Google

Área da construção: tecnólogo em construção civil

construção civil tecnólogo

A empregabilidade é um dos fatores que influenciam na hora da escolha da graduação. Se este é um critério decisivo para você, o curso de tecnólogo em construção civil pode ser uma excelente alternativa.
Nesse contexto, a passagem pela universidade fornece a qualificação necessária para se destacar em meio a tantos concorrentes com o mesmo objetivo, chamando a atenção dos selecionadores para o seu currículo.
No post de hoje, nós vamos explicar como o diploma de tecnólogo em construção civil pode acelerar a sua entrada no mercado de trabalho!

Qual o cenário que o tecnólogo em Construção Civil vai encontrar?

Após quatro anos em queda, a tendência é a de que haverá uma reação no mercado da construção civil em 2018, como aponta a Sondagem da Construção Civil, um estudo divulgado mensalmente pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).
Em 2017, houve um aumento de 29,7% número de lançamentos e de 15,3% nas vendas em 2017 em comparação a 2016. O bom momento também é comprovado pela queda no índice de consumidores que desistem do negócio, de acordo com a Associação Brasileira de Incorporação Imobiliária (ABRAINC).
Frente a uma discussão sobre a possível carência de engenheiros qualificados no Brasil,  o tecnólogo em construção civil presta assistência direta a esse profissional, como você entenderá melhor logo a seguir. Há razões para acreditar, portanto, que as perspectivas são animadoras.

Quais as possibilidades de atuação para o tecnólogo em construção civil?

Mas o que, afinal de contas, este profissional pode fazer? O tecnólogo em construção civil está apto a orientar os trabalhos das diferentes equipes que atuam em um canteiro de obras, visando, essencialmente, o aproveitamento racional de recursos e a segurança dos trabalhadores envolvidos.
Ele também pode assumir a responsabilidade pelo controle de qualidade dos materiais utilizados, escolhendo aqueles que são mais resistentes, duráveis e econômicos.
Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea) também regulamenta outras atribuições para o tecnólogo, como a execução de desenhos técnicos, seleção de fornecedores, empreiteiros e funcionários. Mediante a supervisão de engenheiros, os tecnólogos também podem atuar na fiscalização de obras.
Quais as vantagens em fazer o curso de tecnólogo em construção civil?
Assim como quem faz um bacharelado ou licenciatura, o aluno de um curso tecnológico também recebe um diploma de Ensino Superior, reconhecido pelo MEC e válido em todo o território nacional.
Os principais diferenciais dessa modalidade são a sua menor duração – os cursos duram, em média, entre dois ou três anos – e a proposta de oferecer uma formação mais prática, que atenda às demandas de segmentos como infraestrutura e edificações.
A essa altura, você já entendeu porque a graduação tecnológica é uma ótima opção para quem busca por cursos de construção civil no Rio de Janeiro. Acesse nosso site para conhecer melhor toda a infraestrutura oferecida pela Unigranrio!


Construção Civil

Descubra como funciona os curso tecnológico de Construção Civil, conheça o perfil de quem se forma na área e veja onde estudar para seguir esta carreira!
O setor da Construção Civil é um dos mais dinâmicos e uma das áreas que mais cresceram nos últimos anos.
Apesar das oscilações da economia, a demanda por profissionais especializados ainda é crescente e é possível ingressar no mercado de trabalho fazendo um curso tecnológico, com duração a partir de três anos.

Tecnólogo em Construção Civil – Construção de Edifícios

O objetivo deste curso é formar profissionais capazes de planejar, gerenciar e executar obras de edifícios. Eles acompanham e fiscalizam o desenvolvimento de atividades em todas as etapas da construção, desde planejar o cronograma até o gerenciamento dos resíduos da obra.
O curso inicia com disciplinas básicas nas áreas de Física, Estatística, Geometria, Desenho Técnico, Química e Mecânica Geral.
As disciplinas específicas da profissão envolvem: Topografia, Geologia, Hidráulica, Materiais, Solos, etc.
O tecnólogo em Construção de Edifícios tem a responsabilidade de gerenciar um canteiro de obras preocupando-se em otimizar os recursos disponíveis, respeitar, conservar o meio ambiente e garantir a segurança. Para tanto, além dos conhecimentos sobre estruturas, resistência de materiais ou instalações hidráulicas e elétricas, o curso apresenta disciplinas mais voltadas à gestão, como por exemplo:
  • Gerência de Custos
  • Gerência de Suprimentos
  • Legislação
  • Planejamento de Obras
  • Processos Construtivos
  • Segurança
Além de planejar obras de construção de edifícios, este tecnólogo pode atuar na restauração e manutenção destas edificações. Dentre suas principais atividades, podemos citar:
  • Fiscalizar e acompanhar o cronograma físico-financeiro da construção.
  • Elaborar o projeto básico do canteiro de obras.
  • Promover a segurança necessária nos processos construtivos.
  • Realizar estudos de viabilidade técnico-econômica.
  • Avaliar o desempenho da evolução da obra.
  • Atuar no controle de qualidade dos materiais utilizados.

