Método coercitivo de educação

 Durante uma reunião em uma escola de educação infantil, a equipe docente conversava sobre as crianças de 5 anos, e as professoras afirmavam que os meninos e meninas estão muito “dependentes” e “sem limites”. A coordenadora propôs, então, a leitura de trechos da obra Piaget, Vygotsky, Wallon: teorias psicogenéticas em discussão, para que a equipe pudesse refletir sobre a prática educativa. Nessa obra, Taille (in: Taille et alii, 1992) baseado nos estudos de Piaget, afirma que

    A) a educação moral deve ser ensinada através de lição de moral, histórias e sermões, exclusivamente em momentos pontuais de ensino.

    B) somente a imposição da autoridade, a relação mestre/aluno em direção à manutenção da heteronomia e a apresentação de modelos precisos possibilitam o desenvolvimento moral.

    C) o método coercitivo de educação é inevitável e necessário em todo o processo da educação moral, devendo ser exclusivo até o final da formação da personalidade, ou seja, o final da adolescência.

    D) para favorecer a conquista da autonomia, a escola precisa respeitar e aproveitar as relações de cooperação que espontaneamente nascem das relações entre as crianças.

    E) a equipe escolar necessita definir e explicitar para as crianças e suas famílias as sanções que serão aplicadas, e deve, também, encaminhar para especialistas os alunos com problemas de comportamento.

Comentários