Google

COVID-19 pode causar perda súbita da audição

 COVID-19 pode causar perda súbita da audição


Infecção viral pode afetar o nervo auditivo e prejudicar a audição

Imagine ir dormir ouvindo tudo e acordar completamente surdo. Essa é a realidade de um paciente de 45 anos do Reino Unido que perdeu parte da audição permanentemente por causa da COVID-19.

O caso foi relatado na 13ª edição da revista científica BMJ Case Reports, que indicou ainda que outros pacientes infectados pelo novo coronavírus apresentaram perda auditiva como sequela da doença.

"Assim como aconteceu com as pessoas que tiveram o olfato e o paladar modificados, o vírus é o responsável pela surdez temporária ou definitiva desses pacientes", conta Dra. Maura Neves, médica otorrinolaringologista da Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial - ABORL-CCF.

A Dra. Maura explica que o novo coronavírus pode afetar alguns nervos importantes do corpo, como o do olfato e o da audição. "E há uma doença chamada de surdez súbita, que se trata de uma perda repentina da audição e que pode acontecer com qualquer pessoa. A causa não é bem determinada, mas sabemos que as infecções virais podem ter participação nessa enfermidade", diz.

A surdez súbita, apesar de pouco abordada, é mais frequente do que imaginamos e, "pós-COVID-19 tem sido relatada na literatura médica, mas com uma frequência inferior à da perda do olfato".

No caso do paciente britânico, ele procurou ajuda médica 10 dias após o início dos sintomas da COVID-19. Com dificuldades para respirar e outras complicações, ele foi internado na UTI e chegou a ser entubado durante um mês. Uma semana após ser desentubado, ele sentiu um zumbido no ouvido esquerdo e parou de escutar.

Diversos tratamentos foram tentados, mas o paciente perdeu boa parte da capacidade auditiva e os cientistas creditam o caso ao novo coronavírus.



Sobre Dra. Maura Neves

• Otorrinolaringologista

• Formação: Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo

• Graduado em medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP

• Residência médica em Otorrinolaringologia no Hospital das Clinicas Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP

• Fellowship em Cirurgia Endoscópica Nasal no Hospital das Clinicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP

• Título de especialista pela Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e Cirurgia Cérvico-Facial - ABORL-CCF

• Doutorado pelo Departamento de Otorrinolaringologia do Hospital das Clinicas Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo - USP

Sobre a Clínica MEDPRIMUS

Acolher os pacientes com tratamentos multiprofissionais, para proporcionar bem-estar é o lema do corpo clinico MEDPRIMUS. Dessa forma, preza pelo atendimento personalizado que supre a todas as expectativas do cliente/paciente, gerando confiança e criando vínculo com o paciente. Bem localizada, a Clinica esta na Região de Moema São Paulo, com ótima infraestrutura e tecnologia.

Créditos:

Dra. Maura Neves Otorrinolaringologista

Clínica MEDPRIMUS

Informações para IMPRENSA

UPDATE COMUNICAÇÃO INTELIGENTE

11 98224-2290