Governo Federal anuncia retomada da construção de 2.592 moradias em Fortaleza

Unidades habitacionais fazem parte do Loteamento Residencial Cidade Jardim e devem beneficiar mais de 10 mil pessoas. Ministro Rogério Marinho deu a notícia nesta quinta-feira (25)
25 06 Ministro Habitação FortalezaBrasília-DF, 25/6/2020 – O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) vai retomar as obras de construção de 2.592 unidades habitacionais em Fortaleza (CE). As moradias fazem parte do Loteamento Residencial Cidade Jardim – módulos III, IV e V – e devem beneficiar mais de 10 mil pessoas de baixa renda. O anúncio foi feito pelo ministro Rogério Marinho nesta quinta-feira (25), na capital cearense. No total, o Governo Federal fez um aporte de R$ 17,7 milhões para garantir a conclusão das moradias.
As obras são contratadas com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) para atender famílias com renda mensal de até R$ 1,8 mil. Segundo o ministro, a retomada das construções demonstra o interesse do Governo Federal em atender àquelas famílias que mais precisam ao mesmo tempo em que fortalece a economia. “Temos uma determinação do presidente Jair Bolsonaro que é de não deixar obras paradas. Com essa retomada, também estimulamos a economia da região”, disse.
A expectativa é de que o empreendimento gere cerca de 10 mil postos de trabalho diretos e indiretos. “São milhares de empregos com a construção, além de mais cidadania e dignidade para as pessoas quando a obra for totalmente entregue”, avaliou o governador Camilo Santana.
A assinatura do termo para a retomada ocorreu durante um encontro entre o ministro Rogério Marinho, o governador Camilo Santana e o prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio. No Palácio da Abolição, o ministro também anunciou a liberação de mais de R$ 54 milhões para as obras do Cinturão das Águas.
Após a reunião, o ministro Marinho vistoriou das obras de urbanização do Conjunto Habitacional Vila do Mar, também voltado para a população de baixa renda. Ele parabenizou o empenho do governo municipal na realização do empreendimento e no processo de regularização fundiária. “Para um adensado com este, é um papel extremamente importante e relevante. O Governo Federal tem apoiado esta iniciativa e a comunidade local tem se organizado para fazer as coisas acontecerem”, destacou.
Sobre a retomada
Contratado em dezembro de 2012, o Loteamento Residencial Cidade Jardim é composto por cinco módulos totalizando 5.536 unidades habitacionais. Desses, dois já foram totalmente entregues, faltando ainda 416 moradias do terceiro, que estava com obras paralisadas desde 2015. Um aporte de R$ 556 mil foi assegurado para a conclusão do empreendimento, com 98% dos serviços realizados.
Os módulos IV e V estavam paralisados desde 2012. Foram realizados aditivos para a continuidade das obras que não surtiram efeito. Em setembro de 2018, ocorreu a rescisão dos contratos. O Cidade Jardim IV está com 64% de execução física e o Cidade Jardim V está na metade das obras. Para a conclusão dos empreendimentos serão investidos R$ 9,9 milhões e R$ 7,2 milhões, respectivamente.