https://www.google.com/appserve/mkt/optin/AD-FnEw6aolQdEQFzj58DL0CRIvBVnLloDmToDBY4md6SHn3YqacVCZlkrbKFHqDmXkeAoP-nva2uUDxHwcbcwnNWAY5tQ-fX20uXTYUutPsyIQTW-5p-yLxuz4?hl=en-US google.com, pub-0664806714269334, DIRECT, f08c47fec0942fa0

COMPARTILHAR

Home

Instituto Votorantim e BNDES selecionam 43 municípios para receber apoio técnico

no site CMC - Marília
Instituto Votorantim e BNDES selecionam 43 municípios para receber apoio técnico em gestão no enfrentamento da Covid-19


A iniciativa em parceria com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) definiu 43 cidades, de 13 estados, para receber assessoria e mentoriaOutros 87 municípios já participam do projeto, somando 130 cidades apoiadas.
São Paulo, 17 de junho de 2020 - O Instituto Votorantim e o BNDES anunciam a seleção de 43 novos municípios, dentro da 2ª edição do edital Municípios Contra o Coronavírus, para receber assessoria técnica e especializada para as Prefeituras e para equipes das Secretarias Municipais de Saúde e de Gestão, no apoio para o enfrentamento e no gerenciamento dos efeitos da pandemia de ovid-19.
Além dos 43 selecionados, outras 87 cidades já estão participando do programa totalizando 130 municípios apoiados. Ao todo, a iniciativa poderá chegar a um investimento de R﹩ 4 milhões e atender mais de 150 municípios. Além do Instituto Votorantim e do BNDES, o Municípios contra o Coronavírus conta com a participação do Instituto Arapyaú e de outros parceiros
As cidades escolhidas pelo 2º edital são de 13 estados e ficam nas regiões Centro-Oeste, Nordeste, Norte e Sudeste. A maior parte se concentra no Nordeste, região onde estão 32 dos municípios selecionados.
Os municípios selecionados receberão apoio técnico remoto pelo período de até 4 meses, que pode ser prorrogado conforme necessidade e a disponibilidade de recursos, com especialistas nas áreas de gestão e de saúde. A assessoria atuará em conjunto com o comitê gestor do município para gerenciamento da criseidentificando os principais impactos nas cidades, em função da covid-19, para a elaboração de soluções para o enfrentamento da pandemia, considerando eixos como governança e gestão da crise; comunicação; vigilância; assistência; e impactos fiscais .
A iniciativa faz parte do Programa de Apoio à Gestão Pública (AGP), do Instituto Votorantim e do BNDES, que ganhou a edição especial Municípios contra o Coronavírus para atendimento às demandas relativas ao planejamento do enfrentamento à covid-19. Todas as informações sobre o projeto encontram-se no site http://www.institutovotorantim.org.br/municipioscontraocorona/
Esse projeto faz parte de uma série de ações da Votorantim, suas empresas investidas, do BNDES e de parceiros no combate à pandemia do novo coronavírus. O principal foco são municípios com até 350 mil habitantes, considerando a interiorização da pandemia e a escassez de infraestrutura de saúde nessas localidades, entre outros critérios. No total, o investimento da Votorantim, em conjunto com as suas empresas investidas, somam R﹩ 150 milhões.
Critérios de seleção das cidades
Puderam participar do 2º edital cidades de até 350 mil habitantes das microrregiões listadas como as de maior risco e vulnerabilidade frente à pandemia, conforme estudo realizado pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ)Esse levantamento lista as 41 microrregiões que podem ser atingidas em duas ondas de propagação do coronavírus, considerando aspectos como a distância para acessar aeroportos, a disponibilidade e distribuição de leitos hospitalares e a vulnerabilidade social e econômica.
Na seleção, foram considerados aspectos relacionados à disponibilidade de equipe técnica e de gestão para participação na assessoria; ao estágio das medidas preventivas e de comunicação com as equipes de saúde e com a população; e à articulação local, regional e federal no combate à pandemia.
Também foram usados como critérios de priorização dados relacionados à vulnerabilidade dos municípios em relação à pandemia, de acordo com o levantamento do Índice de Vulnerabilidade Municipal (IVM), criado pelo Instituto Votorantim, que conta com informações relacionadas a: porcentagem de população com mais de 60 anos; cobertura da atenção básica; cobertura da vigilância sanitária; dependência do sistema público; leitos de UTI e leitos normais; e quantidade de profissionais de saúde, entre outros dados secundários.

Confira aqua lista dos Municípios Vencedores
Sobre o Instituto Votorantim
Criado em 2002, o Instituto Votorantim é o núcleo de inteligência social das empresas investidas da Votorantim S.A. e trabalha com geração de valor compartilhado. Isso significa promover benefícios sociais cada vez mais significativos e duradouros nas localidades de atuação da Votorantim, gerando um ambiente propício para a operação sustentável dos negócios.
A atuação do Instituto prioriza conhecer os atuais desafios dessas regiões para entender quais são as soluções de longo prazo para a sociedade e identificar oportunidades e riscos para os negócios. A partir desse diagnóstico, são elaborados estratégias e projetos para promover o desenvolvimento social, e, ao mesmo tempo, ampliar a competitividade das empresas.
Seu portfólio inclui o Programa de Valorização da Educação (PVE), que apoia gestores e professores municipais de mais de 100 cidades em todo o país; o Votorantim pela Infância e Adolescência (VIA), dedicado a crianças em situação de vulnerabilidade social; o Apoio à Gestão Pública (AGP), que investe na qualificação das cidades de menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH); o programa ReDes, que se dedica a fortalecer a economia de cidades de baixo desenvolvimento; o Encadeamento Produtivo, voltado para pequenas e micro empresas; e ainda os programas Qualificação das Organizações, Soluções de Participação Comunitária, Voluntário Corporativo e Engajamento com Partes Interessadas - Engaja!, este último direcionado à mediação de conflitos, entre outras atividades.
Sobre o BNDES
Fundado em 1952, é um dos maiores bancos de desenvolvimento do mundo e, hoje, o principal instrumento do Governo Federal para o financiamento de longo prazo e investimento em todos os segmentos da economia brasileira.
Para isso, apoia empreendedores de todos os portes, inclusive pessoas físicas, na realização de seus planos de modernização, de expansão e na concretização de novos negócios, tendo sempre em vista o potencial de geração de empregos, renda e de inclusão social para o Brasil.
No contexto da pandemia, uma série medidas emergenciais vêm sendo tomadas para ajudar o país a enfrentar os efeitos econômicos e impactos sociais, tais como linha de crédito para pequenas e médias empresas, campanha de financiamento coletivo "Salvando Vidas", cujo valor arrecadado será aplicado para compra de materiais, insumos e equipamentos para Santas Casas e Hospitais Filantrópicos, sendo que a cada R﹩ 1 doado pela sociedade civil ou por empresas, o BNDES aportará mais R﹩ 1 no projeto, até o limite de R﹩ 50 milhões, entre outras ações, a exemplo do Edital Municípios Contra o Coronavírus. Para mais informações sobre a atuação do BNDES no enfrentamento da COVID-19, acesse o site http://www.bndes.gov.br .
Informações para Imprensa:
FleishmanHillard Brasil
Gabriel Santos
Tel.: +55 (11) 3185 9951
Cel.: +55 (11) 98732 0510
gabriel.santos@fleishman.com.br