Google

Real Betis lança ‘Forever Green’

 Real Betis lança ‘Forever Green’, uma plataforma de sustentabilidade para empresas através do futebol


Clube, Governo da Espanha e LaLiga apresentaram em Madrid uma iniciativa única para promover a ação ambiental; Nações Unidas e Amazon endossam este programa



Para baixar as fotos e o vídeo oficial completo, clique aqui !

O Real Betis Balompié apresentou na manhã da última quinta-feira (29/10), na sede da LaLiga em Madrid, o programa ‘Forever Green’, uma plataforma de sustentabilidade para empresas e instituições que pretendem utilizar o esporte mais popular do mundo para salvar o planeta. ‘Forever Green’ é um compromisso fundado pelo Real Betis com o propósito de conscientizar a população sobre a necessidade atual de lutar contra as mudanças climáticas.

A apresentação contou com a participação da Secretária de Estado da Energia, Sara Aagesen; o presidente da LaLiga, Javier Tebas; e o presidente do Real Betis Balompié, Ángel HaroNiclas Sveenningsen, gerente da Equipe de Ação Global do Clima das Nações Unidas; Sally Fouts, do Climate Pledge Amazon; e o jogador do Real Betis e capitão da seleção chilena, Claudio Bravo, também participaram do evento.

"Achamos que o futebol é um alto-falante mundial e vemos isso como uma grande oportunidade para criar consciência sobre os problemas ambientais, promovendo o Real Betis como um modelo a seguir para outras empresas, clubes e torcedores", afirmou Ángel Haro, presidente do clube alviverde. "Encorajamos todas as empresas e instituições a aderirem ao ‘Forever Green’, associando a sua imagem ao desporto mais popular do mundo e a uma causa apoiada pelas gerações mais jovens", acrescentou.



O objetivo do 'Forever Green' é ser uma plataforma aberta para empresas e instituições que queiram se envolver e mostrar ao mundo como vão contribuir para o futuro do nosso planeta, e que também queiram se tornar um modelo a seguir para o fã de futebol. As empresas signatárias terão a chance de colaborar nos projetos programados pelo Real Betis para reduzir as emissões de carbono, e criar uma maior consciência social para enfrentar a crise climática. Cada empresa tem uma grande responsabilidade de cuidar do planeta e não comprometer as gerações futuras, e ‘Forever Green’ promoverá diferentes ações para ela.

"Estamos muito felizes com iniciativas como ‘Forever Green’, promovida pelo Real Betis. É emocionante ver como, do mundo dos esportes, passos corajosos e responsáveis ​​estão sendo dados, contribuindo para a sustentabilidade do planeta e ajudando a criar uma consciência social. A mudança climática é um grande desafio, afeta a todos nós e há muito em jogo", explicou Sara Aagesen, secretária de Estado de Energia.

"É um orgulho para a LaLiga que seus clubes tomem medidas para a sustentabilidade e o compromisso com o meio ambiente, como o Real Betis está fazendo com seu fantástico projeto ‘Forever Green’. Da LaLiga, também apoiamos nossos clubes na geração dessas iniciativas por meio do Guia para a elaboração de Non-Financial Reports que apresentamos recentemente", disse o presidente da LaLiga, Javier Tebas.



‘Forever Green’ é desenvolvido em cinco principais áreas temáticas:

1- Mudanças climáticas

O Real Betis se torno, em 2019, o primeiro clube de futebol a aderir à iniciativa das Nações Unidas 'Clima Neutro Agora', comprometendo-se a medir e reduzir a sua pegada de carbono, bem como a compensar as emissões inevitáveis ​​com a compra de compensações de carbono de projetos certificados para proteção do clima. Para atingir esses objetivos, o clube também se uniu com a First Climate, uma desenvolvedora de projetos alemã e fornecedora de soluções de proteção climática.

