Google

Representação da mulher indígena e poesia concreta integram ações educativas da Rede de Museus-Casas Literários

 






Museus Casa Mário de Andrade, Casa Guilherme de Almeida e Casa das Rosas, respectivamente.
 Fotos: André Hoff




Representação da mulher indígena e poesia concreta integram ações educativas da Rede de Museus-Casas Literários

Para assistir e interagir com as atividades, basta acessar o canal de YouTube ou Facebook das instituições

O Núcleo de Ação Educativa da Casa das Rosas Casa Guilherme de Almeida Casa Mário de Andrade , que formam a Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo, apresentam atividades relacionadas ao debate sobre gênero, poesia concreta e as transformações de uma residência em um museu-casa. As conversas ocorrem pelo Facebook e YouTube das instituições durante novembro, a partir das 16h30.

Com programação gratuita, a Rede de Museus-Casas Literários, gerenciada pela Poiesis, é da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo.


Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura

Em Conversa sobre Poesia Concreta, André Bispo, graduado em Filosofia com extensão universitária em Museologia e educador no museu Casa das Rosas, abordará o movimento da poesia concreta iniciado pelos poetas Haroldo de Campos, Augusto de Campos e Décio Pignatari. No dia 4 de novembro, quarta-feira, o profissional mostrará como o movimento vanguardista expandiu o modo de relação com as palavras e significados por meio do poema visual, além da proposição educativa "Palavra, forma e sentido" para o público identificar possibilidades de criação de poemas visuais em casa.

Nos dias 7 e 14 de novembro, o museu realiza Educação pela poesia das coisas, curso direcionado para professores e educadores em geral via Google Meet. Aos sábados, das 15h às 17h, a breve formação mediada por Alexandra Rocha, coordenadora do Núcleo Educativo da Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo, e Julio Mendonça, coordenador do Centro de Referência Haroldo de Campos, apresentará a poesia de Haroldo de Campos - patrono da Casa das Rosas, ensaísta, tradutor e um dos criadores da poesia concreta. A atividade também irá propor modos de sua aplicação em ações educativas. As inscrições estão abertas pelo site do museu: http://www.casadasrosas.org.br/agenda/curso-para-professores-e-educadores-em-geral-educacao-pela-poesia-das-coisas

Casa Guilherme de Almeida

Ana Lídia Teberga e Maryangela Barbieri, educadoras na Casa Guilherme de Almeida, convidam o historiador Guilherme Lopes Vieira para uma conversa sobre a pesquisa Casa Guilherme de Almeida: A fabricação de um museu-casa (1969-1979), que ele desenvolveu a respeito dos fatores que influenciaram a transformação da antiga residência do poeta, localizada no bairro Perdizes, em São Paulo, em espaço museológico biográfico e literário, a partir da investigação do contexto político que propiciou a criação da instituição. O encontro virtual ocorre no dia 6 de novembro, sexta-feira. Vieira é técnico em Museologia pelo Centro Paula Souza de São Paulo e Mestre em História pela UNIFESP.

Dessa vez, a série Mulheres do acervo do museu-casa literário apresenta informações sobre a vida e a obra da pintora modernista Moussia Pinto Alves, nome pouco lembrado atualmente pela mídia em geral, mas que participou ativamente do movimento modernista em São Paulo. Nascida na Rússia, Moussia foi escultora, pintora, gravadora e designer de joias. No dia 20 de novembro, sexta-feira, a atividade será apresentada por Rafael Veloso, licenciado em Letras - Língua portuguesa e Linguística pela FFLCH-USP, com experiência em tradução-interpretação de Libras e educador na Casa Guilherme de Almeida.

Casa Mário de Andrade

O Ciclo Gênero e Sexualidade conta com duas atividades do Núcleo de Ação Educativa em novembro, com coordenação do educador Arthur Major, formado em História (FFLCH-USP), professor de cursinhos populares e educador da Casa Mário de Andrade.

No dia 5 de novembro, quinta-feira, A representação da mulher indígena na obra de Mário de Andrade será uma atividade a partir da obra clássica do escritor, Macunaíma (1928), focada na representação da mulher indígena na história da literatura brasileira, assim como a produção autoral de mulheres indígenas. A conversa terá como convidadas Fernanda Vieira, indígena de origem Xokó, doutoranda em Estudos de Literatura na UERJ, ativista, escritora, professora, tradutora e fundadora da ikamiaba.com.br, site que divulga literaturas Indígenas e pesquisas relacionadas no Brasil e no mundo; e Francis Mary Rosa, doutoranda em Educação e Contemporaneidade do PPGEduC- UNEB, Mestra em Crítica Cultural pela Universidade Estadual da Bahia e professora da rede federal no IF Baiano- Campus Xique-Xique.

Em Amar, verbo intransitivo, mesmo nome do romance de Mário de Andrade dos anos 1920, a conversa será voltada à representação da prostituição na literatura brasileira e literatura erótica. A atividade no dia 19 de novembro, quinta-feira, contará com as convidadas Aline Leal, pós-doutoranda em Letras da PUC-Rio e autora de obras como Sob o sol de Hilda Hilst e Georges Bataille (PUC-Rio/Azougue, 2018) e Caroço (7 Letras, 2016); e Luisa Destri, doutora em Literatura Brasileira pela USP e mestra em Teoria e História Literária pela Unicamp, com pesquisas sobre a poesia brasileira do século XX, em especial as obras de Hilda Hilst e Murilo Mendes, além de ser coautora da biografia Eu e não outra - a vida intensa de Hilda Hilst (São Paulo: Tordesilhas, 2018).

A programação on-line da Rede de Museus-Casas Literários de São Paulo segue disponível no hotsite http://poiesis.org.br/maiscultura/ . Para mais informações sobre as atividades e novas medidas de atendimento das instituições direcionado à visitação nas exposições, acesse o site de cada instituição (também pontuado abaixo).

SERVIÇO

Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos de Poesia e Literatura

Conversa sobre Poesia Concreta
4 de novembro, quarta-feira, às 16h30
Com André Bispo


Classificação indicativa: livre | Grátis

Plataformas: Facebook YouTube

Curso | Educação pela poesia das coisas - para professores e educadores em geral

7 e 14 de novembro, sábado, das 15h às 17h

Com Núcleo de Ação Educativa e Centro de Referência Haroldo de Campos
Vagas não limitadas | Grátis


Plataforma: Google Meet

-------
Telefone: (11) 3285-6986 | 3288-9447 | E-mail: contato@casadasrosas.org.br
Agende sua visita para as exposições pelo site http://www.casadasrosas.org.br
Avenida Paulista, 37 - Paraíso - São Paulo (próximo à estação Brigadeiro do metrô)
Convênio com o estacionamento Parkimetro: Alameda Santos, 74 (exceto domingos e feriados)
Acessibilidade: rampa de acesso, elevador e videoguia em libras.
Programação gratuita

Casa Guilherme de Almeida

Casa Guilherme de Almeida: a fabricação de um museu-casa

6 de novembro, sexta-feira, às 16h30

Com Ana Lídia Teberga e Maryangela Barbieri. Convidado: Guilherme Lopes Vieira

Classificação indicativa: livre | Grátis

Plataformas: Facebook YouTube

Mulheres do acervo: Moussia Pinto Alves
20 de novembro, sexta-feira, às 16h30
Com Rafael Veloso


Classificação indicativa: livre | Grátis

Plataformas: Facebook YouTube

-------
Tel.: 11 3673-1883 | 3803-8525 | 3672-1391 | 3868-4128 | E-mail: contato@casaguilhermedealmeida.org.breducativo@casaguilhermedealmeida.org.br
Agende sua visita para as exposições pelo site: http://www.casaguilhermedealmeida.org.br/
Museu: R. Macapá, 187 - Perdizes | CEP 01251-080 | São Paulo | Anexo: Rua Cardoso de Almeida, 1943 - Sumaré, São Paulo/SP
Acessibilidade: rampa de acesso, elevador, piso podotátil e banheiro adaptado; videoguia em Libras e réplicas táteis.
Programação gratuita


