https://www.google.com/appserve/mkt/optin/AD-FnEw6aolQdEQFzj58DL0CRIvBVnLloDmToDBY4md6SHn3YqacVCZlkrbKFHqDmXkeAoP-nva2uUDxHwcbcwnNWAY5tQ-fX20uXTYUutPsyIQTW-5p-yLxuz4?hl=en-US google.com, pub-0664806714269334, DIRECT, f08c47fec0942fa0

COMPARTILHAR

Home

Ganha Tempo de Marília retomou nesta segunda-feira, dia 1º de junho, o atendimento presencial


Foto Noticia Principal Grande
O atendimento será no período das 9h às 13h, de segunda a sexta-feira
Por determinação do prefeito Daniel Alonso, o Ganha Tempo de Marília retomou nesta segunda-feira, dia 1º de junho, o atendimento presencial, com acesso controlado para que não ocorra aglomeração dentro do local e possa ser mantido o distanciamento social entre os usuários. O atendimento será das 9h às 13h, de segunda a sexta-feira. 
Para a reabertura foram feitas algumas adequações ao salão de espera. como o distanciamento entre as cadeiras para os que aguardam atendimento, colocação de álcool em gel na entrada para o usuário higienizar as mãos na entrada e na saída e obrigação do uso de máscara pelos usuários, sendo que todos os servidores usam equipamento de proteção pessoal para a segurança dele próprio e também do usuário. 
Segundo o chefe do Ganha Tempo, Alexandre Souza Santos, praticamente todos os serviços prestados pelo órgão voltaram ao atendimento presencial. “Somente os usuários que precisam resolver problemas com o Procon e com o Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária) seguirão por enquanto em atendimento por telefone 3401-2460 ou por WhatsApp (14) 99807-7197, com atendimento exclusivo por mensagem", disse Alexandre Santos.
Ele informou ainda que só poderão entrar no salão de atendimento 20 pessoas por vez, limitando ainda o número por famílias. “Para que possamos atender o máximo de pessoas possível estamos autorizando apenas uma pessoa de cada família se o assunto a ser resolvido for o mesmo.” 
O prefeito Daniel Alonso destacou a importância de todos os usuários do Ganha Tempo utilizarem máscaras de proteção facial e fazerem a higienização das mãos ao entrar e sair. “Não podemos nos esquecer que ainda estamos na pandemia do coronavírus, sendo fundamental que todos sigam as regras pré-estabelecidas para poderem manter a sua segurança e de nossos servidores”.