Após calcular e reduzir suas emissões de gases de efeito estufa, o clube alviverde deu um passo à frente para compensar suas emissões, tornando-se um clube neutro em carbono. Para compensar essas emissões, o Real Betis decidiu apoiar um projeto de redução de emissões na América Latina, o Parque Eólico Orosi, na Costa Rica. O projeto consiste na instalação de 25 aerogeradores na província de Guanacaste. Cada uma dessas turbinas tem capacidade de 2 MW. Este projeto contribui para a diversificação da matriz energética costa-riquenha, aproveitando o potencial eólico do país. Ao mesmo tempo, o projeto oferece uma alternativa importante para o uso predominante de usinas hidrelétricas e é uma boa opção para a geração de energia no período de seca.

Recentemente, o Real Betis também se tornou o primeiro clube de futebol a aderir ao compromisso 'The Climate Pledge' da Amazon, aceitando o desafio de tomar medidas de descarbonização através de mudanças reais e inovadoras, que englobam melhorias de eficiência, uso de energias renováveis, redução de materiais, e outras estratégias destinadas a eliminar suas emissões de carbono.



2- Reciclagem

Com a colaboração de empresas especializadas como Ecoembes e Ecovidrio, o clube quer realizar diversas ações de separação e coleta de lixo para criar uma cultura de reciclagem entre seus torcedores.

3- Mobilidade

Em condições normais, o Real Betis reúne cerca de 50.000 torcedores em seu estádio em dias de jogos. O clube promoverá diversas campanhas de incentivo ao transporte sustentável com veículos elétricos, bicicletas ou transporte público. A ideia do ‘Forever Green’ é que os adeptos sejam os principais aliados do Clube nessa luta contra a crise climática.

4- Natureza

Em linha com essa ideia, o clube sugere várias ações ecológicas para criar um planeta mais verde. Algumas dessas ideias são a criação de fazendas urbanas, reflorestamento ou ações para limpar o rio Guadalquivir.

5- Clube sustentável

Num esforço para reduzir as emissões de carbono, o clube instalou um sistema de iluminação LED no Estádio Benito Villamarín para contribuir para a eficiência energética. Em um futuro próximo, painéis solares também serão instalados para gerar energia renovável fotovoltaica para autoconsumo.

Além disso, o Real Betis é um pioneiro nas conexões diretas com os "serviços web" da LaLiga. Graças a estes processos, o clube automatizou e melhorou os serviços aos seus detentores de bilhetes de temporada, uma vez que 67% deles renovaram online os bilhetes de temporada em anos anteriores. Esta temporada foi 100% online, eliminando assim o impacto gerado pelo seu transporte. Além disso, o clube criou o ingresso online, que permite acessar o Estádio com o smartphone dos detentores do ingresso, eliminando o papel nessas operações, sistema que será utilizado também para ingressos avulsos.



O Real Betis continua, assim, com seu compromisso na luta contra as mudanças climáticas, em linha com as iniciativas ‘Clime Neutral Now’ das Nações Unidas e ‘The Climate Pledge’ da Amazon. O clube continuará trabalhando em uma estratégia para reduzir ao máximo as emissões de gases de efeito estufa e conscientizar a população sobre a crise climática.

A agência americana Activista contribuiu para construir a plataforma. Activista é uma empresa criativa com sede em Los Angeles, comprometida em promover mudanças sociais, culturais e econômicas por meio do poder de ideias extraordinárias.

Não é só Futebol. É LaLiga.

#HayQueVivirla

Assessoria de Comunicação:

Weber Shandwick - laliga@webershandwick.com

Sobre a LaLiga

Fundada em 1984, a LaLiga é uma associação esportiva que compreende as 42 equipes que compõem a primeira e segunda divisão do futebol profissional em Espanha. LaLiga, com sede em Madrid, é responsável pela LaLiga Santander, LaLiga SmartBank e pela produção televisiva, que na temporada 2018/2019 chegou a mais de 2.7 bilhões de pessoas em todo o mundo. Com sede em Madrid (Espanha), está presente em 41 países através de 11 escritórios e 44 delegados, abrangendo 84 países. A associação realiza sua ação social por meio de sua Fundação e é a primeira liga de futebol profissional do mundo com uma liga para jogadores de futebol com deficiência intelectual: LaLiga Genuine Santander.