Tecnólogo em Construção Civil – Habilitação em Estradas

Como o nome já indica, o foco deste curso é a construção de vias terrestres. O tecnólogo em Estradas atua no planejamento e execução de obras rodoviárias como, por exemplo, a implantação e manutenção de estradas.
A grade curricular da habilitação em Estradas é semelhante à de Construção de Edifícios no que diz respeito às disciplinas básicas (Cálculo, Geometria, Física, Desenho, etc.) e às disciplinas formativas (Geologia, Resistência de Materiais, Estruturas, Materiais de Construção, entre outras) que constituem a base para as matérias específicas.
Dentre as disciplinas específicas do curso de Construção Civil – Habilitação em Estradas, podemos citar:
  • Projeto de Estradas
  • Pavimentação
  • Tecnologia dos Transportes
  • Movimento de Terra
  • Topografia
  • Materiais de Construção Rodoviária
  • Estudos de Tráfego
  • Conservação de Estradas
  • Avaliação de Projetos de Estradas
Um tecnólogo em Estradas pode desenvolver atividades como:
  • Fazer levantamentos topográficos.
  • Realizar análise laboratorial dos solos.
  • Desenvolver projetos de terraplanagem.
  • Atuar em processos de licenciamento de obras.
  • Executar e fiscalizar obras viárias.
  • Elaborar orçamentos de construção de rodovias.
  • Especificar e quantificar os equipamentos que serão utilizados no canteiro de obras.
  • Atuar na conservação de estradas.
O curso tecnológico em Construção Civil, seja na habilitação em Estradas ou em Construção de Edifícios, possui duração de 3 a 4 anos. Grande parte da carga horária do curso é composta por atividades práticas e a instituição de ensino deve contar com uma estrutura de laboratórios (como por exemplo, laboratório de asfalto, de topografia, de construção, de materiais, entre outros) por exigência do MEC.

Diferenças entre Tecnólogo em Construção Civil e Engenheiro Civil

Estes dois profissionais possuem formação de nível superior e atuações semelhantes no setor da Construção Civil.
tecnólogo possui uma formação mais específica, voltada a um dos segmentos da Construção Civil (Edifícios ou Estradas).
Já o engenheiro possui uma formação mais ampla, com uma maior carga de disciplinas básicas e a possibilidade de atuar em diversos setores da Construção Civil como, por exemplo, a construção de túneis, viadutos, pontes, casas, barragens, reservatórios, plataformas, rodovias, etc.
O CONFEA (Conselho Federal de Engenharia e Agronomia) determina quais atribuições competem aos tecnólogos e também quais atividades estes profissionais podem realizar desde que estejam sob a supervisão e direção de engenheiros.
Segundo a resolução nº 313, de 26 de setembro de 1986, as atribuições do tecnólogo são:
  • Elaboração de orçamento.
  • Padronização, mensuração e controle de qualidade.
  • Condução de trabalho técnico.
  • Condução de equipe de instalação, montagem, operação, reparo ou manutenção.
  • Execução de instalação, montagem e reparo.
  • Operação e manutenção de equipamento e instalação.
  • Execução de desenho técnico.
Já as atividades que devem ser executadas sob a supervisão de um engenheiro são:
  • Execução de obra e serviço técnico.
  • Fiscalização de obra e serviço técnico.
  • Produção técnica especializada.

Onde Estudar Construção Civil e Engenharia Civil

Confira algumas faculdades reconhecidas pelo MEC onde você pode estudar Construção Civil ou Engenharia Civil:
Veja também: