https://www.google.com/appserve/mkt/optin/AD-FnEw6aolQdEQFzj58DL0CRIvBVnLloDmToDBY4md6SHn3YqacVCZlkrbKFHqDmXkeAoP-nva2uUDxHwcbcwnNWAY5tQ-fX20uXTYUutPsyIQTW-5p-yLxuz4?hl=en-US google.com, pub-0664806714269334, DIRECT, f08c47fec0942fa0

COMPARTILHAR

Temporal faz estragos na região de Marília e de Tupã

Por G1 Bauru e Marília
temporal na região de MARÍLIA
Várias casa do distrito de Varpa ficaram comprometidas e precisaram ser interditadas — Foto: Arquivo pessoal

Um forte temporal atingiu a região de Marília (SP) na madrugada deste sábado (27) e deixou estragos em várias cidades.
Um dos locais mais atingidos, especialmente pelos fortes ventos, foi Varpa, distrito de Tupã (SP), onde casas foram destelhadas, árvores tombaram e muros caíram.
Como a fiação foi atingida por galhos e um transformador explodiu, a energia de todo o distrito foi interrompida.
O Corpo de Bombeiros de Tupã precisou desobstruir a vicinal que dá acesso a Varpa, onde árvores também caíram.

Segundo informações do secretário de Obras de Tupã, Valentim César Bigeschi, cerca de 120 árvores caíram apenas no perímetro urbano e 40 imóveis sofreram prejuízos, sendo oito deles com gravidade e foram interditados.
Um barracão que funciona como silo de grãos também caiu com a força dos ventos. O barracão de expedição de Varpa perdeu algumas telhas e paredes caíram.
No total, seis famílias precisaram ser retiradas de suas casas, inclusive uma idosa que só fala a língua letã – o distrito foi formado por imigrantes da Letônia. Em nota, a Energia, concessionária de energia para a região de Tupã, informou que está com geradores no distrito de Varpa e que 80% do local já tem a energia restabelecida. A nota destaca ainda que não há previsão para o restabelecimento total da energia no distrito.

Na região

Há relatos também de queda de energia em várias cidades, como Tupã, Marília, Garça, Quintana e Iacri. De acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), no período de 24 horas, até as 10h deste sábado, choveu 67,6 mm na região. Ainda segundo dados do Inmet, as rajadas de vento chegaram a 65 km/h na região na hora da chuva. Em Marília, a interrupção de energia aconteceu na região central em função da queda de uma árvore. Na vicinal que liga a cidade ao distrito de Avencas, várias pedras se desprenderam e ficaram no meio da via.
Segundo o Corpo de Bombeiros de Marília, 38 árvores caíram na cidade com a força dos ventos e foram registrados ainda um destelhamento, duas inundações e três quedas de fios energizadas. Não há registro de vítimas.
Em nota, a CPFL Paulista informou que a maior parte dos moradores afetados pela queda de enrgia em Marília já teve o abastecimento restabelecido, "restando apenas casos pontuais que devem ser finalizados nas próximas horas".
Segundo o Corpo de Bombeiros de Marília, 25 árvores caíram na cidade com a força dos ventos e foram registrados ainda um destelhamento, uma inundação e três quedas de fios energizadas. Não há registro de vítimas.




Postagens mais visitadas