Enfrentando desertos digitais: lançada a primeira aliança intersetorial para acabar com a divisão digital

 






Enfrentando desertos digitais: lançada a primeira aliança intersetorial para acabar com a divisão digital


• COVID-19 expôs as desigualdades digitais e exacerbou a exclusão digital; revelou os desafios de acessibilidade em nações mais ricas e o aprofundamento do fosso digital - quase metade do mundo ainda não está online

• O Fórum Econômico Mundial lança a EDISON Alliance para acelerar a inclusão digital, lidar com a desigualdade e conectar setores críticos da economia

• É a primeira mobilização global do setor público e líderes da indústria de todos os setores para garantir que todos possam participar da economia digital de forma econômica

Saiba mais aqui


Genebra, Suíça, 28 de janeiro de 2021 - O acesso às tecnologias digitais permitiu que muitos trabalhassem, aprendessem e vivessem durante a pandemia COVID-19. No entanto, expôs e exacerbou as lacunas e desigualdades existentes: quase metade da população global, cerca de 3,6 bilhões de pessoas, permanece offline e os serviços de banda larga são muito caros para 50% da população nos países desenvolvidos. Esses "desertos de conectividade" dificultam o acesso à saúde, educação e inclusão econômica.

Para garantir o acesso global e equitativo à economia digital, o Fórum Econômico Mundial está lançando a Rede de Infraestrutura e Serviços Digitais Essenciais, ou EDISON Alliance. A Aliança trabalhará com governos e em todos os setores para acelerar a inclusão digital. Seu objetivo é garantir um nível sem precedentes de colaboração intersetorial entre a indústria de tecnologia e outros setores críticos da economia.

Um conselho multissetorial conduzirá a Aliança. Hans Vestberg, presidente e CEO da Verizon, atuará como presidente da Alliance e do conselho. Ele é acompanhado por Paula Ingabire, Ministra de TIC e Inovação de Ruanda, Ajay Banga, Presidente Executivo da Mastercard, Shobana Kamineri Vice-Presidente Executivo da Apollo Hospitals e Robert F. Smith, fundador, Presidente e CEO da Vista Equity Partners. O Fórum Econômico Mundial servirá como secretariado e plataforma para a Aliança. Um grupo mais amplo de líderes campeões aconselhará e apoiará a Aliança. A lista completa dos campeões pode ser encontrada aqui.

"Isso marca a primeira vez que tantos líderes de tantos setores estão se unindo, dos setores público e privado, para acabar com a exclusão digital", disse Derek O’Halloran, chefe de Economia Digital e Plataforma de Criação de Novo Valor do Fórum Econômico Mundial. "Acelerar a infraestrutura digital e a implantação da banda larga é fundamental para a recuperação econômica, enfrentando a desigualdade e alcançando as conquistas dos Objetivos de Desenvolvimento de Sustentabilidade. É fundamental agirmos juntos e rapidamente."

A EDISON Alliance priorizará a inclusão digital como uma plataforma de parceiros com um propósito comum para atingir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Em 2021, a Aliança se concentrará em aumentar a inclusão digital em serviços de saúde, educação e financeiros.

Citações dos membros do Conselho da EDISON Alliance:

Hans Vestberg, presidente e CEO da Verizon - presidente da The EDISON Alliance: "Nos últimos dez meses, vimos como a conectividade e o acesso às tecnologias digitais são impactantes para o trabalho, aprendizagem e transações. Há muito tempo acredito que a mobilidade, a banda larga e os serviços em nuvem são a infraestrutura do século 21, mas para usá-los com um maior impacto, precisamos galvanizar ambos os setores público e privado. Este é um momento crítico para os líderes de todos os setores unirem forças e reconhecerem o acesso e a acessibilidade aos serviços digitais como uma das principais prioridades para a recuperação em todos os países."

Ajay Banga, Presidente Executivo, Mastercard: "Não existe Internet de Tudo sem a inclusão de todos. Mas, ao colocar nossas capacidades coletivas para trabalhar conectando pessoas e empresas da maneira certa - com acesso seguro e uso informado - podemos começar a enfrentar outras barreiras, como acesso a capital, e fornecer outras oportunidades de crescimento. A inclusão digital prepara as pessoas para muitos outros tipos de inclusão."

Paula Ingabire, Ministra de TIC e Inovação, Ruanda: "Temos visto grandes colaborações durante a pandemia para permitir um maior acesso aos serviços digitais. Seguindo em frente, precisamos de uma mobilização ainda maior de todos os níveis de governo e organizações do setor privado para desenvolver soluções impactantes que garantirão acesso equitativo e acessível à conectividade de banda larga, a fim de atingir as metas estabelecidas para 2025".

Shobana Kamineri, vice-presidente executiva, Apollo Hospitals: "A era da saúde IOT foi impulsionada para uma enorme velocidade durante a pandemia de Covid em todo o mundo. Geografia, distâncias e conveniência convergiram para tornar os teleconsultas disponíveis não apenas para aqueles em locais distantes, mas também para as cidades em confinamento. Nos EUA, o uso de telemedicina saltou de 11% em 2019 para 46%, enquanto na Índia, houve um salto maciço de 300% nas consultas online. A saúde digital está em uma trajetória para tornar a saúde e o bem-estar onipresentes, acessíveis e que melhoram a vida e, conforme fazemos a transição para o mundo pós-Covid, precisaremos acelerar esse esforço por meio de serviços digitais baseados em valor."

Robert F. Smith, fundador, presidente e CEO, Vista Equity Partners: Conectividade é oxigênio para oportunidades. A pandemia global revelou a divisão entre aqueles que estão conectados e os bilhões que não estão. Assim como pressionamos por acesso equitativo a ar e água limpos, também precisamos expandir o acesso à banda larga, dispositivos e alfabetização digital, que são caminhos para educação, saúde, serviços financeiros e capacitação humana. Isso exigirá investimento e coordenação entre países e setores, e a EDISON Alliance é uma plataforma importante para o avanço desta missão."


A Agenda de Davos:

A pandemia COVID-19 continua a aumentar as desigualdades, com repercussões desproporcionais para grupos desfavorecidos e minorias. Quais políticas, práticas e parcerias são necessárias para incorporar equidade e inclusão em nossos sistemas econômicos? A Agenda de Davos é uma mobilização pioneira de líderes globais com o objetivo de reconstruir a confiança para moldar os princípios, políticas e parcerias necessárias em 2021. Apresenta uma semana inteira (de 25 a 29 de janeiro) de programação global dedicada a ajudar os líderes a escolherem soluções inovadoras e ousadas para conter os efeitos da pandemia e impulsionar uma recuperação robusta no próximo ano. Chefes de Estado, executivos, líderes da sociedade civil e a mídia global participarão ativamente de quase 100 sessões que cobrem cinco temas. Imprensa pode se registrar aqui.


Nota aos Editores

Veja os materiais do Fórum; videos photos
Siga as redes sociais do Fórum
Facebook Twitter Instagram LinkedIn TikTok Weibo Podcasts
Leia a Agenda do Forum

Inscreva-se para receber os Press releases e Podcasts

O Fórum Econômico Mundial, empenhado em melhorar o estado do mundo, é a Organização Internacional para a Cooperação Público-Privado.

O Fórum incentiva os principais líderes políticos, comerciais e outros da sociedade a articularem planos globais, regionais e setoriais. (www.weforum.org).


Atendimento à imprensa no Brasil

Advice Comunicação Corporativa

Comentários