https://www.google.com/appserve/mkt/optin/AD-FnEw6aolQdEQFzj58DL0CRIvBVnLloDmToDBY4md6SHn3YqacVCZlkrbKFHqDmXkeAoP-nva2uUDxHwcbcwnNWAY5tQ-fX20uXTYUutPsyIQTW-5p-yLxuz4?hl=en-US google.com, pub-0664806714269334, DIRECT, f08c47fec0942fa0

COMPARTILHAR

O cuidado nutricional pode auxiliar no controle da ansiedade de idosos, principalmente num quadro de pandemia

A imagem pode conter: comida | Almoços saudáveis, Idéias de comida ...
alimentação saudável 


Cuidado com alimentação de idosos pode ajudar no controle da ansiedade durante pandemia
O cuidado nutricional pode auxiliar no controle da ansiedade de idosos, principalmente num quadro de pandemia que vem exigindo o isolamento social. A nutricionista do Residencial Club Leger, uma das principais instituições voltadas ao acolhimento da terceira idade, Andressa Paixão, diz que é preciso ter uma atenção redobrada na alimentação e hidratação dessa população, considerada um dos principais grupos de riscos diante do coronavírus.
Andressa aconselha, para o controle da ansiedade, o reforço de chás naturais, como de camomila, erva cidreira e de valeriana.
- É também aconselhável o uso de alimentos ricos em triptofano, que é um aminoácido necessário para metabolizar a serotonina, conhecida como hormônio da felicidade. Podemos citar alguns alimentos com essas características, como banana, salmão, sardinha, grão de bico e chocolate amargo (70% cacau) - revela a nutricionista do Residencial Club Leger, acrescentando também alimentos que devem ser evitados, pois podem desencadear a ansiedade, como bebidas alcoólicas, cafeína, açúcares e bebidas energéticas.
Segundo ela, são inúmeros fatores que podem interferir na alimentação do idoso como dentição, deglutição, digestão, preferências e condições socioeconômicas, entre outros.
- O mais relevante é observar as condições clínicas do idoso e, diante disso, oferecer uma alimentação específica. No geral, devemos manter uma rotina de alimentação, ofertar frutas, legumes, verduras e alimentos integrais ricos em fibras, como aveia e proteína. E ter cuidado na adição de sal, açúcares e óleo nas preparações - afirma Andressa.
No caso do Residencial Club Leger, a nutricionista afirma que não foi necessário alterar o cardápio nem a rotina dos moradores.
- Aqui sempre foram adotadas medidas preventivas higiênico-sanitárias. Oferecemos refeições equilibradas e variadas. São seis refeições diárias e diversificadas, ofertando macronutrientes e micronutrientes, respeitando a individualidade de cada morador.

Postagens mais visitadas