votorantim
Criado em 2002, o Instituto Votorantim é o núcleo de inteligência social das empresas investidas da Votorantim S.A. e trabalha com geração de valor compartilhado. Isso significa promover benefícios sociais cada vez mais significativos e duradouros nas localidades de atuação da Votorantim, gerando um ambiente propício para a operação sustentável dos negócios.
A atuação do Instituto prioriza conhecer os atuais desafios dessas regiões para entender quais são as soluções de longo prazo para a sociedade e identificar oportunidades e riscos para os negócios. A partir desse diagnóstico, são elaborados estratégias e projetos para promover o desenvolvimento social, e, ao mesmo tempo, ampliar a competitividade das empresas.
Em 2018, o Instituto ajudou a implementar 200 ações, totalizando R﹩ 123 milhões movimentados, em 160 municípios do Brasil, da Colômbia, da Argentina e do Peru.
Além do PVE, o portfólio de programas inclui o Votorantim pela Infância e Adolescência (VIA), dedicado a crianças em situação de vulnerabilidade social; o Apoio à Gestão Pública (AGP), que investe na qualificação das cidades de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); o programa ReDes, que se dedica a fortalecer a economia de cidades de baixo desenvolvimento; o Encadeamento Produtivo, voltado para pequenas e micro empresas; e ainda os programas Qualificação das Organizações, Soluções de Participação Comunitária, Voluntário Corporativo e Engajamento com Partes Interessadas - Engaja!, este último direcionado à mediação de conflitos, entre outras atividades.
Informações para Imprensa:
FleishmanHillard Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA