Google

CONGELAMENTO DE MATERIAL GENÉTICO EXTRAÍDO DO CORDÃO

 

JORNALISTA LUCILENE CAETANO FALA SOBRE CONGELAMENTO DE MATERIAL GENÉTICO EXTRAÍDO DO CORDÃO UMBILICAL DOS FILHOS: "É COMO FAZER UM SEGURO DE VIDA BIOLÓGICO"

Procedimento foi realizado pela Criogênesis, clínica referência em serviços de coleta e criopreservação de células-tronco

Com dois filhos, um de 4 e outro de 1 ano, a jornalista e apresentadora, Lucilene Caetano, junto ao marido, optaram pelo congelamento do sangue e tecido do cordão umbilical dos meninos. "Depois de lermos bastante e falarmos com profissionais da área médica descobrimos que esse material é rico em células-tronco, capazes de gerar outros tipos de tecidos. Com os avanços da medicina genética, elas veem sendo utilizadas em alguns tratamentos e se acredita que, no futuro, irão ter muitas utilidades em diversos tratamentos", comenta.

Recentemente, Lucilene foi visitar nova sede da clínica para conhecer o local em que o material está armazenado. Ela categoriza o procedimento como um pequeno investimento para a saúde dos filhos. "É como fazer um seguro de vida biológico. Claro que esperamos nunca precisar utilizar, mas como diz a famosa frase popular: "antes prevenir do que remediar". A saúde deles está́ em primeiro lugar. Queremos o melhor para eles", ressalta.

Diversos tecidos já foram obtidos através da cultura programada de Células-Tronco tais como hepático, cardíaco, neuronal, ósseo e muscular. Sendo assim, o sangue do cordão umbilical poderá vir a ser fonte inesgotável de recursos biológicos. Além disso, é a única garantia de compatibilidade completa com um indivíduo.

As coletas foram realizadas em 2016 e 2019, na maternidade São Luis do Itaim por um profissional habilitado, e imediatamente transportado até o laboratório para processamento e rebaixamento progressivo da temperatura e armazenamento a aproximadamente 180° negativos. Dessa maneira, as células ficam armazenadas e tornam-se imediatamente disponíveis para uso, caso seja necessário. " É um procedimento simples, seguro, rápido, sem dor ou desconforto para a mãe ou para o recém-nascido.

Na mesma oportunidade também foi coletado o tecido do cordão umbilical, sendo o mesmo colocado em frasco específico com meio de cultura e no laboratório foi realizado expansão e processamento celular", explica Dr. Nelson Tatsui, Diretor-Técnico do Grupo Criogênesis e Hematologista do HC-FMUSP.

Sobre a Criogênesis

A Criogênesis, que nasceu em São Paulo e possui mais de 17 anos de experiência com células-tronco, é acreditada pela AABB (Associação Norte Americana de Bancos de Sangue) e certificada pela IQNet NBR ISO 9001:2015. A clínica é referência em serviços de coleta e criopreservação de células-tronco, medicina reprodutiva, gel de plaquetas e aférese, incluindo a diferenciada técnica de fotoférese extracorpórea. Sua missão é estimular o desenvolvimento da biotecnologia através de pesquisas, assegurando uma reserva celular para tratamento genético futuro. http://www.criogenesis.com.br.