Casa Mário de Andrade

Ciclo Gênero e Sexualidade

A representação da mulher indígena na obra de Mário de Andrade
5 de novembro, quinta-feira, às 16h30
Com Arthur Major e convidadas: Fernanda Vieira e Francis Mary Rosa

Classificação indicativa: livre | Grátis
Plataformas: Facebook YouTube


Amar, verbo intransitivo
19 de novembro, quinta-feira, às 16h30
Com Arthur Major e convidadas: Aline Leal e Luisa Destri

Classificação indicativa: livre | Grátis
Plataformas: Facebook YouTube

-------
Agende sua visita para as exposições pelo site: http://www.casamariodeandrade.org.br
Rua Lopes Chaves, 546 - Barra Funda - São Paulo
Acessibilidade: rampa de acesso ao andar térreo e fraldário móvel.
Programação gratuita


SOBRE A CASA DAS ROSAS
A Casa das Rosas - Espaço Haroldo de Campos é um museu dedicado à poesia, à literatura, à cultura e à preservação do acervo bibliográfico do poeta paulistano Haroldo de Campos, um dos criadores do movimento da poesia concreta na década de 1950. Localizada em uma das avenidas mais importantes da cidade de São Paulo, a Avenida Paulista, o espaço realiza intensa programação de atividades gratuitas, como oficinas de criação e crítica literárias, palestras, ciclos de debates, exposições, apresentações literárias e musicais, saraus, lançamentos de livros, performances e apresentações teatrais. O museu está instalado em um imponente casarão, construído em 1935 pelo escritório Ramos de Azevedo, que na época já tinha projetado e executado importantes edifícios na cidade, como a Pinacoteca do Estado, o Teatro Municipal e o Mercado Público de São Paulo.

SOBRE A CASA GUILHERME DE ALMEIDA
Inaugurada em 1979, a Casa Guilherme de Almeida, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis, está instalada na residência onde viveu o poeta, tradutor, jornalista e advogado paulista Guilherme de Almeida (1890-1969), um dos mentores do movimento modernista brasileiro. Seu acervo é constituído por uma significativa coleção de obras, gravuras, desenhos, esculturas, pinturas, em grande parte oferecidas ao poeta pelos principais artistas do modernismo brasileiro, como Anita Malfatti, Tarsila do Amaral, Emiliano Di Cavalcanti, Lasar Segall e Victor Brecheret. Hoje, o museu oferece uma série de atividades gratuitas relacionadas a todas as áreas de atuação de Guilherme de Almeida, da literatura traduzida ao cinema, passando pelo jornalismo e pelo teatro. Trata-se da primeira instituição não acadêmica a manter um Centro de Estudos de Tradução Literária no país.


SOBRE A CASA MÁRIO DE ANDRADE
A Casa Mário de Andrade funciona no endereço da antiga casa do escritor Mário de Andrade, um dos principais mentores do modernismo brasileiro e da Semana de Arte Moderna de 1922. O museu abriga uma exposição permanente, que é aberta à visitação, com objetos pessoais do modernista, além de documentos de imagem e áudio relacionados à sua trajetória. O museu também realiza uma intensa programação de atividades culturais e educativas. A Casa integra a Rede de Museus-Casas Literários da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerenciada pela Poiesis.

SOBRE A POIESIS
A Poiesis - Organização Social de Cultura é uma organização social que desenvolve e gere programas e projetos, além de pesquisas e espaços culturais, museológicos e educacionais, voltados para a formação complementar de estudantes e do público em geral. A instituição trabalha com o propósito de propiciar espaços de acesso democrático ao conhecimento, de estímulo à criação artística e intelectual e de difusão da língua e da literatura.

Poiesis - Coordenação de Comunicação
Carla Regina | (11) 4096-9827 | carlaregina@poiesis.org.br
Assessoria de Imprensa
Jariza Rugiano | (11) 4096-9810 | jarizarugiano@poiesis.org.br
Luiza Lorenzetti | (11) 4096-9852 | luizalorenzetti@poiesis.org.br
Assessoria de imprensa - Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado
Davi Franzon - (11) 3339-8243/ (11) 9-3411-6428