PESQUISA

Condenado por estupro ataca mulher em ‘saidinha’ de Natal e é esfaqueado pela vítima em Marília


Homem que cumpria pena também por roubo se passou por cliente para levar correta de imóveis a uma casa, onde anunciou intenção de estuprá-la. Na briga, foi esfaqueado pela vítima, roubou seu carro, mas se acidentou e foi preso.


Por G1 Bauru e Marília

25/12/2020 15h22 Atualizado há 18 horas

Um detento condenado por estupro foi esfaqueado depois de atacar uma mulher, de 32 anos, durante a "saidinha de Natal" em Marília, nesta quinta-feira (24). Segundo a polícia, o homem se passou por comprador de imóveis para atrair a vítima, uma corretora.

Conforme a polícia, o detento de 42 anos foi até uma imobiliária no centro da cidade, se apresentou como oficial do Exército e disse que estaria de mudança para a cidade, com interesse em adquirir uma casa.

A corretora de imóveis apresentou algumas opções disponíveis e foi com ele até uma casa no Jardim Olinda, na zona oeste de Marília.

No momento em que mostrava o banheiro para o suposto comprador, ele tirou uma faca de sua cintura e mandou a vítima se ajoelhar porque iria estuprá-la.

A mulher entrou em luta com o criminoso e sofreu ferimentos em suas mãos. Ela ainda conseguiu tirar a faca do criminoso e, para se defender, o golpeou na região das costas.

O homem correu até o carro da vítima e fugiu com o veículo, levando ainda sua bolsa com documentos pessoais e dinheiro. A corretora de imóveis foi levada pelo Samu para o Hospital das Clínicas (HC), onde recebeu atendimento médico.

A Polícia Militar foi informada sobre o crime e iniciou as buscas, até que uma equipe de Pompeia se deparou com o carro na Rodovia Comandante João ribeiro de Barros (SP-294).

Após perseguição, o homem perdeu o controle do carro e bateu contra uma calçada, na Avenida Shunji Nishimura, onde foi preso.

O suspeito apresentava duas perfurações por faca nas costas e foi levado para o HC, onde permanece internado, sob escolta da PM. Assim que receber alta, ele será encaminhado para a cadeia de São Pedro do Turvo.

Veja mais notícias da região no G1 Bauru e Marília.