CMC - MÍDIA

O Agronegócio foi um dos setores menos afetados pela pandemia do Coronavírus

cmc
PESQUISA AGRO: Inteligência Artificial, Machine Learning e Big Data terão maior impacto nas previsões de demanda e gestão de estoques no setor
No chamado ‘Novo Normal’ do agronegócio, a adoção dessas novas soluções para tomadas de decisões rápidas e estratégicas, serão ainda mais essenciais para os negócios
São Paulo SP, setembro de 2020 - O Agronegócio foi um dos setores menos afetados pela pandemia do Coronavírus, mas precisa do auxílio de tecnologia de ponta para seguir crescendo. Segundo pesquisa realizada pela LLamasoft, em parceria com a Ciclo Marketing e o Insper, por meio do Núcleo de Estudos em Operações e Supply Chain, 55% dos participantes estão buscando soluções tecnológicas para tomada de decisão mais assertivas em seus negócios. Desses, muitos indicaram fortes preferências em alavancar Big Data, Machine Learning e Inteligência Artificial para otimizar a eficiência da cadeia de suprimentos da companhia. Além disso, eles acreditam que as técnicas de computação e otimização na nuvem podem permitir o sucesso na tomada de decisão da cadeia de suprimentos.
A pesquisa, que foi realizada no final do segundo semestre de 2019, contou com respostas de representantes de mais de 30 empresas de diferentes segmentos do agronegócio, como sementes, agroquímicos, alimentos processados, proteínas animais e laticínios, companhias essas com a maior representatividade no mercado.
Ainda segundo o estudo, 49% dos participantes classificaram a maturidade de seus processos de Supply Chain como "boa", isso porque muitos deles estruturaram seus processos utilizando, principalmente, ferramentas operacionais e transacionais. Cerca de 25% dessas empresas utilizam ferramentas transacionais. Já as soluções de planejamento e otimização da cadeia são aplicadas ou estão em fase de análise para 35%, geralmente viabilizadas por meio de Cloud Computing ou de SAAS ("software as a service").
A modelagem, a análise de cenários como suporte à tomada de decisões e a mitigação de riscos são apontados como os grandes desafios do setor para 17% das companhias participantes. Outros 16% acham importante adotar melhorias nas previsões de demanda.
Para Marcos Bernardes, Diretor Comercial da LLamasoft no Brasil, "devemos enfrentar esses desafios com tecnologias que possuem capacidade de prever disrupções e modelar cenários de negócios para obter melhores decisões. A garantia de um crescimento lucrativo no agronegócio exigirá um planejamento robusto, seguindo uma orientação de ferramentas completas que network design, inventário, transporte e sourcing", comenta.
O estudo também revelou que a sustentabilidade das cadeias de suprimentos também tem adquirido maior importância no ambiente de negócios. A maioria de empresas do agronegócio estão adaptando suas estratégias de supply chain para considerar a dimensão de sustentabilidade, tanto localmente (38%) como seguindo estratégias globais adaptadas às condições locais (23%).
"O desafio de demanda continuará refletindo o fato de se tratar de uma cadeia longa e na maioria das vezes, com sazonalidades relevantes, como por exemplo, decorrente da dependência do comércio internacional para importação de matéria-prima ou princípios ativos de insumos e na ponta do consumo, tendo o Brasil como um dos principais exportadores de diversas culturas, requerendo que as empresas continuem buscando soluções para garantir o suprimento, tanto com uma recuperação gradual ou como rápida da economia e do consumo", comenta Luiz Vieira, Professor Sênior Fellow e co-líder do Núcleo de Estudos em Operações e Supply Chain do Insper.
No chamado ‘Novo Normal’ do agronegócio, a adoção dessas novas soluções para tomadas de decisões rápidas e estratégicas citadas na pesquisa, serão ainda mais essenciais para os negócios. Muitas empresas já intensificaram investimentos na capacidade de reação da cadeia de suprimentos a mudanças relevantes na demanda, como o aumento de estoques, assim como na colaboração entre players de um mesmo setor, tendências observadas nas duas últimas pesquisas realizadas pela LLamasoft e parceiros.
