Mercado imobiliário enxerga tendência de vida no interior

 

Mercado imobiliário enxerga tendência de vida no interior
Construtora Danpris dá exemplo de confiança no mercado do interior com novo grande empreendimento de oito torres
Morar nas grande metrópoles, perto dos principais modais de transporte, shoppings e de grandes centros comerciais sempre foi o objetivo de muitas pessoas, afinal, todos querem uma vida confortável, que não seja necessário gastar muito tempo com deslocamentos e tenha opções de lazer e trabalho por perto.

Entretanto, muitas pessoas passaram a olhar de outra forma a vida em cidades do interior, que são mais afastadas de toda a agitação da cidade grande, mas tem um custo de vida menor e facilidades que oferecem qualidade de vida para seus moradores. Segundo uma pesquisa da plataforma de comércio OLX, a procura por imóveis em cidades do interior cresceu cerca de 30% no mês de julho.

Essa mudança pode ter sido influenciada pela pandemia de coronavírus. Ficando mais tempo em casa muita gente percebeu a necessidade de mais espaço. Além disso, apesar do isolamento, nem todos os setores permitem o home office e acarreta a lotação em transporte público. Observar e estar presente em todo esse caos faz muita gente desejar uma vida mais tranquila e pacata, que pode ser oferecida no interior.

Antecipando às tendências, a Danpris, construtora e incorporadora da Grande São Paulo, localizada em Osasco e especializada em empreendimentos Minha Casa Minha Vida e médio padrão, acaba de lançar seu primeiro empreendimento no interior, o Maxim, que fica localizado na cidade de Itu, a 100 quilômetros da capital paulista.

Dante Seferian, CEO da empresa, explica que a escolha da cidade para o projeto de expansão foi estratégica: "Itu tem ótima localização e infra estrutura que atende às necessidades das pessoas, além disso, fica próxima da capital e é carente de empreendimentos com características que unem o morar e o lazer em um mesmo local".

Acrescentado a isso, Itu foi eleita em 2019 um dos 100 municípios mais inteligentes e conectados do Brasil pela Connected Smart Cities, alcançou a 10ª colocação na avaliação de segurança e ficou em 9° em questões de preocupação com o meio ambiente, e também tem um bom índice de desenvolvimento humano (IDH), 0,773.

"Acredito que as cidades do interior vão ganhar mais relevância no mercado imobiliário daqui pra frente, é nítido que o foco agora não está apenas em grandes metrópoles e dividiu-se para as cidades menores também. O Maxim é uma grande realidade da Danpris para essa nova tendência que está se apresentando; é um empreendimento grande, são oito torres e 752 unidades com metragens que variam entre 45 m² e 66 m², cinco quadras de esportes, pistas de cooper e de bicicleta, piscina aquecida coberta e descoberta com toboágua, salão de festas equipado, churrasqueira, além de um coworking, que atende às expectativas de um número grande de pessoas que trabalham em casa", finaliza Dante.

Sobre a Danpris

A Danpris Construções e Empreendimentos Imobiliários atua há 40 anos no mercado. A empresa, fundada por Pedro Avedis Seferian, iniciou as atividades construindo empreendimentos comerciais e residenciais, focando em condomínios fechados de residência, loteamentos e também em edifícios comerciais.

APOIE, COLABORE