https://www.google.com/appserve/mkt/optin/AD-FnEw6aolQdEQFzj58DL0CRIvBVnLloDmToDBY4md6SHn3YqacVCZlkrbKFHqDmXkeAoP-nva2uUDxHwcbcwnNWAY5tQ-fX20uXTYUutPsyIQTW-5p-yLxuz4?hl=en-US google.com, pub-0664806714269334, DIRECT, f08c47fec0942fa0

COMPARTILHAR

Home

Negociações para redução do valor dos aluguéis

Solidariedade tem regido negociações para redução do valor dos aluguéis


Diante da crise econômica gerada pela pandemia do novo coronavírus, que afetou o emprego e a renda de muitas pessoas, a solidariedade tem sido um importante aliado na hora de negociar a redução momentânea do valor dos aluguéis. Muito proprietários estão aceitando não apenas o corte muitas vezes em até 50% no valor das mensalidades, como não querem o ressarcimento sobre o desconto quando a epidemia passar.
- Fomos surpreendidos com essa postura de muitos proprietários. O que mostra o alto grau de solidariedade das pessoas num momento difícil para todos. O normal seria, depois desse momento, dividirmos o valor descontado em 10 vezes para que o inquilino ficasse em dia - observa Gustavo Vianna, gerente Comercial da Cipa, uma das maiores administradoras de condomínios do país.
Vianna também ressalta que todos as negociações, até o momento, foram realizadas regidas pelo bom senso pelas partes envolvidas.
- O que vimos foi uma tentativa de buscar sempre um caminho harmonioso. Todas as negociações chegaram a um bom termo para ambas as partes. As negociações se deram num ótimo nível - revela o gerente comercial da Cipa.