Rede de escolas de tecnologia lança primeira plataforma de ensino e letramento digital para crianças

Happy Code



 Novo modelo educacional: rede de escolas de tecnologia lança primeira plataforma de ensino e letramento digital para crianças


Plataforma, para ser utilizada por escolas, é direcionada para crianças de 7 a 12 anos; rede também está oferecendo soluções para digitalização de escolas, preparando professores, pais e alunos para as mudanças no ensino

A pandemia mostrou a ausência de tecnologia e inclusão na educação, expondo as dificuldades das escolas, professores, pais e alunos para se adaptarem ao ensino remoto e evidenciando a necessidade de transformação do ensino. Pensando nisso, a Happy Code lançou a primeira plataforma de ensino e letramento digital para crianças, colocando o aluno como protagonista, trabalhando metodologias ativas, desenvolvendo habilidades e ajudando na mudança do modelo educacional.

"Grande parte das escolas não estavam preparadas para lidar com a inclusão da tecnologia no ensino. Nós sempre trabalhamos para mostrar a importância da formação tecnológica e ir além da lousa, caderno e grade curricular engessada. Com a pandemia, a falta do letramento digital ficou ainda mais evidente, junto com a necessidade de trabalhar metodologias ativas e habilidades socioemocionais para lidar com situações adversas", explica a diretoria de Tecnologia Educacional da rede, Debora Noemi.

O letramento digital está relacionado a aprender a utilizar a tecnologia, as ferramentas e o meio digital, saber ler e escrever informações digitais, que incluem sinais, códigos, imagens, entre outros, e, mais que isso, interagir com esses ambientes digitais, com esses dados, e saber utilizar essas informações de forma lógica e estratégica.

A plataforma (STEM Play), direcionada para crianças de 7 a 12 anos, traz o letramento digital, com missões baseadas nos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e seu conteúdo pedagógico está alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Pensada justamente para voltar a atenção do aluno ao aprendizado, de forma criativa e autônoma, a plataforma foi desenvolvida juntamente com as crianças, com layout inspirado em vídeos e animações do YouTube.

Além disso, a STEM Play trabalha com novos conceitos de programação, gamificação, empreendedorismo e storytelling para engajar o aluno na narrativa e no aprendizado. As missões contam com 30 fases. Conforme a criança vai avançando, ela aprende conceitos específicos de programação (como sequência lógica e algoritmos). Durante as missões, o aluno também desenvolve consciência sobre questões sociais fundamentais, como o meio ambiente e os impactos do desmatamento.

A plataforma funciona tanto no computador, quanto em tablets e celulares, e todo o processo de aprendizado é gerido pelo professor e pela escola, que conseguem acompanhar o desempenho dos alunos.

Digitalização das escolas

A STEM Play faz parte do pacote com soluções para digitalização de escolas desenvolvido pela Happy Code para o ano letivo de 2021. O pacote inclui a formação dos professores e dos gestores por meio de videoaulas exclusivas e pensadas na preparação desses profissionais para os desafios da escola 4.0, ensino híbrido, metodologias ativas, entre outros. Todas as escolas precisarão se adaptar às transformações digitais, que foram aceleradas com a pandemia. A Happy Code vai disponibilizar pacotes compatíveis com todos os portes (físicos e financeiros).

"A Happy Code atua para formar os profissionais do futuro e a tecnologia sempre foi uma aliada. Nós identificamos as dores das escolas, professores, pais e alunos, chegando a um conjunto de soluções que trabalhe com um modelo de ensino presencial, remoto ou híbrido, que forme e dê suporte para os professores e gestores neste momento de mudanças, auxilie e conscientize os pais e, principalmente, que tenha o aluno no centro do processo, trabalhando com metodologias ativas, alinhadas à BNCC e desenvolvendo habilidades técnicas e socioemocionais fundamentais", explica Debora.

O pacote também inclui conteúdo para consciência digital da família, com temas relacionados à segurança digital, competências comportamentais e profissões do futuro. Assim, além de conscientizar, também é possível desenvolver a criação de vínculo entre as escolas e os familiares, já que os pais têm um papel fundamental neste novo modelo de ensino.

Experiência Happy Code

Todas as soluções pensadas pela Happy Code para ajudar as escolas na digitalização do ensino foram direcionadas para o ano letivo de 2021, já que, neste ano, há um planejamento em andamento. No entanto, para que as escolas possam identificar como todas essas ferramentas e soluções são importantes para ajudar na digitalização, a Happy Code está oferecendo o pacote Experiência, que pode ser implementado ainda neste ano. A Experiência Happy Code é estruturada para bimestres independentes, então pode ser incorporada na grade com facilidade, e foi pensada para ser aplicada em um cenário de ensino presencial, remoto ou híbrido.

Sobre a Happy Code

A Happy Code - maior rede de escolas de programação, maker e robótica para crianças e adolescentes do Brasil, de Portugal, e a terceira maior no mundo - tem como objetivo disponibilizar um modelo educacional que atenda às exigências do século 21, preparando crianças e jovens com o desenvolvimento de habilidades técnicas e socioemocionais fundamentais.

Mais que formar programadores, a Happy Code busca, por meio de um método exclusivo de ensino, o LET - Lean Education Technology - desenvolver habilidades importantes - essenciais hoje em dia - e que no futuro próximo se tornarão também decisórias. São as chamadas soft skills, as competências relacionadas à personalidade e comportamento das pessoas, atreladas às aptidões mentais, emocionais e sociais.

A rede, que conta com 130 unidades espalhadas pelo Brasil, 90 escolas parceiras e mais de 12 mil alunos, está no topo do pódio mundial em número de escolas de programação e tecnologia para o público entre 5 e 17 anos, além de ser referência no ensino de STEAM - Science, Technology, Engineering, Art and Math.

Informações para a Imprensa:

Stefani Paraiso - stefani.paraiso@agenciajoinus.com.br | 11. 97778-1388


APOIE, COLABORE