Google

º Seminário Internacional de Bioprocessos discutirá soluções em biotecnologia para o desenvolvimento de dermocosméticos e vacinas

 




4º Seminário Internacional de Bioprocessos

discutirá soluções em biotecnologia para o desenvolvimento de dermocosméticos e vacinas

Evento será online e gratuito e conta com especialistas renomados como Dr. Jorge Kalil da Universidade de São Paulo e Kyle Probst, Cientista de Aplicações Microbianas da Kerry Estados Unidos
As empresas de biotecnologia Kerry e Eppendorf promovem nos dias 28, 29 e 30 de outubro, a 4ª edição do Seminário Internacional de Bioprocessos, que este ano, devido à pandemia, será online. O evento busca desenvolver discussões relevantes sobre o futuro da área de biotecnologia com renomados palestrantes do setor. Serão três dias de palestras gratuitas, onde especialistas discutirão os desafios de desenvolvimento de produtos biotecnológicos, as tecnologias disponíveis no mercado e as estratégias de monitoramento e métricas de performance para a produção de microorganismos em larga escala.

O evento conta com especialistas como Prof. Dra. Maria Helena da Unicamp e Prof. Dr. Jorge Kalil da Universidade de São Paulo. Outro destaque será a apresentação de Kyle Probst, Cientista de Aplicações Microbianas da Kerry Estados Unidos, no dia 28 de outubro, às 11h20, sobre o impacto de meios de cultura no desenvolvimento e desempenho da produção de vacinas.

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas no site www.seminariodebioprocessos.com.


4ª edição do Seminário Internacional de Bioprocessos
Data: 28, 29, 30 de outubro
Hora: 9h às 12h
Gratuito
www.seminariodebioprocessos.com
Sobre a Kerry:
A Kerry é a líder mundial no desenvolvimento de soluções de sabor e nutrição para os mercados de alimentos, bebidas e produtos farmacêuticos. Sua ampla base tecnológica, seu modelo de negócios centrado no cliente e sua capacidade de soluções integradas líderes da indústria fazem da Kerry o parceiro ideal de co-criação. Seis dos 10 maiores fabricantes mundiais de drogas biotecnológicas e cerca de um quarto de todas as drogas biotecnológicas no mercado usam os componentes da marca Kerry's Sheffield em seu meio de cultura, sendo a única fabricante de peptonas e extratos de levedura. A Kerry emprega mais de 26.000 pessoas globalmente, incluindo mais de 1.000 cientistas de alimentos, e sua presença global se estende por 148 instalações de fabricação em 32 países.´

Sobre a Eppendorf

Fundada em 1945, na cidade de Hamburgo, a Eppendorf tem como missão facilitar o dia a dia nos laboratórios em todo o mundo.Sua linha de produtos inclui pipetas e sistemas de pipetagem automatizados, dispensadores, centrífugas, mixers, espectrômetros e equipamentos de amplificação de DNA, bem como ultra freezers, biorreatores, incubadoras de CO2 e agitadores (shakers).Seus produtos são amplamente usados em laboratórios de pesquisa acadêmica e em empresas das indústrias farmacêutica e biotecnologia, bem como nas indústrias química e alimentícia. Eles também são direcionados a laboratórios de análises clínicas e ambientais, forenses e a laboratórios industriais que realizam análises de processos, produção e garantia de qualidade.


Informações à imprensa:
Larissa Peruccini - larissa@prconsultingamericas.com
Telefone e Whatsapp: 11 953534594