CMC - MÍDIA

Aprenda como investir em Tráfego Orgânico

Tráfego Orgânico
Para quem está começando agora no mercado de produtores e afiliados, investir em anúncios pagos pode não ser a opção mais viável. Por ser um negócio novo, começar com o tráfego pago pode ser um grande desafio, tanto por falta de experiência quanto pelo valor investido em dinheiro.
Isso acontece com frequência, e acaba que muitos novos empreendedores digitais desistem antes mesmo de realizar a primeira venda. Mas, isso ocorre porque eles não conhecem, ou ainda não sabem como utilizar o tráfego orgânico.
Se você ainda não se familiarizou com a palavra tráfego, ela representa todas as visitas que seu site ou blog recebe diariamente. Essas visitas podem chegar através do tráfego pago (anúncios) ou do tráfego orgânico (não pago).
Quer aprender mais sobre tráfego pago? Então continue lendo.

Começando agora? Aprenda como investir em Tráfego Orgânico

O que é Tráfego Orgânico?

É conhecido como tráfego orgânico, visitas que foram conquistadas de forma espontânea através de pesquisas nos mecanismos de buscas sem a necessidade de investir em anúncios. Mas, isso não significa que você não precisará investir em algum momento.
Pelo seu conceito, muitas pessoas acreditam que não precisarão gastar com o tráfego orgânico. Só que não é bem assim que funciona.
Para que você tenha um retorno através das suas visitas orgânicas, será preciso tempo. E tempo é dinheiro. Além disso, você precisará aplicar algumas estratégias para atrair seu público alvo, o que também pode precisar de investimento. O diferencial é que, ao contrário dos anúncios, você só precisará investir uma vez.
Como falamos anteriormente, um exemplo mais comum de tráfego orgânico são de mecanismos de busca, como o Google. Por isso, ter um bom SEO no seu blog e saber escolher as palavras-chaves é tão importante. Eles irão garantir melhores posições, e assim maiores chances de conquistar mais visitas orgânicas.
Tráfego Orgânico

Vantagens de investir em Tráfego Orgânico

O tráfego orgânico é benéfico tanto para iniciantes quanto para quem já está familiarizado com o mercado. Aqui vai algumas vantagens de se trabalhar com ele:

Custo x Benefício

O tráfego orgânico oferece um ótimo custo benefício. Afinal, você precisará investir “apenas” o seu tempo. Pode haver gastos necessários, em um primeiro momento, para aplicar boas estratégias mas nada comparado a investir constantemente em anúncios pagos.
E quando falamos de investimento, não estamos falando necessariamente de dinheiro. Pois, tempo é de grande valor e ele precisará ser investido para gerar bons conteúdos e estudar a melhor forma de atrair novos visitantes.

Sem prazo de validade, diferente dos anúncios

Outro ponto positivo do tráfego orgânico é que ele não vem com prazo de validade. Você pode utilizar os mesmos mecanismos por tempo indeterminado, contanto que ainda esteja lhe trazendo resultados positivos.
Além disso, você tem a possibilidade de estar sempre atualizando seu conteúdo. Por exemplo, um post “Os melhores bancos de imagens gratuitos de 2019” pode ser atualizado para “Os melhores bancos de imagens gratuitos de 2020”.

Maior relevância no Google

Quando você pesquisa por um assunto no Google, sempre aparece alguns sites anunciados nas primeiras opções. Esses anúncios, mesmo estando no topo, acabam perdendo um pouco de credibilidade por conta disso.
Muitas pessoas deixam de clicar no anúncio, e por isso ter uma boa posição no Google é uma grande vantagem. E é o que você pode conseguir através do tráfego orgânico, se souber aplicar as estratégias de SEO e de palavra-chave.

Os 5 tipos de Tráfego que podem ser utilizados por você

Além do Tráfego Orgânico, existem mais 4 opções que podem ser utilizadas para acompanhar de onde estão vindo as visitas do seu site ou blog. São eles:

Tráfego Pago

Bom, como falamos mais acima, o tráfego pago é aquele em que você investe em anúncios no Google ou em determinado site que seja frequentado por seu público-alvo. Neste modelo, você precisará investir enquanto seu anúncio estiver no ar. Ou seja, só haverá campanha se houver investimento em dinheiro.
Por conta disso, ao utilizar o tráfego pago você deverá sempre acompanhar os seus anúncios para que possa manter os que estão trazendo algum retorno e desativar os que não foram bem sucedidos.

Tráfego Direto

Essa é uma maneira de praticar tráfego orgânico, só que de forma diferente. No modelo direto, seu site é acessado sem pesquisas sobre o assunto ou clicando em anúncios. Ele simplesmente clica diretamente no link do site.
Por exemplo, você pode compartilhar o link com amigos para eles acessarem. Esse é o tráfego direto.

Tráfego Social

Essa forma de atrair novas visitas, é feita através das redes sociais. Se tornou muito comum disponibilizar o link do site no perfil do Instagram, em postagens no Twitter e demais opções.
Para quem costuma trabalhar com essas redes, é uma ótima forma de conseguir tráfego sem precisar investir em anúncios.
Tráfego Orgânico

Tráfego de Referência

Ao ler um post do blog e clicar em um dos links que foram disponibilizados, você será encaminhado para o site em questão. Dessa forma, não houve mecanismos de busca. É assim que funciona o tráfego de referência.
Quando disponibilizamos links de outros blogs ou sites aqui no Blog da Monetizze, estamos praticando essa modalidade de tráfego. Chamamos isso de Backlink, que significa basicamente ligar uma fonte a outra.

Conclusão

Entender o que é tráfego orgânico é muito importante, mas você precisará complementar esse conhecimento com estratégias e conhecimento de sua persona para que os resultados sejam positivos.
Portanto, se você está ingressando agora no mercado de Produtores e Afiliados, você deve estar ciente de que estamos em constante mudança. Por isso, é de grande importância continuar estudando e aprimorando seus conhecimentos.
É dessa forma que você saberá qual o melhor momento para se aventurar e começar a investir no tráfego pago, além do orgânico.
Ficou alguma dúvida? Se sim, deixe um comentário pra gente. E caso precisa de um atendimento, acesse nossa Central de Ajuda.
Até a próxima!