O compartilhamento de experiências entre empresas sobre práticas de sucesso e desenvolvimento de networking vem impulsionando e direcionando grandes corporações para inovações e transformações. "Este momento de grandes incertezas globais e mercados voláteis que estamos vivendo, manter-se atualizado sobre os movimentos e estratégias adotadas pelas empresas em todas as áreas é uma condição importante para continuar competitivo e sobretudo sobreviver no mercado. Por isso, pesquisas e eventos on-line tem se consolidado ainda mais e conquistado lugar cativo na agenda dos executivos," comenta Isabel Cardeal, Presidente da Ciclo Marketing.
-Fim-
Sobre a LLamasoft, Inc.
Sediada em Michigan, a LLamasoft é líder em soluções para Tomada de Decisões Estratégicas em Supply Chain. Desenvolvida com o mais abrangente conjunto de analíticas do Supply Chain, a tecnologia da LLamasoft, ajuda líderes de negócios a desenharem a cadeia de suprimentos que necessitam para atingir rentabilidade, melhorias em serviços e metas de crescimento. A LLamasoft cria uma verdadeira visão de ponta-a-ponta da cadeia global para revelar o desenho ideal, avaliar trade-offs e permitir a tomada de decisões estratégicas, táticas e operacionais dentro de perspectivas temporais. No mundo, mais de 750 companhias confiam na LLamasoft para responder as mais complexas questões do Supply Chain e já registraram mais de US
 13 bilhões em valor acumulado. No Brasil, cerca de 60 já utilizam a solução para modelar, otimizar e simular suas cadeias, conduzindo a grandes melhorias em custos, sustentabilidade e mitigação de riscos. Atualmente, a empresa trabalha em parceria com organizações humanitárias, entidades governamentais e é membro do "World Economic Forum".
Informações à imprensa - LLamasoft
DFREIRE Comunicação e Negócios (11) 5105-7171 http://www.dfreire.com.br
Élida Gonçalves - elida@dfreire.com.br
Debora Freire - 
debora@dfreire.com.br
• Sobre a Ciclo Marketing
Sediada em São Paulo, há 20 anos a Ciclo Marketing desenvolve conteúdos inovadores e relevantes para a atualização de executivos em Supply Chain e Logística com o objetivo de gerar insights valiosos, benchmarking efetivo, networking de qualidade e manter suas empresas competitivas. Contamos com a colaboração de formadores de opinião e realizamos periodicamente pesquisas para entendimento dos principais desafios e oportunidades que possam levar as organizações a atingirem os seus propósitos sociais e comerciais. Esse cuidado com o conteúdo é igualmente visto na formação do qualificado e renovado networking possível em nossos eventos presenciais e on-line. Ao longo desses anos, tivemos a oportunidade de acompanhar a evolução da cadeia de valor e o perfil de lideranças, que hoje associa a visão estratégica de longo prazo a execução e aumento de produtividade; um profissional que está antenado com os benefícios da transformação digital, tendências e práticas bem-sucedidas.
• Sobre o Núcleo de Gestão de Operações e da Cadeia de Suprimentos do Insper
O núcleo é formado por um grupo de pesquisadores e profissionais interessados em investigar quais são as práticas de gestão de Supply Chain e Logística e de Operações que mais contribuem para a melhoria de desempenho das empresas. Além disso, a equipe também se debruça em assuntos relacionados à infraestrutura de logística e transportes e indústria 4.0, trabalhando, sempre que necessário, em parceria com os professores de Engenharia do Insper, uma instituição de ensino superior e de pesquisa sem fins lucrativos, referência em educação e geração de conhecimento nas áreas de administração, economia, direito e engenharia, explorando suas complementaridades para agregar valor às organizações e à sociedade.