Google

O ‘Casa Verde Amarela’ prevê financiamento com taxas de juros menores e incentivos para legalização fundiária

Governo federal lança novo programa habitacional neste mês de julho

ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho

AGÊNCIA CBIC

Governo federal incentiva a construção civil  
O governo federal deve lançar ainda neste mês de julho um novo programa habitacional em substituição ao Minha Casa, Minha Vida (MCMV). O ‘Casa Verde Amarela’ prevê financiamento com taxas de juros menores e incentivos para legalização fundiária de cerca de 12 milhões de imóveis de baixa renda no país. O programa também prevê auxílio a pequenas reformas habitacionais em unidades definidas pelas prefeituras.
O objetivo, segundo o ministro do Desenvolvimento Regional (MDR), Rogério Marinho, em live semanal do presidente da República, Jair Bolsonaro, no dia 3, reforçada em entrevista publicada nesta segunda-feira (6), no jornal Valor Econômico, é dar acesso ao financiamento imobiliário a um maior número de famílias.
Ainda de acordo com o ministro Rogério Marinho, há um processo de negociação com o Ministério da Economia e a Caixa Econômica Federal para a diminuição dos juros do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Como ele é remunerado pelo Sistema Financeiro Habitacional, tem um percentual do recurso que ele aporta que tem que ser pago anualmente, em torno de 5% ao ano. A ideia é diminuir esse aporte, o que deve permitir o aceso de pelo menos 1 milhão de novas famílias a empréstimos habitacionais.
A íntegra da entrevista ‘Programa habitacional buscará regularização de imóveis de baixa renda’ está disponível no Valor. Acesse o site.
(Foto: Marcelo Carmargo/Agência Brasil)