CMC - MÍDIA

Filho adotivo de Flordelis afirmou em depoimento que a deputada visitava seu quarto para fazer sexo com ele.

 


Um filho adotivo da deputada federal Flordelis, acusada de mandar matar o marido, afirmou em depoimento que a deputada visitava seu quarto para fazer sexo com ele. Disse ainda que ela oferecia filhas adotivas para transar com pastores estrangeiros que visitavam a casa no Rio Comprido, no Rio de Janeiro.

O ato seria uma “forma de recepção”. O homem saiu da casa no ano 2000, após se casar. As informações foram relevadas pelo Jornal das Dez, da GloboNews, na quarta-feira (26).


https://www.correio24horas.com.br/noticia/nid/filho-adotivo-revela-que-mantinha-relacoes-sexuais-com-flordelis/


Um filho adotivo de Flordelis, acusada de mandar matar o marido, afirmou em depoimento que a deputada visitava seu quarto para fazer sexo com ele. Disse ainda que ela oferecia filhas adotivas para tra... 


Leia mais em: https://vejasp.abril.com.br/cidades/filho-adotivo-flordelis-sexo/

Nenhum comentário:

Postar um comentário

CMC, CIDADE DE MARÍLIA