Presos serão vacinados primeiro que professores no Mato Grosso do Sul


O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, sendo empossado pelo governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, durante cerimônia nesta terça-feira (01.01) para a gestão do Governo de Mato Grosso do Sul (2019/2022).


Presos serão vacinados primeiro que  professores no Mato Grosso do Sul


Em transmissão ao vivo para atualizar informações sobre o enfrentamento ao novo coronavírus, o Geraldo Resende  aproveitou para anunciar mudança no cronograma de vacinação contra a gripe em Mato Grosso do Sul. Segundo ele, os presos serão imunizados antes dos profissionais da educação. Até então a ordem seria a inversa. Agora, presidiários serão vacinados a partir de 16 de abril, na segunda etapa da campanha, junto com profissionais de forças de segurança, pessoas com doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais.

Já os professores serão imunizados na terceira fase, do dia 9 de maio em diante, com crianças de seis meses a menores de seis anos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, povos indígenas e adolescentes sob medidas socioeducativas.

“As pessoas privadas de liberdade, por constituir um grupo de risco maior, foram introduzidas na segunda etapa, e vamos deixar os professores, o pessoal da Educação, para a terceira etapa, já que eles não estão dando aulas presenciais, só à distância”, explicou Resende.

Conforme o secretário, 950 mil pessoas devem ser vacinadas contra Influenza A e B em Mato Grosso do Sul. Até agora, o Estado recebeu 300 mil doses do total de 1 milhão previsto.

A campanha de imunização começou no dia 23 de março, com vacinação de idosos e profissionais da Saúde. A primeira etapa segue até o próximo dia 15. 


 CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS
https://www.campograndenews.com.br/brasil/cidades/ses-altera-cronograma-e-presos-serao-vacinados-antes-dos-professores


APOIE, COLABORE