CAASP planeja o ano esportivo de 2021 e quer ouvir a advocacia

 





Esporte é sinônimo de saúde física e mental. Por esse princípio, a Caixa de Assistência dos Advogados de São Paulo incrementou as atividades esportivas destinadas à advocacia a partir de 2019. Ampliou o rol de torneios, copas e campeonatos para 11 modalidades, criou categorias femininas, levou o desporto corporativo a todo o Estado. Milhares de advogados e advogadas competiram harmonicamente, em demonstrações tanto de apuro técnico e disposição física quanto de respeito e amizade.

A pandemia do novo coronavírus foi um balde de água fria na jornada esportiva da advocacia - nem poderia ser diferente, face à obrigatoriedade de distanciamento e outras tantas normas sanitárias necessárias à preservação da vida. O advento pandêmico, contudo, que poderia esmorecer a CAASP, teve o efeito de provocá-la. E iniciativas inéditas surgiram para que a classe não se rendesse ao tédio e às dificuldades do isolamento.

"Sob a liderança do presidente Davanzo, e com a dedicação de um corpo de colaboradores altamente qualificado, concebemos uma série de atividades on-line para que a advocacia rompesse virtualmente o isolamento e ultrapassasse a quarentena com a mente sã, em convívio com os colegas. O futebol, o xadrez, o yoga, o inédito Stop! e os treinos funcionais, todos on-line, já caíram no gosto da advocacia e ganharam reedições", relata Roberto Araújo, diretor responsável pelo Departamento de Esportes e Lazer da Caixa de Assistência.

A sabedoria popular diz que os cães ladram e a caravana passa. A caravana esportiva da CAASP ajusta-se neste momento para um 2021 diferente de 2020. Apesar do desfecho ainda incerto, a pandemia arrefece e todos os indicativos são de que o esporte retornará aos poucos à sua normalidade. Para que o ano vindouro consagre mais uma vez o esporte como fonte de saúde e alegria, presencial ou virtualmente, a Caixa quer ouvir advogados e advogadas desportistas.

"Teremos uma programação esportiva ainda mais ampla numérica e territorialmente. Nossas ações devem refletir o desejo da advocacia, por isso queremos ouvi-la e, para tanto, desenvolvemos uma pesquisa simples e direta, que permite aos colegas e às colegas dizerem o que esperam da CAASP no campo esportivo em 2021. É muito importante o engajamento de todos", concita Roberto Araújo. Preencher os campos de resposta da sondagem não leva mais do que cinco minutos.

A pesquisa "Esportes OAB/CAASP 2021" pode ser acessada e respondida AQUI.
LINK: http://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLScJj36OYShoM6gfUK9FSFhaKLhaat6hQEy__bs1Jdz3m6E1Rw/viewform

"Trata-se de uma medida de planejamento de gestão, para a qual buscamos a opinião da classe", sintetiza Araújo.
Futebol (masculino e feminino), futevôlei, vôlei (masculino e feminino), tênis (masculino e feminino), e-sports, pesca, surfe, xadrez, passeios ciclísticos e caminhadas são modalidades já consagradas. A CAASP quer saber da advocacia em que pontos aprimorá-las e, se for o caso, agregar a esse rol novas atividades.

"A evolução do quadro pandêmico será um dos nossos orientadores para o ano esportivo de 2021. O outro será a palavra da advocacia", finaliza Roberto Araújo.